Manobra de Valsalva melhora TPSV?

Mito ou verdade? Quem acredita na histórica desse senhor?  Acham que é verdade mesmo ou que é emocional? Resposta amanhã, na fanpage do facebook. Vamos lá, compartilhem, perguntem aos “universitários”… Participem. Saibam mais sobre o assunto no post.

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes. CRMMG: 33.669 - Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni, MG

Share This Post On

2 Comments

  1. Dr. Leonardo, um paciente sintomático desde os 18 anos, com crises curtas e revertidas facilmente com a manobra de Valsalva, que optou por não fazer a ablação, pode ter complicações acima dos 70 anos de idade, como, por exemplo, insuficiência cardíaca, considerando a freqüência de aproximadamente 200BPM nas crises? Até qual idade é seguro, em boas condições de saúde, realizar a ablação? Os medicamentos betaloqueadores são realmente eficazes na prevenção das crises? Obrigado!

    Post a Reply
    • Olá,
      Se a doença estiver se manifestando constantemente (o paciente não suportaria os sintomas) e pediria para fazer a ablação.
      Se a Arritmia foi classificada pelos seus médicos como benigna e que não lhe trará complicações, fique tranquilo e confie neles.
      Abraços.

      Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!