Insuficiência Tricúspide: Sintomas e Tratamento!

A Insuficiência tricúspide (ou Regurgitação tricúspide) é uma doença pouco comum na prática da cardiologia mas merece atenção de médicos e dos pacientes. Ela provoca sopro no coração, uma série de sintomas do coração e algumas vezes, levando o paciente para uma cirurgia de troca valvar. O problema maior é que algumas vezes, os sintomas são silenciosos e o paciente pode ser surpreendido com sintomas já na fase mais avançada da doença. Confira.

estenose pulmonarLeia também:

Insuficiência MitralInsuficiência AórticaInsuficiência Tricúspide Insuficiência Pulmonar. As Estenoses: Estenose MitralEstenose AórticaEstenose PulmonarEstenose Tricúspide.

A regurgitação tricúspide é o vazamento de sangue para trás através da válvula tricúspide cada vez que os contratos de ventrículo direito.

É muito comum, mas muito comum mesmo que os pacientes leiam Insuficiência tricúspide ou Regurgitação tricúspide no laudo do ecocardiograma. Como o avanço dos novos aparelhos de Ecocardiograma, é praticamente impossível que um paciente não tenha regurgitação discreta em seu laudo.

O que é a Regurgitação tricúspide?

A regurgitação tricúspide é o vazamento de sangue através da válvula tricúspide em cada vez que o ventrículo direito se contrai.

O que acontece durante Regurgitação tricúspide (insuficiência tricúspide)?

O ventrículo direito precisa bombear o sangue para a artéria pulmonar, em direção aos pulmões… quando há a Insuficiência tricúspide (regurgitação tricúspide) o sangue retorna para o átrio direito aumentando o volume atrial direito. Como resultado, o átrio direito pode aumentar, o que pode alterar a pressão nas câmaras vizinhas e vasos sanguíneos. 1)Heart.org

Entretanto, o aumento das câmaras está diretamente proporcional ao grau da Insuficiência. Costuma ser RARO em insuficiência tricúspide discreta/leve e muito frequente em regurgitação tricúspide moderada ou importante.

Insuficiência tricúspide

Insuficiência tricúspide

Qual a causa da Regurgitação tricúspide?

A insuficiência tricúspide resulta, muitas vezes, de uma dilatação do ventrículo direito.

Outras doenças também podem afetar a regurgitação tricúspide (insuficiência tricúspide):

  • endocardite infecciosa mais comumente (infecção da válvula), e menos comumente,
  • síndrome de Marfan,
  • a artrite reumatóide,
  • a febre reumática,
  • lesão cardíaca direta,
  • tumores carcinóides, e
  • degeneração mixomatosa.

Um risco importante para regurgitação tricúspide é a utilização da substância dietética chamado “Fen-Phen” (fentermina e fenfluramina) ou dexfenfluramina.

Insuficiência tricúspide em grau leve – devo me preocupar?

Não, absolutamente, não!

A insuficiência tricúspide em grau leve, também descrita como Regurgitação tricúspide em grau leve ou discreta é uma alteração que é sempre vista no exame do ecocardiograma. Raramente um médico faz um ecocardiograma sem ver a presença de Regurgitação tricúspide.

regurgitação tricúspide

regurgitação tricúspide

Quais são os sintomas de insuficiência tricúspide?

A regurgitação tricúspide pode não ter quaisquer sintomas ou apresentar sintomas vagos, como fraqueza e fadiga, que se desenvolvem quando o coração não consegue bombear sangue suficiente para permitir que o corpo para receber o oxigênio necessário.

Outros sintomas podem incluir:

  • Veias do pescoço pulsante.
  • Aumento do fígado (hepatomegalia)
  • Fadiga ou fraqueza
  • Inchaço abdominal
  • Inchaço nas pernas, tornozelos e / ou pés

 

Tratamento par Regurgitação tricúspide:

O tratamento da regurgitação tricúspide pode não ser necessário se os sintomas não são importante.

A meta do tratamento é o tratamento das lesões associadas, como enfisema pulmonar ou estenose pulmonar; sintomas tais como inchaço pode ser controlada com diuréticos.

A plastia cirúrgica ou troca da válvula é uma opção tardia e pouco utilizada. Pacientes com Insuficiência tricúspide grave podem enfrentar um mau prognóstico, a partir da própria doença da válvula ou por causa das complicações da doença subjacente que causaram o problema de válvula.

References   [ + ]

1. Heart.org

Author: Dr. Leonardo Alves Cardiologista

Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes. CRMMG: 33.669 - Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni,

Share This Post On

2 Comments

  1. tenho espessamento dos folhetos mitro-aórticos. regurgitação mitral e tricúspide.regurgitação psap estimada 42mmhg

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!