Inserir diversos stents não prejudica o coração

A revascularização do miocárdio extensiva, envolvendo todas as artérias obstruídas, é simplesmente tão segura quanto o reparo exclusivo da artéria que causou um ataque cardíaco – pela Angioplastia com Stent. Isso foi confirmado por um estudo britânico publicado na revista “Journal of the American College of Cardiology”. O dano ao coração não aumenta.

stentsUma artéria ou Todas as Artérias?

Cientistas da Universidade de Leicester incluíram no estudo 203 pacientes de ataque cardíaco. Alguns deles (105) foram aleatoriamente escolhidos para receber somente tratamento para a artéria bloqueada, e os outros (98 participantes) se submeteram a revascularização extensiva de todas as artérias obstruídas. Após o tratamento, foi feita uma Revascularização Miocárdica de todos os participantes.

Resultados mostraram que os pacientes que tiveram todas as artérias tratadas tinham com mais frequência mais de uma área de lesão cardíaca (22 por cento versus onze por cento que tiveram somente uma artéria tratada). No total, porém, a porcentagem de músculo cardíaco que foi danificado era igualmente alta nos dois grupos (12,6 versus 13,5 por cento). A função cardíaca foi semelhante nos dois grupos – ambos imediatamente após o tratamento e nove meses depois.

As Vantagens dos Stents e da Angioplastia

Diferente da Ponte de Safena, a Angioplastia não tem o corte no tórax e a sua recuperação é mais rápida – por isso e por outras causas, a Angioplastia com Stent costuma ser a escolha dos cardiologistas, exceto em casos em que é necessário fazer várias pontes de safena e várias intervenções para driblar as obstruções nas artérias obstruídas.

Conclusão:

“Esse estudo sugere que é seguro para o cardiologista inserir um stent em todas as obstruções que descobrir enquanto estiver tratando um ataque cardíaco. No entanto, os cardiologistas têm que fazer uma avaliação no momento para saber se a artéria está obstruída o suficiente para justificar a inserção de um stent”, disse o diretor médico da British Heart Foundation, Peter Weissberg.

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes.
CRMMG: 33.669 – Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni, MG

Share This Post On

2 Comments

  1. minha mãe tem 83 anos, tem DPOC ,esta com 3 veias entupidas, o que deve ser feito ?

    Post a Reply
    • Marinaldo.
      O seu médico irá avaliar o nível de entupimento e decidir pela melhor opção.
      Stent ou Ponte de Safena – mas ainda há o tratamento clínico (só medicamentos).
      Abraços

      Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!