Uma consequência comum do uso dos medicamentos betabloqueadores (aqueles terminados em “…ol “) é conhecido com o o Efeito Rebote. Saiba mais sobre este importante efeito provocado pelo uso desta medicação.

O uso continuado dos betabloqueadores são muito comuns. Eles são utilizados para tratar pressão arterial elevada e arritmia (as famosas extra-sístoles). Mas o quê ocorre se o médico resolver suspender esta medicação?

efeito rebote

efeito rebote

É aí que entra o famoso EFEITO REBOTE. Esta é uma reação bastante comum que ocorre quando o médico suspende abruptamente o uso desta medicação ou quando o paciente “esquece de tomar” a medicação, ou ainda, quando para de tomá-la sem avisar ao seu médico cardiologista.

O quê este efeito rebote provoca?

O efeito rebote provoca retorno SÚBITO da arritmia e sintomas mais intensos de PALPITAÇÕES. Não que o medicamente provoque isso, mas a ausência súbita da medicação é que é o motivo deste efeito.

Palpitação ou Palpitações – o quê é? como tratá-las! Devo me Preocupar?

E o quê devemos fazer? 

Na verdade, você precisa seguir as orientações do seu médico… Ele irá orientá-lo a melhor maneira de suspender o uso desta medicação. De modo geral, os betabloqueadores devem ser suspensos progressivamente e lentamente, com redução da dose a cada semana até que ela possa ser retirada totalmente.

Guia completo: Extra-sístole – o principal causador da palpitação.

Posso sentir palpitações ao retirar os betabloqueadores?

Sim, você pode. Infelizmente, em alguns casos, apesar do cuidado do médico, o paciente pode sentir este efeito rebote e perceber a presença aumentada destes batimentos.

Extra-sístoles e suas “temidas” pausas compensatórias…

O efeito rebote é um vício que o paciente apresenta pelo uso da medicação?

Não, não é um vício. É que o organismo se acostuma com a medicação, e o corpo se acostuma a ter um bloqueio das adrenalinas do seu corpo (efeito do betabloqueador) e quando se retira a medicação, pode haver uma descarga maior de adrenalina ou uma ação momentaneamente maior da adrenalina no nosso corpo. Deste modo, há uma maior chance de causar sintomas.

Fonte deste post na nossa fanpage no facebook.

E-Book: Doenças do Coração!

E-Book: Doenças do Coração!

Coloque seu melhor E-mail no campo cina e Receba seu E-book! O melhor Guia para as Principais Doenças do Coração!

Veja seu E-mail: Sua inscrição foi um Sucesso!

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!