A ICC – insuficiência cardíaca (IC) também conhecida como Insuficiência Cardíaca Congestiva (ICC), coração fraco ou Coração grande é uma triste etapa para a qual costumam evoluir as doenças do coração. Seja pela gravidade da doença, seja pela falta de cuidado, grande parte das doenças do coração costumam evoluir para a Insuficiência cardíaca – É como se o coração não aguentasse tamanha sobrecarga e agressão que enfraquecesse, entrando em falência!

Se você está com Insuficiência Cardíaca (IC) ou tem um parente com ICC, você está no lugar certo e precisa ler esse artigo. Continue lendo.

O quê é Insuficiência Cardíaca?

Insuficiência cardíaca, às vezes conhecida como IC  congestivaocorre quando o músculo cardíaco não consegue bombear o sangue tão bem quanto deveria 1)MayoClinic ou quando apesar de a Força de contração do coração estar normal, o paciente apresenta os sintomas de IC – esse tipo de IC é conhecida como Insuficiência Cardíaca com Fração de Ejeção normal. 2)Diretrizes SBC 3)Wikipedia

Leia mais:

Outros Nomes para Insuficiência Cardíaca:

  • Insuficiência cardíaca congestiva.
  • Disfunção do coração esquerdo. Isto ocorre quando o coração não pode bombear sangue rico em oxigênio para o corpo.
  • Disfunção do coração direito. Isto ocorre quando o coração (seu lado direito: ventrículo direito e átrio direito) estão com mau funcionamento.
  • Cor pulmonale. Este termo refere-se a IC  direita, causada pela pressão de sangue elevada nas artérias pulmonares e o ventrículo direito.  4)nhlbi.nih.gov

Fração de Ejeção Normal e Alterada – Entenda Tudo!

Nem todas as condições que levam à IC  podem ser revertidas, mas tratamentos podem melhorar os sinais e sintomas de IC a grande maioria dos paciente vivem bem, com poucos ou nenhum sintoma. Mudanças de estilo de vida tais como exercício, reduzir o sal da dieta, redução do estresse e emagrecimento podem melhorar qualidade de vida do paciente com IC  5)MayoClinic

 

Qual a Gravidade da Insuficiência Cardíaca?

Insuficiência Cardíaca é uma doença Grave. Mesmo com o avanço da ciência e de um número enorme de medicamentos à disposição dos médicos, a IC continua sendo uma doença que necessita que o paciente seja dedicado ao tratamento e siga rigorosamente as orientações do seu médico.

 

A IC continua sendo uma síndrome de características malignas, com alta mortalidade nas formas avançadas. Vários estudos mostraram que a mortalidade atinge a 50% em um ano, em pacientes na classe funcional (CF) IV da New York Heart Association. 6)NYHA Por outro lado, pacientes pouco sintomáticos têm boa evolução, mesmo que apresentem fração de ejeção (FE) bastante reduzida. 7)Antonio Carlos Pereira Barretto e José Antonio Franchini Ramires

Sendo assim, pacientes que realizam tratamento podem ter uma ótima qualidade de vida, independente da força de contração do coração.

 

Quais as Causas da Insuficiência Cardíaca?

No início desse artigo, eu disse que quase todas as doenças do coração, se não tratadas, podem evoluir para Insuficiência cardíaca. As causas da insuficiência cardíaca congestiva varia de país para país mas, no geral, incluem:

  1. Doença de artéria coronária: Infarto no Coraçãolevando a ataques cardíacos e fraqueza do músculo cardíaco;
  2. Infecções virais ou toxinas, provocando Miocardiopatias, tais como uso prolongado de álcool e doenças virais;
  3. Doença de Chagas: doenças provocadas por infeções muito comuns no nordeste do Brasil.
  4. Doenças nas Válvulas causando enfraquecimento no músculo cardíaco (seja por obstrução nas válvulas ou por mau funcionamento delas;
  5. Hipertensão arterial (pressão alta).
  6. Diabetes.

Causas Mais Raras de IC:

  1. Hipertireoidismo (alto hormônio tireoidiano),
  2. Deficiência de vitamina
  3. Uso de anfetaminas. 8)MedicinaNet.comLeia mais:

Quais os Sintomas de Insuficiência Cardíaca?

Se você tem IC , você pode estar assintomático ou seus sintomas podem variar de leves a graves. Seus sintomas também podem ser constantes ou podem ser intermitentes (indo e vindo). Os sintomas de insuficiência cardíaca se relacionam com a gravidade da doença, com a fração de ejeção do coração, e podem incluir 9)WebMD:

 

  1. Pulmões congestionados. Um coração fraco faz com que muito líquido acumule nos seus pulmões. Isso pode causar falta de ar / Dispnéia com dificuldade de realização de exercícios ou até mesmo para respirar em esforços mínimos, ou até mesmo, deitado na cama, levando a:
    • Tosse seca;
    • Chieira e Chiata (Asma cardíaca).
  2. Retenção de fluido e água. Um coração fraco bombeia menos sangue para a rins e provoca retenção de flúidos:
    • Inchaço dos tornozelos e pernas (chamado de edema)
    • Inchaço no abdômen (Ascite);
    • Ganho de peso. 
    • Maior necessidade de urinar à noite (Noctúria);
    • Inchaço no estômago pode causar uma perda de apetite ou náuseas.
  3. Tontura, fadiga e fraqueza. Menos sangue para seus principais órgãos e músculos faz com que você se sinta cansado e fraco. Menos sangue para o cérebro podem causar tonturas ou confusão mental.
  4. Batimentos cardíacos rápidos ou irregulares. O coração bate mais rápido para bombear sangue para o corpo. Isso pode causar um batimento cardíaco rápido ou irregular e até facilitar o aparecimento de arritmias, como a Fibrilação atrial e até mesmo arritmias mais graves, como as Taquicardias e Fibrilação ventricular.
Resumidamente, os principais Sinais e sintomas de IC  incluem o seguinte: 10)EMedicine

Fração de Ejeção Normal e Alterada – Entenda Tudo!

São (podem ser) sinais de IC (quando o médico detecta no exame físico):

  • Exoftalmia e/ou pulsação visível dos olhos;
  • Distensão das veias do pescoço;
  • Pulso fraco, rápido e fraco;
  • Estertores, sibilos;
  • S 3 galope e/ou pulsus alternans;
  • Aumento da intensidade do som de P 2 coração;
  • Refluxo Hepa-tojugular;
  • Ascite, hepatomegalia e/ou anasarca;
  • Cianose central ou periférica, palidez;

Tipos e Classificação Funcional:

  1. Tipo I: Paciente assintomático em suas atividades físicas habituais
  2. Tipo II: Paciente assintomático em repouso. Sintomas são desencadeados pela atividade física habitual.
  3. Tipo III: Paciente assintomático em repouso. Atividade menor que a habitual causa sintomas
  4. Tipo IV: Paciente com sintomas (dispneia, palpitações e fadiga), ocorrendo às menores atividades físicas e mesmo em repouso.

 

Quais os Tipos de Insuficiência Cardíaca?

Existem dois tipos clássicos de Insuficiência Cardíaca, mas ambos precisam de tratamento adequado. Mas antes, preciso definir o termo FRAÇÃO DE EJEÇÃO.

 

O quê é Fração de Ejeção?

Fração de Ejeção é um termo que vem do exame ecocardiograma e informa quanto de sangue é ejetado do coração a cada batimento cardíaco. Imaginemos que entram 100 mL de sangue no seu coração e, após a contração do coração, restaram 30 mL de sangue que não foi ejetado. Assim, a Fração de Ejeção do seu coração é de 70%.

 

A Fração de Ejeção normal de um coração é de, no mínimo, 58% (medida pelo método de Teicholtz). Assim, um coração com Fração de Ejeção de 60% é um coração normal. Já um coração com Fração de Ejeção de 50% é um coração levemente fraco, que os médicos chamam de DISFUNÇÃO SISTÓLICA em grau leve.

Fração de Ejeção Normal e Alterada – Entenda Tudo!

Insuficiência Cardíaca com Fração de Ejeção Normal/Preservada:

Quando estão presentes essas características:

  1. Presença de sinais e sintomas de IC;
  2. Fração de Ejeção MAIOR QUE 50%,
  3. Ventrículo esquerdo não dilatado (volume telediastólico < 97 mL/m2 )
  4. Evidência de pressão de enchimento do ventrículo esuqerdo elevada – um termo técnico que indica que a pressão no seu pulmão está alta (principal culpado pela dispnéia).

Insuficiência Cardíaca com Fração de Ejeção Baixa:

  1. Presença de sinais e sintomas de IC;
  2. Fração de Ejeção MENOR QUE 50%,
  3. Ventrículo esquerdo dilatado;
  4. Evidência de pressão de enchimento do ventrículo esuqerdo elevada – um termo técnico que indica que a pressão no seu pulmão está alta
É o seu médico que irá fazer a melhor caracterização e indicará o tratamento mais adequado. 

Como a Insuficiência Cardíaca é Diagnosticada?

O diagnóstico da Insuficiência cardíaca é baseado na história clínica e em exames complementares.

Leia mais:

Baseado na história e no Exame físico:

Seu médico irá lhe fazer muitas perguntas sobre seus sintomas e histórico médico. Ele investigará a presença ou ausência de doenças que levam à Insuficiência cardíaca. As principais perguntas são: 

  • Você tem sintomas de IC ?
  • Quais as doenças você já tem ou já faz tratamento? – aquelas doenças que levam à insuficiência cardíaca.
  • Quais os sinais de IC que você tem.

 

Baseado em Exames Complementares:

  • Eletrocardiograma: Há sinais de que o seu coração possa estar sofrendo?
  • Radiografia de Tórax: Há cardiomegalia (coração crescido)?
  • Exames laboratoriais: Há Doença de Chagas? há anemia importante? há problemas na tireoide?
  • Ecocardiograma:

No geral, esses primeiros exames são mais do que suficientes para se fazer o diagnóstico de insuficiência cardíaca. Se o médico precisar aprofundar-se, ele lançará mão de outros exames.

 

O diagnóstico diferencial da Insuficiência Cardíaca!

A Insuficiência Cardíaca deve ser diferenciada de outros problemas de saúde que causam falta de ar e Dispneia. Algumas delas são as Doenças do Pulmão e algumas doenças sistêmicas, como anemia e hipotireoidismo.

O seu médico saberá como fazer o diagnóstico correto.

 

Qual o tratamento da Insuficiência Cardíaca?

O principal tratamento da insuficiência cardíaca é a correção da sua causa base, retirar ou controlar a doença que provocou a IC . Portanto:

  1. Se a sua IC foi causada pela Hipertensão arterial descontrolada, controle a sua pressão.
  2. Se foi por Diabetes, controle sua diabetes.
  3. Se foi por Infarto, procure, previna e tente não ter outro.
  4. Se foi por problemas de válvulas, trate e opere (se for o caso) as suas válvulas do coração;
  5. Se foi por Hipertireoidismo, trate a sua tireoide;
  6. Se foi por alguma doença Congênita, trate e opere a doença;
  7. Se foi por uma Arritmia cardíaca grave, trate a Arritmia – veja aqui.
  8. Se foi por X, trate X

Leia mais:

Há medicações para Insuficiência Cardíaca?

Um dos principais tratamentos para a Insuficiência cardíaca e que trazem um bom controle dos sintomas são os medicamentos. Hoje, há inúmeros medicamentos que ajudam no controle dos sintomas, mas no geral, o paciente irá utilizar a principais classes:

  1. Diuréticos;
  2. Inibidores da ECA ou Inibidores dos Receptores de Angiotensina
  3. Digoxina;
  4. Diuréticos poupadores de potássio;
  5. E medicações para a doença de Base:
    1. Anti-hipertensivos, caso hipertensão arterial.
    2. Anti-diabéticos, caso diabetes.
    3. Anti-anginosos, caso Infarto e doenças coronarianas.
    4. E assim por diante.

As medicações são de uso contínuo e o paciente não deve suspender o uso. O seu médico irá escolher a melhor combinação dessas medicações.

 

É necessário operar para Insuficiência Cardíaca?

A cirurgia no coração é necessária quando a doença que causou a IC exige um tratamento cirúrgico. Por exemplo, se o paciente precisar de uma ponte de safena, pois o infarto causou a sua ICC, ele fará a ponte de safena. Se um problema de válvula causou a Insuficiência cardíaca, ele operará a válvula danificada.

 

Tenho ICC, qual é o meu futuro?

Com um bom cuidado, a insuficiência cardíaca o não impedirá de fazer as coisas que você gosta. Seu prognóstico ou perspectivas para o futuro dependerão de como está o seu músculo cardíaco e como ele está funcionando, bem como a presença de sintomas.

Muitos pacientes abreviam o seu tempo de vida quando não utilizam corretamente as medicações para Insuficiência cardíaca ou não fazem o acompanhamento com seu médico. Portanto, parte do seu futuro depende de você.

Outras questões:

A ICC só ocorre em pessoas com doenças no coração de longa data?

Não… não mesmo. A IC pode ocorrer em qualquer idade. Um exemplo é o Infarto do miocárdio que subitamente pode causar uma insuficiência cardíaca. Há problemas nas válvulas do coração que ocorrem aos 19 anos de idade.

 

O Marca-Passo cardíaco ajuda no tratamento da Insuficiência cardíaca?

Em casos em que o coração está com a frequência cardíaca baixa, lenta, o Marca-Passo pode ajudar. 11)NHS.com

 

O Transplante cardíaco pode ajudar?

Nas situações em que o tratamento medicamentoso não está conseguindo retirar os sintomas da ICC, o transplante cardíaco pode ser de grande auxílio. 12)NHS.com 13)Wikipedia ((MedlinePlus)

Você tem Insuficiência cardíaca?

E então, você tem insuficiência cardíaca? Tem um parente que sofre desse mal? Deixe o seu comentário pois isso me ajudará a atualizar e melhorara esse artigo. Abraços.

Leia mais:

References   [ + ]

E-Book: Doenças do Coração!

E-Book: Doenças do Coração!

Coloque seu melhor E-mail no campo cina e Receba seu E-book! O melhor Guia para as Principais Doenças do Coração!

Veja seu E-mail: Sua inscrição foi um Sucesso!

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!