Muita gente me pergunta o que é Sopro no Coração … e com este é o primeiro artigo do blog, não poderia fugir à pergunta. Sopro no Coração é o sinal de uma possível alteração nas válvulas do coração. Não é possível ver o sopro pelo eletrocardiograma nem no raio X de tórax. Se você tem dúvidas sobre Sopro no Coração, você está no lugar certo. Confira o Guia Completo sobre o sopro no coração.

O quê é Sopro no Coração?

blow-22063_640Sopro no coração é um barulho, um ruído que se escuta quando o médico coloca o aparelho no tórax do paciente. Normalmente, há um som normal… o famoso “tum-tá… tum-tá… tum-tá… tum-tá…”. O sopro no coração é uma ruido semelhante a um sopro, mesmo, que se escuta entre o “tum-tá…”.

Sem mistério. Eu lhe peço: Sopre aí, isso mesmo, SOPRE você mesmo… dê um sopro! Ouviu o barulho/ruído? Então, é esse ruido que os médicos escutam entre o tum-tá… Isso é o sopro.

 

Sopro no Coração não se vê, SOPRO SE ESCUTA!

É Simples! Quê fique claro!

Não dá para ver sopro no eletrocardiograma, também não dá para vê-lo na radiografia de tórax. Sopro não se vê… se escuta… colocando-se o estetoscópio (aparelho de escutar coração) no tórax do paciente.

Certa ocasião, quando eu tinha 17 anos de idade e iria me apresentar ao exército (Tiro de Guerra em Teófilo Otoni), um colega levou uma radiografia do tórax (chapa de pulmão) para mostrar que tinha sopro no coração – ele não queria servir o exército e buscava uma dispensa… Só depois de formado em cardiologia que lembrei desta ocasião… Não dá para ver sopro na radiografia de tórax!.

O médico pode dizer: “eu escutei/ouve (AUSCUTEI) um sopro no seu coração“.

Significado de Auscutar: (Fonte: Dicionario Informal)

Auscutar significa perceber o que está além das palavras e das atitudes do outro: ler as entrelinhas para captar o que a outra pessoa realmente pensa ou sente.

Exemplo do uso da palavra Auscutar:

Auscutar é uma palavra que veio da medicina: auscutar os batimentos cardíacos.

 

Por quê ocorre o Sopro no Coração? A biologia do Sopro.

O Sopro no Coração ocorre quando o fluxo de sangue passa dentro do coração de forma turbulenta. Essa turbulência causa o barulho (que falei acima): o sopro. Normalmente, o fluxo sanguíneo é silencioso e não provoca o aparecimento de nenhum barulho quando se escuta o coração. Mas quando há uma mudança no funcionamento do coração, esse fluxo de sangue pode se tornar turbulento e causar o sopro.

Quais situações podem causar essa turbulência?

Essa é a questão! É aqui que começamos a saber qual é a causa, a situação de base (escondida) que está provocando a Turbulência (que levará ao sopro).

 

1 – Quando o fluxo de sangue está rápido!

Há diversas situações (que não é doença no coração) que fazem com que o fluxo de sangue passe pelas estruturas do coração de forma acelerada, provocando o sopro. Veja algumas situações abaixo.

  1. Taquicardia (coração acelerado).
  2. Febre.
  3. Atividade física ou exercício
  4. Gravidez
  5. Não ter glóbulos vermelhos saudáveis o suficiente para transportar oxigênio suficiente para os tecidos do corpo (anemia)
  6. Uma quantidade excessiva de hormônio da tireoide no seu corpo (hipertireoidismo).

 

2 – Quando o sangue encontra problemas nas válvulas!

As válvulas do coração são estruturas que regulam o fluxo de sangue pelo coração. Elas funcionam como uma válvula hidráulica que abre e se fecha de acordo com a situação.

Resumidamente, as válvulas do coração, normalmente:

  • abrem-se para o sangue passar e
  • fecham-se para que o sangue não volte por onde ele já passou (não escorra ou regurgite).

Nessa situação, quando o coração encontra dificuldades para passar por uma das quatro válvulas cardíacas (mitral, tricúspide, aórtica e pulmonar), o fluxo do sangue fica turbulento e provoca o sopro (ruído). E há duas situações bastante distintas causados por uma válvula problemática.

Quando causado por um problema nas válvulas, as Doenças Reumáticas são um dos principais culpados.

  1. Estenose valvar: Quando a válvula está obstruída e não se abre adequadamente.
  2. Insuficiência: Quando a válvula não se fecha corretamente: aqui, o sangue “volta” ou Regurgita.

3 – Quando o sangue passa por um caminho diferente!

Essa situação é muito comum em doenças congênitas, que vieram com o nascimento. Por uma má-formação, o coração tem um buraco/orifício que desvia [parte] do fluxo de sangue do seu caminho normal (que são as válvulas) e esse sangue começa a passar por esse buraco. Veja algumas doenças possíveis:

  1. Comunicação interventricular – CIV.
  2. Comunicação interatrial – CIA.
  3. Tetralogia de Falot – T4F.
  4. Outras má formações cardíacas.

Agora, você já sabe muito mais do que a média da população. O sopro é causado por uma dessas três situações:

  • Quando o fluxo de sangue está rápido!
  • Quando o sangue encontra problemas nas válvulas!
  • Quando o sangue passa por um caminho diferente!

 

Quais os Sintomas do Sopro no Coração?

O sopro no coração pode provocar no paciente desde NENHUM SINTOMA a praticamente TODOS OS SINTOMAS cardíacos juntos. Quanto os sintomas ocorrem, eles são praticamente os mesmos sintomas que ocorrem nas mais diversas doenças cardíacas e que você poderá encontrar nesta lista de Sintomas (neste link: em breve).

Leia também:

 

Posso ter sopro sem apresentar sintomas?

Sim, como eu disse acima, por diversas vezes, o paciente pode ter sopro sem ter (absolutamente) nenhum sintoma.

 

Por quê alguns sopros NÃO tem sintomas?

Nos casos em que o sopro no coração é assintomático pode ser devido à dois motivos:

  • O Sopro é Inocente e, apesar da presença dele, NÃO causará (nunca) nenhum sintoma.
  • O Sopro AINDA não provocou maiores consequências ao coração e o paciente AINDA não desenvolveu nenhum sintoma.

 

Então, mesmo sem sintomas, eu devo me preocupar?

Sim, claro! Até o seu médico dizer para você que o Sopro é Inocente, você deve estar ligeiramente preocupado – e na minha opinião: preocupar significa IR AO MÉDICO e não ficar em casa achando que já morreu, que tem 2 ou 3 meses de vida, que “fulano de tal tinha sopro e morreu”, etc…

A sua preocupação deve movê-lo para um médico!

 

Sopro no Coração indica alguma doença? É grave?

Como você viu, a presença do Sopro no Coração indica que há uma turbulência no fluxo e o médico irá fazer um exame clínico e consulta adequados para saber se o Sopro é devido, ou não, a uma doença.

Sendo assim, só iremos saber se o seu sopro indica ou não uma doença, depois que o SEU MÉDICO fizer a sua avaliação e tudo dependerá da sua resposta. E é também após a avaliação do seu cardiologista que você será informado se você deve ficar muito preocupado, moderadamente preocupado ou despreocupado com seu sopro.

 

Como o Sopro no Coração é Classificado?

Essa pergunta pode nos levar a uma escrita mais técnica, mas eu farei um esforço para torná-la simples e didático. O sopro é classificado de duas maneiras principais:

De Acordo com o Momento do Ciclo Cardíaco:

  • Sopro Sistólico: ocorre no período em que o coração está se contraindo.
  • Sopro Diastólico: Ocorre no período pós contração, quando o coração está se relaxando.

 

De Acordo com o Volume do Ruído:

  • Grau 1 – o sopro de volume de ruído mais baixo (difícil de ser ouvido).
  • Grau 2… Grau 3… Grau 4… Grau 5 e
  • Grau 6 – o sopro de volume mais alto (audível para todo examinador).

Aqui, é muito comum ocorrerem situações que deixam os pacientes preocupadíssimos e intrigados, veja:

Situação A: Um médico escuta o sopro e o outro não escuta:

– O médico A atendeu o paciente que tinha um Sopro no Coração de Grau 1 ou Grau 2 (baixo) em um ambiente barulhento.

– O médico B atendeu o MESMO paciente que tinha um Sopro no Coração de Grau 1/2 (baixo) em um ambiente silencioso.

Só o segundo médico ouviu o sopro… ÓBVIO. Ele tinha um ambiente de exame clínico melhor, então, só ele conseguirá ouvir. Portanto, não se desespere antes de ir a um médico de consultório silencioso para avaliar o seu sopro.

Situação B: Um médico escuta o sopro e o outro não escuta:

Estamos falando do mesmo paciente e do mesmo Grau de Sopro, mas agora, de um médico ou estudante de medicina e de um cardiologista mais experiente / treinado. Obviamente, o cardiologista está mais habituado a ouvir e avaliar o sopro.

 

O quê é Sopro Inocente?

Essa é uma questão interessante e que trataremos em um outro artigo (em breve). Mas, de modo geral, o sopro inocente é o sopro que está presente no paciente, que é ouvido por todos os médicos (dos menos experientes aos mais experientes), MAS QUE O SOPRO não causa, não causou e nunca causará NADA de ruim ao paciente.

Independente do qualquer catástrofe na saúde do paciente, o Sopro Inocente (como o próprio nome já diz) NÃO TEM / NÃO TEVE CULPA DE NADA, absolutamente NADA.

 

Quais exames avaliam o sopro?

Todos os exames cardiológicos podem avaliar o sopro no coração. Veja alguns:

  1. Eletrocardiograma.
  2. Radiografia de Tórax.
  3. Ecocardiograma: o principal deles e que o médico dificilmente deixa de solicitar.
  4. Cateterismo cardíaco.

 

Quais são os tratamentos para os Sopros no coração?

O tratamento do sopro depende da causa/doença de base que está causando o sopro. O que quer dizer que não se trata um sopro, em si, trata-se a doença que está causando-0. No geral, as opções de tratamento são:

  1. Nenhum: quando o sopro é inocente.
  2. Conduta Expectante (esperar para ver): quando o sopro não-inocente está em fases iniciais.
  3. Cirurgias de trocas valvares: quando há uma válvula com problema e que precisa ser substituída.
  4. Tratamento clínico (medicamentos para febre, anemia, etc.
  5. Outros tratamentos.

Classificando os sopro cardíacos:

Como é a classificação dos sopros cardíacos? O que significam os números que os acompanham?

Sopro no Coração – Grau 1, 2, 3, 4, 5 e 6

O que é Sopro com Repercussão Hemodinâmica?

Algumas vezes, os sopros vem acompanhados dos termos:

  • Com repercussão hemodinâmica e
  • Sem repercussão hemodinâmica.

De quê se trata? Veja no link abaixo:

Sopro com Repercussão Hemodinâmica? Quê bicho é esse?

Agora é sua vez…

Qual é a sua dúvida sobre o Sopro no Coração? Achou as explicações suficientes? Qual tem sido a sua experiência? Deixe o seu comentário.

Esse artigo te ajudou? Então, compartilhe com seus amigos! Obrigado.

Quer me fazer uma pergunta?

Vamos lá! Coloque seu melhor E-mail no campo cina e veja como me perguntar! Não fique na dúvida!

Veja seu E-mail: Sua inscrição foi um Sucesso!

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!