O Bloqueio do Ramo Esquerdo ( BRE ) – É grave? Mata? Saiba todas as informações para conviver com esta alteração no seu Eletrocardiograma. Sem Estresse. Confira!

Quando um cardiologista vê um bloqueio do ramos esquerdo no eletrocardiograma, mentalmente ele tem alguma preocupação:

  • Qual a causa do bloqueio do ramo esquerdo?
  • Existirá alguma doença por trás?
  • Será um bloqueio isolado (sem doença) ou há uma doença associada?

Leia mais:

Bloqueio do Ramo Esquerdo – BRE – Uma alteração Frequente

bloqueio do ramo esquerdo e direito

bloqueio do ramo esquerdo e direito

Semelhante ao bloqueio do ramo direito, o bloqueio do ramo esquerdo (BRE) é uma alteração comum na prática dos cardiologistas. Repito o que disse no bloqueio do ramo direito, mas, desta vez, pensando no lado esquerdo do coração:

“Para que a eletricidade chegue a todo o coração, é necessário fios condutores que são três tipos principais:

  • a) Condução Átrio-ventricular (A-V): leva o pulso elétrico do nó sinusal (o gerador) até os ventrículos.
  • b) Feixes ventriculares: existe o feixe DIREITO e o feixe ESQUERDO. Estes feixes (fios condutores) levam o pulso elétrico até todas as partes do ventrículo direito e do esquerdo.

bloqueio do ramo ESQUERDO é quando ocorre um bloqueio/problema/dificuldade na condução do impulso elétrico pelo lado esquerdo, pelo feixe (fio) do lado esquerdo do coração… Por outro lado, o bloqueio do ramo DIREITO é quando este bloqueio ocorre no feixe que está no lado direito do coração.

Leia Também:

Diagnóstico do Bloqueio do Ramo esquerdo no ECG (eletrocardiograma).

Os critérios para o diagnóstico de um bloqueio do ramo esquerdo no eletrocardiograma são: 1)Wikipedia

  • O ritmo cardíaco deve ser supraventricular na origem;
  • A duração do QRS deve ser ≥ 120 ms 2)ECG Learning Center
  • Deve haver um complexo QS ou rS em V1
  • Deve haver uma dentada (em forma de M”) onda R em V6.
  • A onda T deve ser desviada em frente ao terminal de deflexão do complexo QRS. Isto é conhecido como discordância onda T adequada com bloqueio de ramo. Uma onda concordantes T pode sugerir isquemia ou infarto do miocárdio.

Esse parágrafo exige uma escrita mais técnicas e o seu médico irá fazer o diagnóstico correto do Bloqueio do Ramo Esquerdo.

Leia mais:

Quais as doenças causam este BRE (esquerdo):

Difícil dizer, pois são muitas. Mas, mais importante do que listá-las e tranquilizar o paciente realizando os exames adequados que mostrarão se estas alterações são realmente provocadas por uma alteração no coração.

Muitas vezes, o exame clínico do paciente e uma radiografia de tórax já dão indícios de que a saúde do paciente está boa. Caso o médico persista com dúvidas, ele poderá lançar mão de exames adicionais/complementares como o ecocardiograma – este exame trará muitos esclarecimentos para o cardiologista.

Entretanto, o leque de doenças que pode causar um Bloqueio no Ramo Esquerdo é enorme – mas veja a primeira da lista:

Quais são os exames para avaliar o BRE?

Os principais exames para a avaliação do Bloqueio do Ramo esquerdo são:

Cada um desses exames traz uma conclusão e esclarece um dúvida do médico quanto á situação do paciente. Dentre eles, o principal exame é o Ecocardiograma que trará informações sobre a Força de Contração do Coração – a Fração de ejeção.

Mas o BRE mata? 

Não! Por si só, o BRE não mata. O que pode matar é a doença de base.

Vamos entender: Se o paciente tem uma insuficiência cardíaca (uma deficiência importante na força de contração da musculatura do coração) é a presença desta doença que causará problemas ao paciente e não a presença do BRE. Então, o seu cardiologista é que terá que controlar a sua doença de base e tentar reduzir a chance de problemas súbitos.

Sendo assim:

  • Tem insuficiência cardíaca com BRE: Trate a insuficiência cardíaca!
  • Tem infarto do miocárdio com BRE: Trate o infarto do miocárdio!
  • Tem hipertensão arterial com BRE: Trate a hipertensão arterial!
  • Tem diabetes com BRE: Trate a diabetes!
  • Tem a doença X com BRE: Trate a Doença X!

Leia Também:

Doenças do Coração – Manual completo e Como Prevenir!

Fatores de Risco para o Bloqueio do Ramo Esquerdo – BRE

Os Fatores de risco para bloqueio de ramo incluem:

  • O aumento da idade. bloqueio de ramo é mais comum em adultos mais velhos do que em pessoas que são de meia-idade.
  • Problemas de saúde Subjacentes. As pessoas que têm pressão arterial elevada ou doença cardíaca são mais propensos a ter bloqueio de ramo que as pessoas sem essas condições. 3)MayoClinic

Doenças cardíacas – 6 Dicas Incríveis para Evitar!

Complicações do Bloqueio do Ramo Esquerdo – BRE

A principal complicação de bloqueio de ramo é uma frequência cardíaca baixa/lenta, o que às vezes pode causar desmaios e síncope.

As pessoas que têm um ataque cardíaco e desenvolver um bloqueio de ramo têm uma maior chance de complicações, incluindo a morte súbita cardíaca, do que as pessoas que têm ataques cardíacos e não desenvolvem um bloqueio de ramo.

Pelo fato do bloqueio de ramo afeta a atividade elétrica do coração, às vezes pode complicar o diagnóstico preciso de outras doenças do coração, especialmente ataques cardíacos, e levar a atrasos no diagnóstico desses problemas

No Ecocardiograma, o Bloqueio do Ramo Esquerdo (assim como o Bloqueio do Ramo direito) podem causar a Movimentação anômala do septo Interventricular (chamada de MASIV) – uma condição benigna que muitos pacientes ficam com medo quando lê no laudo de ecocardiograma.

No Teste Ergométrico, a presença de bloqueio do ramo esquerdo impede / dificulta a avaliação de isquemia e atrapalha o diagnóstico de um infarto do miocárdio. 4)Complication – MayoClinic

Leia mais:

O BRE pode ser normal?

Veja bem. Normal não é.

Mas o paciente pode ter somente este BRE e não ter nenhuma doença de base que possa preocupar o paciente. O BRE também pode ser intermitente (ou seja, aparecer e desaparecer dos eletrocardiogramas). Também poderá ser congênito e estar presente desde o nascimento do paciente, sem causar nenhum problema ao longo da sua vida.

O BRE pode desaparecer, com o tempo?

Pedro, um leitor, fez uma pergunta interessante:

Olá! Quando criança fiz um eletrocardiograma, e fui diagnosticado com bloqueio do ramo esquerdo. 1 ano depois fiz o ecocardiograma e no resultado não apareceu o mesmo….

A resposta é SIM, o bloqueio do ramo esquerdo pode desaparecer com o tempo. Na verdade, ele pode aparecer em um eletrocardiograma e NÃO APARECER no outro eletrocardiograma. Enfim, ele pode ser intermitente!

Tenho BRE, posso malhar? Exercitar?

O bloqueio do Ramo Esquerdo, em si, não traz problemas para os pacientes. Mas muitos tem preocupações em relação ao exercício. Veja a dúvida da Rita:

Tenho BRE e malho todos os dias, tem algum problema!

A resposta é que TUDO DEPENDE DA FUNÇÃO VENTRICULAR.

Veja a dúvida do Claudiano:

Tenho BRE, mas sempre pratiquei esporte e nunca tive problema no coração. Mostrei ao médico e ele disse que pode ser fisiológico. O quê me diz?

É exatamente o que tenho dito e que o seu médico lhe disse: Pode ser fisiológico, pois a Função Sistólica ventricular a fração de ejeção está normal. Se está normal, não há problemas.

Se o seu coração tem um funcionamento normal, apesar da presença de bloqueio do ramo esquerdo, NÃO HÁ PROBLEMAS.

Fração de Ejeção Normal e Alterada – Entenda Tudo!

Entretanto, se você tem bloqueio do ramo esquerdo ASSOCIADO COM A PRESENÇA DE INSUFICIÊNCIA CARDÍACA, nesse caso, há problemas e só seu médico poderá determinar o nível de exercício adequado.

Insuficiência Cardíaca e Coração Grande – Tudo!

BRE congênito? ou Adquirido? o que fazer?

O BRE pode ocorrer desde o nascimento ou ser adquirido ao longo da vida. Há dois grupos de pacientes, didaticamente:

  • – aqueles que tem BRE e ficam com BRE a vida toda, sem piora ou complicação (maioria).
  • – aqueles pacientes nos quais o coração começa a perder a força ao longo do tempo (minoria).

Você precisa acompanhar com o seu médico e com o ecocardiograma.

 

Quando o Bloqueio do Ramo Esquerdo é perigoso?

O Bloqueio do Ramo Esquerdo é perigoso se estiver associado a uma doença de base, como insuficiência cardíaca, por exemplo. Isoladamente, não há muito problema e você deve acompanhá-lo com regularidade.

Bloqueio do Ramo Esquerdo Reprova em Concurso Público?

Concurso público é um dilema… Os pacientes estão ansiosos pelo emprego, fazem o eletrocardiograma, deixam para pegar o laudo na última hora e PRONTO: BLOQUEIO DO RAMO ESQUERDO… aí… tudo complica.

Posso ser reprovado no concurso? SIM.

Você será reprovado no concurso público SE e somente SE você tiver uma doença de base que, junto com o BRE,

Posso ser reprovado no concurso? NÃO.

Você poderá trabalhar normalmente SE e somente SE o BRE for isolado, sem problemas cardíacos graves.

Doenças que podem estar associadas ao BRE e que não proibem trabalhar (ou ser admitido em concurso público).

Mas nunca tive problemas e Fui Reprovado!

Pois é… Isso ocorre, sim. Mas aí, foi falta de precaução SUA… entenda!

Provavelmente, por falta de experiência do paciente, você vê / lê o resultado do exame e leva-o diretamente para o PERITO do concurso… Ele lê a informação BRE e te proibe de ser admitido. Ele está certo…

Como não ser reprovado no Concurso Público?

Ao ler o resultado do seu exame, você precisa ir ao seu cardiologista e pedir um laudo dizendo:

Atesto, para os devidos fins, que o paciente SEU-NOME realizou consulta cardiológica em meu consultório em busca de laudo médico para aptidão ao trabalho – cargo: SEU-CARGO.

Durante a avaliação, percebemos a presença de BLOQUEIO DO RAMO ESQUERDO.

Exame clínico: Normal (se for o caso).

Eletrocardiograma: Bloqueio do ramo esquerdo.

Ecocardiograma: Normal.

Radiografia de Tórax: Normal.

Conclusão: Paciente apresenta bloqueio de ramo esquerdo, SEM PROBLEMAS CARDIOLÓGICOS e está, portanto, APTO do ponto de vista cardiovascular para ocupar o cargo de SEU-CARGO.

Fazendo isso, o perito fará a sua admissão.

E então, o quê achou? Poderia compartilhar?

Entendeu? Ficou na dúvida? Tem alguma pergunta relacionada ao tema? Não deixe de comentar o artigo. Se você gostou e puder compartilhar esse artigo, clique em um dos botões de compartilhamento e espalhe entre seus amigos. Abraço e obrigado.

Leia mais:

References   [ + ]

Quer me fazer uma pergunta?

Vamos lá! Coloque seu melhor E-mail no campo cina e veja como me perguntar! Não fique na dúvida!

Veja seu E-mail: Sua inscrição foi um Sucesso!

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!