Hipertrofia ventricular esquerda – quando o coração “pega peso”.

A hipertrofia ventricular esquerda (HVE) é algo bastante comum na prática médica diária e o cardiologista lida com este problema quase todos os dias. Mas o quê é isso? o quê significa? estou morrendo? ou meu coração está melhor?

Para responder a esta pergunta, precisamos de fazer algumas reflexões e comparações sobre o músculo cardíaco e o músculo esquelético (bíceps, triceps, etc).

O músculo que recobre o esqueleto (músculo esquelético) se sente bem com uma carga de peso. Quando um atleta de academia (os “puxadores de peso”) ou um profissional da construção civil (pedreiro e ajudante de pedreiro) pegam peso, o músculo dos seus braços e pernas ficam HIPERTROFIADOS com resposta normal á carga que lhe foi exigida… Isso costuma ser bom tanto para o músculo (que fica mais forte), quanto para a pessoa que se sente melhor e com musculatura mais definida.

Seriam as etapas a seguir:

1 – Carga de peso – A musculatura é exigida.

2 – As fibras musculares (as células musculares) aumentam seu volume.

3 – O músculo esquelético fica mais volumoso e melhor definido.

4 – A força aumenta… quanto mais peso, mais este processo aumenta e a força muscular também aumenta. Isso não traz nenhum mal para os músculos esqueléticos.

E O CORAÇÃO?

O peso que o coração pega (por exemplo: a pressão alta) ou outra situação que exija do coração um esforço a mais também provoca essas alterações acima, com uma diferença.

1 – Carga de peso (doenças ou hipertensão arterial) – A musculatura cardíaca é exigida.

2 – As fibras musculares (as células musculares) aumentam seu volume.

3 – O músculo cardíaco fica mais volumoso e as paredes das cavidades ficam espessadas.

4 – A força aumenta… quanto mais peso, mais este processo aumenta e a força muscular também aumenta. AQUI COMEÇA A DIFERENÇA: O músculo cardíaco aumenta sua força de contração até certo limite… Ele não se comporta como o músculo esquelético. A partir de um determinado momento, ele começa a não reagir com mais força e sim, com FALÊNCIA MUSCULAR e dilatação. E isso faz um mal muito grande para o coração.

Assim, a HVE – HIPERTROFIA VENTRICULAR ESQUERDA é uma resposta de adaptação do coração a uma carga que ele NÃO gostaria de estar carregando. Ou seja, coração deve trabalhar tranquilamente, sob uma pressão arterial de 120/80mmHg e sem doenças o incomodando.

NÃO CONFUNDA:

É importante não confundir. Quando eu digo que o coração não pode “pegar peso” (uma metáfora) estou dizendo que ele não pode trabalhar com a pressão arterial elevada ou com doenças lhe “incomodando”.

Disse o coração… pois uma pessoa pode e deve realizar exercícios físicos e também pode “pegar peso” no sentido real da palavra – se não tiver contra-indicações para a prática de exercícios físicos, a pessoa pode fazer exercicios anaeróbicos e aeróbicos o quanto desejar. Não vamos confundir as duas coisas.

About these ads

Sobre Leonardo Alves

Leonardo Alves, Médico Cardiologista de Teófilo Otoni, MG. Ecocardiografista. Internet e informática médica.
Esse post foi publicado em Cardiologista Teófilo Otoni, Doenças do Coração, Hipertensão arterial sistêmica, Miocardiopatias e marcado , . Guardar link permanente.

17 respostas para Hipertrofia ventricular esquerda – quando o coração “pega peso”.

  1. Pingback: ADRV – Alterações difusas da repolarização ventricular: isso é grave? | Dr. Leonardo Alves – Cardiologista

  2. champion disse:

    esse negoçio de marca passo e uma frescura tods querem que vç vire uma bicha vamos diser assim se vç fas alguma coisa tds te disem olha tama cuidado olha o marca passo te falar morte so vem uma vez e dessa vez ela nao perde viagem ja que he assim pra que termos medo vamos mesmo mas cedo ou mas tarde foda-se sou cardiopata portador de marca passo mas pesso a todos que lerem este comentario ter um problema cardiaco nao e o fim leve uma vida saudavel e esqueça um pouco o problema e foda- oque os outros disem apesar de que eles nao tem nada aver com isso vida e igual anûs cada um tem o seu

    • Olá, Champion.
      Fico feliz que esteja “levando uma vida saudável” e tenha conseguido perceber o lado bom da vida.
      O seu comentário é interessante e espero que estimulem às pessoas a perceber e entender que a vida continua…. e continua mesmo com a presença de uma arritmia.

      AS doenças estão aí para serem tratadas e acompanhadas… Mas elas não podem ficar mais importantes do que a nossa vida.
      Abraços.
      Leonardo.

  3. Paulo Vieira disse:

    Olá Dr,

    Fiz um ecocardiograma que deu uma massa do ventriculo esquerdo superior a 200g, com indice de massa de 129 g/m2 (diz no papel que o normal é inferior a 134). Além disso tenho também o ventriculo direito a 25mm, 14 mm/m2 e a auricula esquerda 39mm, 22mm/m2.
    O septo é de 10mm.

    Comparativamente a um eco que tenho de 2008, a massa do ventriculo aumentou bastante, antes era de 141.

    Estou com medo de ter hipertrofia ventricular esquerda, gostaria da sua opinião. Obrigado

    • Olá, Paulo,
      Não fique com medo, não! Converse com o seu médico.
      Adianto-lhe que existem oscilações nas medidas do ecocardiograma e isso pode ocorrer entre examinadores diferentes sem que um esteja mais certo do que o outro – são oscilações dentro da faixa normal.
      Consulte o seu cardiologista de confiança e não fique na dúvida, ok?
      Abraços.
      Leonardo.

  4. Thaís disse:

    Olá, Doutor!

    Há pouco mais de um ano fui diagnosticada com miocardiopatia hipertrófica obstrutiva. De lá para cá tenho feito acompanhamento regularmente. Os médicos optaram por não fazer a cirurgia, porque eu tenho 17 anos e eles ainda não sabem dizer quais serão as consequências da intervenção cirúrgica. Porém, essa semana eu fiz um ecodoppler de rotina e acusou que o átrio esquerdo está com 48 mm, enquanto que no último exame estava 37 mm. Há algum problema grave nisso?

    • Olá, Thais.
      A miocardiopatia hipertrófica obstrutiva tem outros tratamentos além da cirurgia – provavelmente, seu médico está lhe tratando, sim.
      Quanto ao aumento do átrio esquerdo, essa é, sim, uma alteração que costuma ocorrer e deverá ser explicada melhor pelo seu cardiologista.

      Grande abraço.
      Obs: (para todos os posts)
      Esse blog é informativo e não se configura consultório médico ou segunda opinião médica. Sempre Consulte o seu médico de confiança.
      Abraços.
      Leonardo.

  5. Silvano disse:

    Olá doutor! Tenho hipertrofia do ventrículo esquerdo, porém não tenho pressão alta. Sempre ta normal a pressão arterial! Então pergunto: Se a hipertrofia é causada pelos exercícios físicos que faço, existe algum risco futuro? Faço academia por indicação do próprio médico cardiologista porém às vezes fico meio preocupado e em dúvida, pois fico me perguntando o que pode acontecer se a hipertrofia continuar aumentando!

    • Olá, Silvano.
      A hipertrofia do ventrículo esquerdo causada pelo exercício não faz mal e é uma adaptação do coração – é o chamado CORAÇÃO DE ATLETA…
      A hipertrofia causada por doenças como Hipertensão e doenças das válvulas é outra coisa, outro assunto, uma doença…
      Grande abraço.
      Leonardo.

      • Silvano disse:

        Olá Doutor! Muito obrigado por me tirar essa dúvida, porém só mais uma pergunta: Além da hipertrofia tenho escape de um folheto anterior (segundo o cardiologista não chega a ser prolapso, pois é somente um dos folhetos que faz o movimento típico do prolapso). Isso também pode ter relação com a hipertrofia ou não influi? Grande abraço e mais uma vez muito obrigado!

  6. Ana Lúcia disse:

    Olá, Dr.

    Tudo bem?

    Minha vó tem chagas, ela usa marcapasso desde os 75 anos, te perguntar quem tem uma pessoa na família com chagas pode ser considerado que tem casos de doenças cardíaca na família, pois que eu saiba chagas ela adquiriu por causa do barbeiro, é assim, por exemplo, meu pai corre riscos por causa da doenças da minha vó?

    Abraço e Parabéns

  7. olá doutor,bom dia fui a porto velho fazer exames admissionais em uma empresa daí foi detectada uma hipertrofia no ventriculo esquerdo no ambulatorio da mesma o clinico geral me pediu que eu fose até uma clinica para fazer uma avaliaçao cardiológica ,daí entâo fui fazer esta que foi confirmada pelo cardilogista atraves de novoos exames mas fui tranquilizado que era apenas tomar os devidos medicamentos no horários certos e controlar a pressâo arterial que haveria uma regressâo hipertròfica, e por sua vez o médico cardilogista me deu aptidâo ao trabalho através de laudo do mesmo daí retornei ao consultòrio da empresa apresentei o laudo do cardiologista ao clinico que por sua vez nâo aceitou me deixando inapto ao trabalho onde o clinico me afirmou com alegaçAo em que o médico cardiologista nâo conhecia dos serviços da obra a serem executados e ai doutor ? a quem eu devo procurar ? o clinico geral deveria aceitar o parecer do especialista? ou a recusa dele procede nos meios legais da medicina ?obrigado.

  8. Adonias disse:

    Holá Dr. eu fui submetido a uma cirurgia cardiaca troca de valvula mitral exatamente hojé faz 3 anos , então eu trabalho na contrução civil e de vez enquando faço uma forçazinha a mais, e tb as vezes a pressa de terminar um tarefa me deixa agitado,e a pulsação bem forte, estes dias mesmos ando sentindo umas pulsadas com um pouquinho de dores…. pode me ajudar em algo?

  9. Wagner Gonçalves disse:

    Dr. Bom dia!
    Fui ao cardiologista o médico pediu alguns exames, no entanto por meio do eletrocardiograma ele sugeriu que eu fizesse um ECO, e anotou em minha ficha que suspeita de:
    Ritmo sinusal, Sobrecarga Alterações difusas da repolarização ventricular, hipetrofia ventricular esquerda.
    Minha pressão costuma ser 11/7, no entanto fiquei preocupado quando souber de tais pré-diagnóstico. O que pode ter sido o motivo, no meu caso? Há algum perigo?
    E, pessoas magras costumam apresentar resultados como se tivesse o coração maior? (cardiomegalia)

  10. Maíra Cabral disse:

    Olá Doutor.
    Fui diagnosticada com Hipertrofia do Ventrículo Esquerdo. Ainda não consegui falar com um médico. Estou desesperada.Não tenho pressão alta,minha pressão é sempre normal, pratico exercícios e meu peso é até abaixo do normal. Porém, tenho Síndrome do Panico há uns 6 anos.Sou extremamente nervosa e ansiosa. Isso poderia ser a causa do problema? Aguardo resposta e desde já agradeço. Maíra

  11. cristiano disse:

    olá,perdi um emprego por conta dos meus exames de coração.
    Nesses exames deu até q tinha tido derrame,nóssa.sempre tive saude ótima..
    malho e corro,me sinto muito bem!Ao fazer exames mais detalhados,não lebro bem o nome,
    mas deu que a parede do meu coração tinha no lado esquerdo,a massa em frizos,não era maciça como a direita,se é que me entende?deu aptidão excelente.agora quero me preparar
    para engreçar em um grupo militar e estou com medo dos exames,pois é longe e caro pra chegar até la.obrigado

  12. OLA DR FIZ UM ELETROCARDIOGRAMA NO FINAL DO ANO DE 2013 E DEU SOBRE CARCA VENTRICULO ESQUERDO E ESTOU PREOCUPADA POIS O CLINICO GERAL DISSE QUE NÃO É GRAVE POIS ESTA ASSIM FC 85BPM FILTROS 80HZ VEL 25MMS POIS TRABALHO DE ZELADORA NUM PREDIO POSSO COMTINUAR A TRABALHAR OU NÃO POIS EU FUI INPERTENÇA MAS NÃO FUMO E NEM BEBO ME DE UMA RESPOSTA DESDE JA AGRADESO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s