Você tem Extra-Sístoles Ventriculares e Palpitações Frequentes? Está sem controle adequado? Detesta usar medicamentos? Conheça um tratamento curativo! Surpreenda-se!

[membership level=”0″]Quer ler mais? Clique Aqui! e acesse o Melhor Conteúdo Exclusivo! [/membership]
[membership level=”0″] Olá, Aqui é o Dr. Leonardo Alves. Estamos felizes com seu interesse em nossos artigos. Quer ler mais? Clique Aqui! Escolha uma das opções de Membros e Aproveite os esse artigo! Temos muito interesse em solucionar suas dúvidas. [/membership]

As Extra-Sístoles Ventriculares são muito freqüentes na prática clínica 1)Radiofrequency catheter ablation of premature ventricular complexes from right ventricular outflow tract improves left ventricular dilation and clinical status in patients without structural heart disease. 2)The premature ventricular complex as a diagnostic aid. sendo que a maioria dos pacientes portadores dessa arritmia não apresenta qualquer tipo de doença cardíaca estrutural.

Neste cenário, admite-se um bom prognóstico a longo prazo, visto que a ocorrência de morte súbita é muito rara.

Coração Normal

Porém, como você viu no Caso Real de Renata (Caso #3), a presença das Extra-Sístoles ventriculares pode estar associada com sintomas de difícil controle clínico, como palpitação, dispnéia e intolerância aos esforços, principalmente quando em alta incidência, bem como a presença de efeitos colaterais relacionados à medicação. 3)Chronic hemodynamic effects after radiofrequency catheter ablation of frequent monomorphic ventricular premature beats.

 

Quais as Formas de Extra-Sístoles Ventriculares?

As Extra-sístoles ventriculares podem se apresentar de forma:

  • isolada,
  • monomórfica e repetitiva,
  • com surtos de taquicardia ventricular (TV) não-sustentada
  • ou até mesmo na forma de TV sustentada

As formas mais observadas na prática clínica caracterizam-se pela morfologia de bloqueio de ramo esquerdo, com desvio inferior do eixo elétrico e sensibilidade à adenosina. A região da via de saída dos ventrículos é o local de origem nesses casos, mas pela proximidade da região, também podem se originar da Via de Saída do Ventrículo esquerdo.

 

Extra-sístoles que se originam na via de saída do ventrículo direito ou esquerdo podem ser tratada com Ablação!

 

Quando indicar a Ablação por Cateter?

O tratamento das Extra-sístoles ventriculares frequentes era tratado exclusivamente com medicações, como os Beta-bloqueadores, entretanto, surgiram novas possibilidades, como a Ablação por Cateter.

Quanto a Frequência das Extra-Sístoles ventriculares é maior que 20%?

O médico cardiologista deve estar atento à frequência com que as Extra-sístoles ocorrem, notadamente quando ocorrem mais que 20% de extra-sístoles ventriculares em relação ao número total de batimentos cardíacos.

Veja no Caso de Renata (Caso #3), que ela tinha 26mil extra-sístoles ventriculares monomórficas em um total de 115mil batimentos – o que representavam 23% do total de batimentos; e também o Caso #4 de Junio (muito interessante).

Holter Renata 2 Caso #3

Quanto os pacientes são Muito Sintomáticos:

Muitos pacientes não toleram as medicações, pois os efeitos colaterais podem ser grandes e também por que alguns anti-arrítmicos provocam mais arritmias – efeito pró-arrítmico da medicação.

Como você viu no caso de Renata, ela era muito sintomática a despeito das várias medicações que ela utilizou. Nesse caso, a ablação por cateter oferece uma boa opção de tratamento.

 

Quanto as Extra-sístoles ventriculares causam disfunção ventricular:

Você pode achar estranho, mas nós sempre dissemos que as Extra-sístoles em corações normais são benignas e não causam morte súbita nos pacientes, e que os corações estruturalmente saudáveis não sofrem com a presença de extra-sístoles ventriculares. 4)Radiofrequency catheter ablation of premature ventricular complexes from right ventricular outflow tract improves left ventricular dilation and clinical status in patients without structural heart disease.

Mas há estudos mostrando que, quando a frequencia das extra-sístoles ventriculares é muito grande, existe a possibilidade delas causarem disfunção no ventrículo e fazer com que a força de contração torne-se menor e mais fraca – provocando insuficiência cardíaca.

Nessa situação, atualmente, está indicada também para os pacientes assintomáticos com disfunção ventricular e ausência de cardiopatia estrutural – pois imagina-se que as extra-sístoles sejam a causa do problema no coração.

Estes resultados sugerem que extra-sístoles ventriculares frequentes (> 20%) pode ser uma possível causa de disfunção ventricular esquerda e / ou insuficiência cardíaca e Ablação por Cateter de Alta frequência produz benefícios clínicos nesses pacientes. 5)Radiofrequency catheter ablation of premature ventricular complexes from right ventricular outflow tract improves left ventricular dilation and clinical status in patients without structural heart disease.

 

Cura das Extra-Sístoles Ventriculares com Ablação por Cateter – Resultados?

Nos pacientes que preenchem os critérios acima, os dados recentes da literatura mostram significativa melhora da qualidade de vida e normalização da função miocárdica3,6,9.

  • Melhora na qualidade de vida;
  • Normalização da Disfunção Ventricular (melhora a força de contração dos ventrículos);

Há complicações no Tratamento?

A cardiologias e principalmente a arritmologia tem evoluido muito e a eficácia do procedimento de ablação por radiofrequência para Cura das extra-sístoles é bastante elevada com índices muito baixos de complicação. 6)Reversal of cardiomyopathy in patients with repetitive monomorphic ventricular ectopy originating from the right ventricular outflow tract 7)Ablação por Cateter de Extra-Sístoles Ventriculares Freqüentes: tratamento curativo para um antigo problema 8)Suppression of frequent premature ventricular contractions and improvement of left ventricular function in patients with presumed idiopathic dilated cardiomyopathy. Mayo Clin Proc.

 

Conclusões – é viável e eficiente!

A ablação por cateter é um método curativo, seguro e eficaz para o tratamento de pacientes com Extra-sístoles ventriculares freqüentes e sintomáticas.

Em pacientes com disfunção ventricular, a eliminação das Extra-sístoles ventriculares está associada à significativa melhora da Fração de Ejeção do Ventrículo Esquerdo.

 

Já pensou em se livra das Extra-Sístoles?

Já conversou com seu médico sobre essa possibilidade? Qual a frequência de suas extra-sístoles? É muito alta? 20%? 15%? 10%? Sabia que extra-sístoles frequentes podem machucar seu coração?

Sabia que a Sociedade Europeia de Cardiologia apoia amplamente o tratamento com Ablação por Radiofrequência até mesmo para pacientes com poucas extra-sístoles?

Deixe seu comentário!

References   [ + ]

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!