O Bloqueio Completo do Ramo Direito assusta os pacientes e causa pânico em alguns. Quando um paciente lê o termo Bloqueio Completo ele imagina um monte de coisas: as artérias estão bloqueadas, terei que usar marca-passo, posso ter uma parada cardíaca, etc… Esse artigo vai desmistificar essa alteração no ECG e descrever a consequência dessa alteração em seu coração (no futuro e no presente).

[membership level=”0″]Quer ler mais? Clique Aqui! e acesse o Melhor Conteúdo Exclusivo! [/membership]
[membership level=”0″] Olá, Aqui é o Dr. Leonardo Alves. Estamos felizes com seu interesse em nossos artigos. Quer ler mais? Clique Aqui! Escolha uma das opções de Membros e Aproveite os esse artigo! Temos muito interesse em solucionar suas dúvidas. [/membership]

O quê é Bloqueio do Ramo Direito?

Eletrocardiograma-Bloqueio do ramo direito Fonte: @parritastime

Fonte: Marta Parras Gordillo

Bloqueio de ramo direito (BRD), é um padrão visto no eletrocardiograma de superfície (ECG), que é causado por um bloqueio na atividade elétrica normal no sistema His-Purkinje. 1)UpToDate

De forma simples, em um coração normal, o Nó Sinusal emite um estímulo elétrico para o coração se contrair. Esse estímulo elétrico caminha pelo coração por fibras/células cardíacas especiais chamadas de Sistema His-Purkinje. Esse sistema de fios/fibras/células especiais elétricas caminha até o Nó Átrio-Ventricular e depois desse ponto, ele se divide em dois ramos, o direito e o esquerdo.

Esses ramos direito e esquerdo levam o estímulo elétrico para os lados direito e esquerdo do coração – enviando o comando para que eles façam a contração.

Ocorre o Bloqueio do Ramo Direito quando há uma que provoca o bloqueio na condução do estímulo elétrico pelo ramo Direito. Do outro lado, quando há um bloqueio no lado esquerdo da condução elétrica do coração, ocasiona o Bloqueio do Ramo Esquerdo.

 

Sou Saudável e tenho Bloqueio do Ramo Direito: o quê fazer?

A preocupação com com o significado prognóstico clínico do bloqueio de ramo direito completo recentemente adquirido sempre foi uma preocupação para pacientes e médicos. Os pacientes normalmente perguntam:

  • Sou, realmente, normal?
  • Posso praticar atividades físicas?
  • Será que não tenho nenhuma doença escondida?
  • Meu eletro anterior era normal, por quê isso, agora?

Essa dúvida é constante e não é só dos pacientes.

No Japão, uma companhia aérea começou a perceber que alguns dos seus pilotos de avião estavam com alterações novas em seus eletrocardiogramas – na admissão estavam com Eletrocardiograma normal e com o passar dos anos, alguns foram detectados com Bloqueio do Ramo Direito (BCRD).

E como Japonês é meticuloso, eles fizeram um estudo científico. Este estudo incluiu pilotos com BCRD adquirido, identificados a partir de um grupo de mais de 2.700 pilotos de avião Japão.

Os Eletros estavam normais, na Admissão:

O interessante dessa pesquisa é que quando os pilotos foram contratados e fizeram o exame médico admissional, um histórico médico, exame físico, eletrocardiograma e radiografia do tórax foram obtidos. Os pilotos com anormalidade ECG incluindo BCRD não foram contratados e, portanto, todos os 2.700 pilotos que participaram desse estudo tinham Eletrocardiograma normal – sem Bloqueio completo do Ramo direito. Quem tinha essa alteração, por força de lei, nem foram contratados.

Como os pilotos foram avaliados?

A grande preocupação era a Doença isquêmica do Coração que tem o Infarto como Consequência. Foram identificados trinta e seis pilotos com BCRD entre 1983 e 2002. Todos os pilotos que tiveram um ECG mostrando um BCRD realizaram uma extensa avaliação cardiológica com diversos exames cardiológicos:

  • Eletrocardiograma (de 6 em 6 meses).
  • Holter (de 6 em 6 meses).
  • Ecocardiograma (de 6 em 6 meses).
  • Teste ergométrico (anualmente).
  • Cintilografia (a cada 2 anos).
  • Cateterismo cardíaco (em 12 pilotos).

A média de idade dos pilotos foi de 44,4 +/- 5,8 anos. O período médio de observação foi de 10,9 +/- 5,7 anos.

Consequência:

Durante o período de observação, dois pilotos pararam de voar temporariamente por causa de extra-sístoles ventriculares freqüentes e um piloto parou de voar permanentemente por causa da fibrilação atrial.

Durante o período de acompanhamento, não ocorreram eventos cardiovasculares em pilotos com BCRD que não tinham doença cardíaca isquêmica subjacente (que não eram doentes do coração – ou seja, praticamente todos os pilotos).

O Resultado:

Depois de uma avaliação muito criteriosa, os pesquisadores descobriram que a presença do BCRD Adquirido não conferem um prognóstico ruim, especialmente em homens jovens que trabalham como um piloto, se não há nenhuma evidência de isquemia no teste ergométrico, ecocardiograma e cintilografia com tálio exercício. 2)Prognostic and clinical significance of newly acquired complete right bundle branch block in Japan Airline pilots.

 

Conclusão: BRD em pacientes saudáveis não é prejudicial!

Em pacientes saudáveis, que foram avaliados com exames e esses exames mostraram que eles não tem nenhuma doença cardíaca, principalmente doença isquêmica (ligado ao infarto do miocárdio), o Bloqueio do Ramo direito NÃO LEVA a uma piora no tempo de vida e também não causa nenhuma consequência para o paciente.

Mas há uma anormalidade elétrica:

Um outro estudo concordou com os resultados do estudo Japonês. Seus resultados suportam o conceito de que a Bloqueio do Ramo direito em homens assintomáticos é uma manifestação de uma anomalia primária do sistema de condução cardíaco, mas não tem nenhum efeito adverso demonstrável na morbidade cardíaca a longo prazo ou mortalidade. 3)Right bundle branch block: long-term prognosis in apparently healthy men.

 

E então, o quê achou?

Conseguiu entender? Ainda com alguma dúvida? Deixe seu comentário. E Não se esqueça de consultar o seu médico: SEMPRE.

Consulte Sempre o seu médico. Ele é o seu maior conselheiro. Não tome esses artigos como consulta – pois eles não são!

References   [ + ]

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!