Como Baixar a Pressão Arterial Rápido? (por Cardiologista)

Quer saber Como baixar a pressão arterial rápido? Se você tiver sido diagnosticado com pressão arterial elevada, você pode estar preocupado com qual medicação você irá tomar para abaixar a pressão arterial e que medidas tomar para abaixar a pressão arterial rapidamente. Veja nesse artigo.

Como escolher seu Medidor de Pressão?

Como baixar a pressão arterial rápido?

Como baixar a pressão arterial rapido 2

Como baixar a pressão arterial rapido 2

Cada paciente tem um perfil psicológico diferente e cada um deles chega ao consultório com uma solicitação ou expectativa quanto à sua Pressão arterial elevada – a famosa Pressão Alta.

Vejo que muitos deles querem abaixar a pressão arterial rapidamente e desejam, urgentemente, uma medicação para resolver o seu problema nos próximos 5 a 7 dias. Mas será possível? Será necessário tanta pressa? Será seguro? Qual a melhor estratégia?

Leia mais sobre Hipertensão Arterial:

 

Como baixar a pressão arterial rápido – o que é “rápido”?

Para começar, precisamos definir o que é “rápido”, pois “rápido” é uma palavra que pode ser muito diferente de acordo com a sua situação de paciente.

A verdade é que, dependendo do nível de pressão arterial, médicos e pacientes não precisam ter pressa; por outro lado, nas crises hipertensivas, todos precisam agir rápido.

 

Como Classificar o Paciente com Pressão Alta?

A primeira tarefa do médico será te classificar de acordo com o seu risco de Pressão Alta. No geral, os médicos utilizam esse esquema da figura abaixo, classificando-o em paciente de Baixo Risco, Risco médio, risco Alto e Risco Muito Alto. E a partir dessa classificação, ele determinará se deverá abaixar a sua pressão arterial em uma ou duas semanas ou em até 1 mês. Veja.

Como baixar a pressão arterial

Como baixar a pressão arterial

As siglas da imagem acima significam:

FR: Fatores de Risco. LOA: lesão em órgão-alvo (coração, cérebro, olhos e rins). DM: diabetes mellitus; IRC: insuficiência renal crônica.

Assim, para um paciente de Alto Risco ou Muito Alto risco, sua pressão arterial deverá ser baixada em 1 semana.

Quando não precisamos ter pressa?

Você não precisa ter pressa para abaixar a pressão arterial quando você estiver baixo risco, exemplo: pressão arterial de 142/92mmHg e não tiver nenhum fator de risco – nesse caso, podemos adotar mudanças no estilo de vida.

Por outro lado: se você tiver com uma pressão de 180/112mmHg, já será um paciente de Alto Risco ou Muito Alto Risco e você precisará de medicamentos, com o objetivo de reduzir o seu risco na primeira semana de tratamento com medicamentos.

Seu médico saberá classificá-lo de forma adequada e escolherá a melhor estratégia.

Mas uma coisa é fato, para qualquer nível de pressão arterial, você precisará de mudanças no seu estilo de vida e vamos listar 10 maneiras de controlar sua medicação sem medicações. Veja a lista abaixo:

Como escolher seu Medidor de Pressão?

10 maneiras de controlar a pressão arterial elevada sem medicação

Ao fazer estas 10 alterações no seu estilo de vida, você poderá baixar a pressão arterial e reduzir o risco de doença cardíaca.

O Estilo de vida desempenha um papel importante no tratamento da sua pressão arterial elevada. Se você conseguir controlar a sua pressão arterial com um estilo de vida saudável, você pode evitar, retardar ou reduzir a necessidade de medicação. 1)MayoClinic

Veja a lista com 10 mudanças de estilo de vida que você pode fazer para reduzir a sua pressão arterial e mantê-la em níveis ótimos ou mais adequados.

 

1. Perca peso extra e meça sua cintura abdominal.

perder pesoA pressão arterial frequentemente aumenta à medida que o peso aumenta. Estar acima do peso pode causar apneia do sono e aumentar ainda mais a sua pressão arterial.

A perda de peso é uma das mudanças de estilo de vida mais eficazes para o controle da pressão arterial. Perdendo apenas 4,5 kg já pode ajudar a reduzir a pressão arterial.

Além da perda de peso, você precisa estar atento às medidas da sua cintura, pois o peso extra que você carrega em sua barriga tem relação muito próxima com a pressão arterial elevada.

Meça a sua Circunferência Abdominal – Em geral:

Homens estão em risco elevado de ter pressão alta se a sua medida da cintura é maior do que 102 centímetros.
Já as mulheres estão em risco se a sua medida da cintura é maior do que 89 centímetros.

 

2. Exercite-se regularmente

treinamento intensoA atividade física regular – de pelo menos 30 minutos na maioria dos dias da semana – pode diminuir a sua pressão arterial por 4 a 9 milímetros de mercúrio (mm Hg). É importante ser consistente porque se você parar de se exercitar, a sua pressão arterial pode subir novamente.

Se você tem pressão arterial um pouco elevada (pré-hipertensão) ou, como na tabela acima, você tiver for um paciente de baixo risco, o exercício pode ajudá-lo a evitar o desenvolvimento de hipertensão arterial sustentada. Se você já tem hipertensão, a atividade física regular pode abaixar a sua pressão arterial para níveis mais seguros. Além disso, você poderá utilizar menos quantidade de medicação.

Os melhores tipos de exercício para reduzir a pressão arterial incluem caminhar, correr, andar de bicicleta, nadar ou dançar. O treinamento de força também pode ajudar a reduzir a pressão arterial. Converse com seu médico sobre a melhor estratégia para você.

Leia mais sobre Hipertensão Arterial:

3. Coma uma dieta saudável

Diabetes e Alimentação

Diabetes e Alimentação

Comer uma dieta rica em grãos integrais, frutas e legumes pode baixar a pressão arterial em até 14 mm Hg. 2)Your Guide to Lowering Your Blood Pressure with DASH Este plano de alimentação é conhecido como o Dietary Approaches to Stop Hypertension dieta (DASH). 3)The DASH Diet Eating Plan

Não é fácil mudar os seus hábitos alimentares, mas com essas dicas, você pode adotar uma dieta saudável:

Mantenha um diário alimentar. Escreva o que você come, mesmo que por apenas uma semana, pode dar uma luz surpreendente sobre seus verdadeiros hábitos alimentares. Monitorar o que você come, quanto, quando e porquê.

Considere aumentar a de potássio. O potássio pode diminuir os efeitos do sódio na pressão arterial. A melhor fonte de potássio nos alimentos são frutas e legumes. Fale com o seu médico sobre o nível de potássio que é melhor para você.

Seja um consumidor inteligente. Leia os rótulos dos alimentos quando você for comprar e mantenha o seu plano de alimentação saudável quando estiver comendo em restaurantes.

 

4. Reduza o sódio em sua dieta.

Mesmo uma pequena redução do sódio na sua dieta podem reduzir a pressão sanguínea por 2 a 8 mm Hg. 4)Salt intake, salt restriction, and primary (essential) hypertension

O efeito da ingestão de sódio sobre a pressão arterial varia entre grupos de pessoas. Em geral, o limite de sódio para menos de 2.300 miligramas (mg) por dia ou menos. No entanto, a ingestão de sódio inferior – 1.500 mg por dia ou menos – é adequado para pessoas com maior sensibilidade ao sal, incluindo:

  • Afro-americanos
  • Qualquer paciente de 51 anos ou mais de idade
  • Qualquer pessoa diagnosticada com pressão arterial elevada, diabetes ou doença renal crônica

Como reduzir Sal (sódio) em sua dieta? Dicas:

Leia os rótulos dos alimentos. Se possível, escolha alternativas alimentares de baixo teor de sódio nos alimentos e nas bebidas que você compra normalmente.

Comer menos alimentos processados. Apenas uma pequena quantidade de sódio ocorre naturalmente nos alimentos. Mais de sódio é adicionado durante o processamento – portanto, escolha alimentos naturais.

Não adicione sal. Apenas um nível colher de chá de sal tem 2.300 mg de sódio é necessário por dia. Use ervas ou especiarias para dar sabor à sua comida.

Reduza o Sal progressivamente. Se você não consegue reduzir drasticamente o sódio em sua dieta, de repente, cortar gradualmente pode ser uma solução. O seu paladar irá ajustar ao longo do tempo.

 

5. Limite a quantidade de álcool que você bebe

O álcool pode ser bom e ruim para sua saúde. Em pequenas quantidades, ele pode potencialmente reduzir sua pressão arterial por 2-4 mm Hg.

Mas esse efeito protetor é perdido se você beber muito álcool – geralmente mais de um drinque por dia para mulheres e para homens com mais de 65 anos de idade, ou mais de duas por dia para os homens menores de 65 anos. Uma dose é igual a 120 ml de cerveja, uma taça de vinho ou 1 dose de bebida destilada.

Beber mais do que quantidades moderadas de álcool pode realmente aumentar a pressão sanguínea por vários pontos. Além disso, você pode também reduzir a eficácia dos medicamentos para a pressão arterial.

 

6. Parar de fumar

cigarro 3Cada cigarro que você fuma aumenta a sua pressão arterial durante muitos minutos depois de terminá-lo. Parar de fumar ajuda o retorno da pressão arterial aos níveis normais. Pessoas que param de fumar, independentemente da idade, têm um aumento substancial na expectativa de vida. 5)Tobacco and high blood pressure

 

7. Corte a cafeína

café é bomAs peças papel da cafeína na pressão arterial ainda é debatido e muito discutido. A cafeína pode aumentar a pressão arterial em até 10 mm Hg em pessoas que raramente a consomem, mas há pouco ou nenhum efeito forte sobre a pressão arterial em tomadores habituais de café. 6)Caffeine Effects on the Cardiovascular System

Embora os efeitos da ingestão crônica de cafeína sobre a pressão sanguínea não estarem tão claras, a possibilidade de um ligeiro aumento na pressão sanguínea existe.

Para observar se a cafeína aumenta a pressão arterial, verifique a pressão dentro de 30 minutos após beber uma bebida com cafeína. Se a sua pressão sangue aumenta por 5 a 10 mm Hg, você pode ter uma pressão arterial sensível aos efeitos da cafeína.

Leia mais sobre Hipertensão Arterial:

8. Reduza o estresse

O estresse crônico é um importante contribuinte para a elevação da pressão arterial. O estresse ocasional também pode contribuir para a pressão arterial elevada, se você reage ao estresse comendo alimentos pouco saudáveis, beber álcool ou fumar.

pressão baixa

estresse

Reserve algum tempo para pensar sobre o que faz com que você se sentir estressado, tais como trabalho, família, finanças ou doença. Depois de saber o que está causando o estresse, considere como você pode eliminar ou reduzir o stress.

Se você não pode eliminar todos os seus fatores de estresse, você pode, pelo menos, lidar com eles de forma mais saudável. Que tal:

Alterar as suas expectativas. Dê-se tempo para fazer as coisas. Aprenda a dizer não e viver dentro de limites gerenciáveis. Tente aprender a aceitar as coisas que você não pode mudar.

Pense sobre problemas que estão sob o seu controle e faça um plano para resolvê-los. Você poderia falar com seu chefe sobre dificuldades no trabalho ou a membros da família sobre problemas em casa. Se está com dívidas, faça um plano racional para quitá-las.

Conheça os seus gatilhos de stress. Evite tudo o que desencadeia o estresse em você. Por exemplo, passar menos tempo com as pessoas que te incomodam ou evitar a condução de veículos na hora do rush.

Reserve o tempo para relaxar e fazer atividades que você gosta. Invista de 15 a 20 minutos por dia para sentar-se calmamente e respirar profundamente. Tentar aproveitar profundamente e lentamente durante suas atividades de relaxamento.

Pratique a gratidão. Expressar gratidão aos outros pode ajudar a reduzir os pensamentos estressantes.

 

9. Meça sua pressão arterial em casa e vá o médico regularmente

Acompanhamento e medida da pressão arterial em casa pode ajudá-lo a manter o controle sobre a sua pressão arterial. Monitores de pressão arterial estão disponíveis e já estão em um preço acessível para todos. 

Como escolher seu Medidor de Pressão?

Visitas regulares ao seu médico também são essenciais para controlar a sua pressão arterial. Se a sua pressão arterial está sob controle, você pode precisar de visitar o seu médico apenas a cada seis a 12 meses, dependendo de outras condições que você pode tiver. Se sua pressão não estiver bem controlada, o seu médico pode solicitar que voc~e o visite com mais frequência.

Procure ajuda

O apoio da família e dos amigos podem ajudar a melhorar a sua saúde. Eles podem incentivá-lo a cuidar de si mesmo, acompanhando-o ao consultório do médico ou ajudá-lo a participara de um programa de exercícios com você para manter sua pressão sanguínea baixa.

Tenho muitos pacientes nos quais os familiares trazem muitos problemas para a saúde do lar, mas principalmente para a saúde do paciente que está com pressão elevada. Há situações em que o paciente deseja mudar seu estilo de vida, mas outros familiares não aceitam a redução do sal na dieta, comem de forma prejudicial e são todos sedentários, sem hábitos saudáveis. Nesse caso, toda a família precisa ser tratada e orientada.

Se você achar que precisa de apoio além de sua família e amigos, considerar juntar um grupo de apoio. Isso pode colocar você em contato com pessoas que podem dar-lhe um impulso emocional ou moral e que podem oferecer dicas práticas para lidar com sua condição.

O quê você tem feito?

E então, você está conseguindo bons resultados com a sua pressão arterial? Qual a sua dificuldade?

Leia mais sobre Hipertensão Arterial:

References   [ + ]

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes. CRMMG: 33.669 - Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni, MG

Share This Post On

2 Comments

  1. Non item n* 5 eu acho que esta informação está ERRADA.
    Uma dose é igual a 12 ml de cerveja, (frasco de remedio)
    Acredito que pode ate ser 120 ml

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!