Tratamento com medicamentos:

Existem vários remédios destinados ao controle da pressão arterial, e cada um atua no organismo de modo diferente, com o objetivo de reduzir a pressão alta de acordo com o pefil do paciente.
Medidas auxiliares:

· Perca excesso de peso e reduza o sal: Prefira alimentos frescos e feitos em casa, pois os industrializados geralmente têm alto teor de sal.

· Pratique alguma atividade física: Ter pressão alta não significa tornar-se um inválido. A prática de exercícios deve fazer parte da rotina diária, mas não é necessário ser atleta.

· Evite álcool em demasia: Quem ingere o equivalente a três ou mais copos de cerveja por dia apresenta probabilidade três vezes maior de manifestar pressão arterial elevada que aquele que não bebe.

· Não fume: O fumo não causa pressão alta, mas agrava o quadro, aumentando a ocorrência de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral e gangrena das pernas, além de outros danos.
Muito Importante:

Os medicamentos anti-hipertensivos não curam a pressão alta. Raramente uma medicação pode ser interrompida depois que a pressão arterial volta ao nível normal. Para a maioria das pessoas, o tratamento precisa ser contínuo, por toda a vida. Por isso, tome sua medicação regularmente, mesmo que você esteja se sentindo bem. Dica: procure sempre levar consigo uma lista das drogas e doses que toma.

Seu papel nesse esforço conjunto: É recomendável estabelecer uma parceria entre você e seu médico para o êxito da terapia de controle de sua pressão arterial.

Quer me fazer uma pergunta?

Vamos lá! Coloque seu melhor E-mail no campo cina e veja como me perguntar! Não fique na dúvida!

Veja seu E-mail: Sua inscrição foi um Sucesso!

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!