Palpitações! Quando vão melhorar, meu Deus!

Muitos pacientes tem a triste percepção de que as Palpitações não melhoram. Eles vão aos médicos, algumas vezes vão em vários médicos, fazem exames diversos … mas… mas… as palpitações não melhoram! E então? O quê fazer nestes casos?

palpitações

palpitações

“Minhas palpitações não melhoram!”

Já tive alguns pacientes que reclamam muito das palpitações! 1)Heart Palpitations Eu inicio as medicações indicadas para o caso, mas estes pacientes permanecem queixando que as palpitações não melhoraram por completo! E isso não é raro de acontecer, não mesmo. Por quê isso acontece?

 

Palpitações: é a PERCEPÇÃO de uma Extra-sístole.

A palavra chave é: PERCEPÇÃO!

A palpitação é a percepção que o paciente tem da ocorrência de uma EXTRA-SÍSTOLE – dessa forma, é o SINTOMA da ocorrência de uma Extra-Sístole. Quando estas extra-sístoles ocorrem, o paciente costuma queixar-se de palpitações, pausas, pontadas, paradas no coração, dentre outros sintomas.

Guia completo: Extra-sístole – o principal causador da palpitação.

O quê são Extra-Sístole?

É fundamental que você saiba exatamente o quê significam estes termos para poder definir, adequadamente, o quê são EXTRA-SÍSTOLES. O batimento do coração é composto de uma SÍSTOLE e de uma DIÁSTOLE. Vamos às definições preliminares.

Sístole:

É o movimento de CONTRAÇÃO do coração: É quando o coração se contrai.

Diástole:

É o movimento de RELAXAMENTO do coração: É quando o coração se relaxa, após um batimento.

Extra-Sístole: um batimento extra (a mais)

Partindo da definição de que sístole é igual à contração do coração e diástole, o seu relaxamento, a EXTRA-sístole nada mais é que um batimento EXTRA.

Como os pacientes referem-se às palpitações? 

Há várias formas nas quais os paciente se queixam das palpitações, vejam algumas:

Olá boa noite, venho sentindo isso também amigo, eu sou atleta amador de academia, da tipo um pulinho quase todo dia e depois volta ao normal, inclusive tenho refluxo e esofagite gastrointestinais, há muito tempo não sentia isso, tenho um pouco de medo de ir ha academia, e quando eu vou só acompanhado do personal. (Fred Carlos)

Outro,

Pulinhos no coração!

Olá boa noite, sinto um pulinho no coração, tenho refluxo, mas ha tempo não sentia isso, em 2014 fiz exames do coração tudo normal, agora depois de um tempo venho praticando academia e tomando suplementos com acompanhamento de profissional para ter ganho de massa muscular, mas agora de uns dias pra cá me sinto um pouco fora do normal, já tive síndrome do mal, tenho esofagite e refluxo gastrite, tenho dormido muito tarde e acordado super tarde, até minha alimentação que era boa agora não consigo me alimentar normalmente, fiz exames atestou colesterol um pouco acima do normal, pode ser por conta dos suplementos, noites mal dormidas, está com uma semana que não vou ha academia, me sinto um pouco com medo sei lá, me ajude com algumas dicas algo assim, Deus abençoe. (Fred)

Outro,

Sensação de morte!

Olá Dr. Me chamo Nayara, tenho 22 anos, sofro com essa “temidas extrasístoles”. Tudo começou com uma pequena arritmia, onde o cardiologista me receitou o Atenolol 25. No início melhorei da arrítmia a velocidade dos meus batimentos diminuiram, mas ocorreu o apare cimento dessas extrasístoles. Diminuiu os batimento e aumentou as pausas. Parei de tomar o Atenolol e fiquei sem tomar nada por alguns anos. Comecei a sentir me desfalecer ao ocorrer as palsas e fui para o cardio que me receitou o Selozok 50, não me senti muito bem com a segunda medicação e as extrasístoles só aumentaram, não entendia pq o medicamento era um beta bloqueador que me me causava mais extrassistoles? Mudaram novamente e agora só tomo 20 mg de propanolol/dia, mas as extrasístoles permanece, sinto dores de cabeça em pontada no momento das pausas compensatórias e um cansaço. Exames todos normais. Tbm elas aumenta depois que me alimento e tudo me deixa ansiosa. Até calma elas me aparecem o que me deixa bastante triste. Realmente quem sente tem essa sensação de morte. O que fazer? (Nayara)

 

Como um médico avalia sua palpitação?

No geral, quando eu me deparo com um paciente queixando-se de palpitações, eu preciso determinar, inicialmente:

  • Esse paciente tem alguma doença cardíaca estrutural?
  • O seu coração é doente?
  • Ele tem alguma disfunção ventricular, a força de contração está diminuída?

Diante desses questionamento, eu preciso obter respostas que dirão os caminhos que iremos seguir na avaliação total e completa do paciente.

Tudo Começa na Consulta médica!

A consulta médica é o início de tudo.

Nela, na anamnese/conversa, avaliamos:

  • Como as palpitações começaram?
  • O que piora as palpitações?
  • O que melhora as palpitações?
  • Em qual horário elas ocorrem mais? ou menos?
  • Quais os fatores desencadeantes?
  • Quais os fatores que são atenuantes?
  • Quais as medicações o paciente está em uso!
  • Quê outras doenças podem estar associadas ou causando palpitações?
  • Qual a relação com alimentação ou hábitos de vida?
  • O paciente é ansioso? tem síndrome do pânico?

Depois da conversa, o exame físico nos trará várias outras informações:

Depois da anamnese e do exame físico, o médico lança mão de alguns exames para detalhar melhor a doença, o problema.

Hipertensão arterial e Pressão alta! Tudo sobre!

Quais exames avaliam as palpitações?

Os exames mais utilizados são o:

Eletrocardiograma e as Palpitações:

Um eletrocardiograma (Eletro ou ECG) é um exame cardiológico que verifica problemas com a atividade elétrica do seu coração.

Eletrocardiograma, ECG – Seu guia Completo!

Ecocardiograma transtorácico e as Palpitações?

O ecocardiograma é um exame muito importante na prática diária do cardiologista e de todos que trabalham com doenças do coração. Para quê serve este exame? O quê ele vê, analisa? O quê é o Ecocardiograma Transtorácico do coração: O ecocardiograma nada mais é do que um ultrasom do coração. Isso mesmo, nada mais é do que um exame de ultrasonografia do coração, semelhante aos demais ultra-sons, mas é da mesma família de exames.

Ecocardiograma transtorácico, Ecodoppler ou Eco! Seu Guia!

Holter de 24 horas e as palpitações:

O quê é um Holter normal? Quando um médico solicita um holter, ele está preocupado com alguns aspectos que vem no resultado deste exame. Confira! Leia Também: 1) Holter 24 h Holter – esclarecendo as Arritmias cardíacas Arritmias cardíacas. Extra-sístoles – o principal causador das Palpitações.

Holter normal? Como é o Resultado!

Você sente palpitações? Percebe pausas nos seus batimentos cardíacos? Notou que esses sintomas dificilmente ocorrem na presença do seu médico e precisa de uma solução? Conheça o Holter 24 horas, um exame que monitora seus batimentos cardíacos e esclarece grande parte dos sintomas relacionados ao ritmo do seu coração.

Holter 24 horas – Esclarecendo os Sintomas das Arritmias Cardíacas

Teste ergométrico computadorizado e as Palpitações.

Quando o médico solicita o Teste ergométrico, ele tem interesse em descobrir o comportamento do seu coração durante o exercício. Ele é muito importante na avaliação das palpitações.

Teste ergométrico – Do exame ao Resultado – Tudo que vc precisa saber!

Outros exames podem ser solicitados, mas no geral, o médico fica apenas com esses exames iniciais.

O quê é um coração normal?

Há várias maneiras do médico avaliar se o paciente tem um coração normal. O coração normal é aquele que se apresenta sem alterações estruturais, que seu ritmo cardíaco é normal, que não tem mau funcionamento das válvulas cardíacas, dentre outros fatores.

Arritmia cardíaca – o quê é, causas, tratamento: Tudo!

Durante a consulta?

E aquele coração no qual o médico não detecta sopro cardíaco, não observa alterações no ritmo dos batimentos e que tem uma pressão arterial normal.

Pelo Eletrocardiograma:

O Eletrocardiograma mostra-se normal, sem arritmias, com ritmo sinusal normal, sem sobrecargas, sem sinais de isquemia.

Pelo Ecocardiograma:

O Ecocardiograma mostra um laudo com as seguintes informações: Função sistólica biventricular preservada; Câmaras cardíacas de dimensões normais; Relaxamento diastólico normal; ausência de alteração estrutural cardíaca.

Pelo Teste ergométrico:

O teste ergométrico apresenta-se com os termos Comportamento normal durante o exercício e ausência de isquemia induzida pelo esforço.

Pelo Holter de 24 horas:

O holter de 24 horas mostra ritmo sinusal e nenhum ou quase nenhuma arritmia presente no laudo.

Holter 24 horas – Esclarecendo os Sintomas das Arritmias Cardíacas

Depois que você fez um ou mais desses exames, é importante que seu médico lhe diga se o seu coração tem algum problema estrutural, se há alguma válvula com problema ou se ele detectou alguma arritmia perigosa ou que lhe traga problemas.

Pergunte ao seu médico e não saia da consulta sem essa informação!

“Se meu coração é normal, por quê as palpitações não param!”

As extra-sístoles e as palpitações ocorrem muitas vezes em corações estruturalmente normais (corações que estão de um tamanho normal e sem problemas nas válvulas). Isso intriga muito aos pacientes – mas é assim mesmo. A grande maioria das palpitações acontecem em corações normais… Eu disse coração normal, não disse paciente normal.

A maior queixa dos pacientes e o que mais lhes intrigam é o fato de ter um coração normal (dito, normal) mas com tantos sintomas, vejam:

Um coração é normal em um paciente é bastante ansioso.

Gosto sempre de lembrar que uma causa bastante comum para as palpitações é a ANSIEDADE e a síndrome do pânico. São doenças e problemas psicológicos que manifestam-se no coração sob a forma de palpitações e extra-sístoles. Neste caso, o tratamento deve estar focado na ansiedade, que é a causa básica.

Vou sentir palpitações a minha vida toda? 

Pois bem. Alguns pacientes, como disse, permanecem com palpitações apesar de terem feito tudo o que a cardiologia indica, todos os exames, repetir exames…

Alguns pacientes permanecem a vida toda sentindo estas palpitações… Muitos vem a falecer aos 95 anos de idade e relatam que durante toda a vida sentiram palpitações, e que acabaram acostumando-se com elas. Muitos dizem que já se assustaram muito quando eram mais jovens, mas que agora… “nem ligo mais para elas”.

“Quanto mais preocupado, mais elas ocorrem.”

Vamos entender bem esta frase. Quanto mais o paciente se preocupa com as palpitações… e quanto mais ele fica preocupado com a data e a hora em que elas vão ocorrer novamente, maior é a chance de que elas venham a ocorrer, mesmo. Muitos pacientes ficam por um bom período da sua vida preocupado com as palpitações que acabem deixando de viver a vida… Ficam ansiosos demais que entram em pânico e ansiedade generalizada que acabam piorando e provocando (inconscientemente) a ocorrência de novas palpitações.

Depois de uma avaliação médica cuidadosa, os pacientes precisam relaxar e tentar tratar a ansiedade, um dos alimentadores das palpitações. Destaco: Depois de uma avaliação médica cuidadosa. Não dá para ler este post e achar que é só para relaxar, que não precisa ir ao médico e pronto… Não, não! Vá ao seu médico de confiança e peça uma avaliação criteriosa dele. Se este médico lhe disse para relaxar, procure confiar nele. Se foi a outro médico e ele também pediu para você relaxar, confie nele também.

Estou relaxando, mas as extra-sístoles não param!

Bem. Vamos dividir e não fazer confusões. Extra-sístoles é uma coisa e Palpitação é outra! Palpitação=sintoma de extra-sístoles.

Se você ficar olhando o laudo de holter… praticamente em 100% das vezes encontrará as extra-sístoles… Irá encontrá-las com vários nomes e apelidos: monomórficas, polimórficas, dimórficas, aos pares, isoladas, etc…

Algumas vezes, o tratamento melhora as PALPITAÇÕES (que é a percepção das extra-sístoles) mas as extra-sístoles continuam lá (no holter) e não causarão (na grande maioria das vezes, nenhum problema para o coração dos pacientes).

Como Tratar as Extra-Sístoles?

Há diversas formas de se tratar as extra-sístoles como forma de reduzir os sintomas de Palpitação.

References   [ + ]

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes.
CRMMG: 33.669 – Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni, MG

Share This Post On

187 Comments

  1. Tenho algumas perguntas chatas para fazer. Peço para que o senhor não fique bravo.

    1. O senhor conhece algum paciente que se livrado completamente das extrassístoles com tratamento? Ou temos que conviver com elas para sempre?

    2. É verdade que todo ser humano apresenta extrassístoles? Quantas por dia são consideradas normais?

    3. Existem casos de pessoas que tenham se livrado das extrassístoles somente com anti-depressivos?

    Muito obrigado

    Post a Reply
    • Olá Dr.Leonardo! Também tenho as mesmas dúvida do Cleber. Você poderia esclarecê-las. Estou desesperada com essas extrassisitoles e as minhas ocorrem uma atrás da outra,fiz holter,teste ergométrico e ecodoppler todos deram normais mas ainda assim estou na dúvida.

      Post a Reply
      • Olá Doutor sempre vejo seu blog e preciso de sua ajuda desde de uns 2 anos ate agora comecei a sentir palpitações na garganta antes ñ ligava mais hj vivo preucupada ja fui a varios cardiologista e todos dizem a mesma coisa que é ansiedade fiz vários exames Eco Cardiograma, Teste Ergometrico, Eletrocardiograma todos deram normais mais qnd fiz o Holter deu Extra-sístoles ventricular e supraventriculares e desde então fiquei muito preucupada sera que isso é grave? Meu médico disse que ñ deveria me preucupar mais ñ consigo ñ me preucupar principalmente qnd sinto essas palpitações parece que meu coração vai sair pela boca. Pratico esportes diariamente mais com muito medo. O que vc pode me dizer disso tudo doutor

        Post a Reply
        • Olá, Hélcia.
          Como você mesma diz, vários médicos já lhe disseram para você não se preocupar e eu acho que você deveria seguir os seus conselhos.
          Alguma vezes, mesmo com estas afirmações dos médicos, alguns pacientes mantém-se preocupados – e isso acaba aumentando o aparecimento de novas extra-sístoles… portanto, confie nesse profissionais.
          Abraços.

          Post a Reply
          • Dr, preciso muita da sua ajuda to com muitas dúvidas, tenho 14 anos fiz eco,holter,eletro e todos deram normais o cardiologista alou que meu coração anda perfeito mais sinto muita palpitação e tremedeira,pois fui diagnosticado com Sindrome do Panico e ansiedade tenho muito medo de ter uma arrtmia ou fibrilação me ajuda a fibrilação se descobre pelo eco?Devo me acalmar?quando vc treme sente seu coração meio que tremendo também?me ajude pois só tenho 14 anos obr doutor!!

          • viu fui no cardiologia nao deu nada e fica dando esse soquinho siguido muito rui comoda

      • Bom dia doutor, tenho essas palpitações. Acordei 3:39 com o coração a 133 batimentos . Já fiz todos os exames nada, medi a glicemia normal, já aconteceu outra vez que tomei ibuprofeno, tomei antes de dormir será que pode ser isso? O stress, mas não dormir estressada. Muito obrigada pelo seu post. Tenha um bom dia .ah outra coisa tenho desvio de septo pode está relacionado com a falta de oxigênio suficiente no cérebro ? Pois só respiro 20% de uma narina?

        Post a Reply
    • Olá Dr. Leonardo! Eu tenho as seguintes dúvidas:

      1- É comum sentir o coração bater no peito mesmo em repouso? Isso é palpitação?
      2- Algumas vezes, não sempre, enquanto estou praticando um esporte, como basquete ou futebol (e meu coração está acelerado devido ao esforço) sinto o que seja conhecido como palpitação, mas não sei dizer o que é, o coração parece sair do ritmo, bate algumas vezes de forma estranha mas depois volta ao normal. Não sinto dores nem nada, somente desespero de não saber o que é. Fiz exames ECG, Ecocardiograma e nada foi detectado, há motivos para preocupação? Em repouso, essa mudança de batimento apenas ocorreu uma vez, e então meu coração disparou, talvez devido ao mesmo desespero que tive.
      Obrigado pela atenção, espero que possa ajudar. Vivo com medo por causa desses episódios.

      Post a Reply
    • Dr. fiz ablação há 5 meses, mas as extrasístoles ainda aparecem. Agora sinto-as de forma mais espaçadas. A arritmia que o médico identificou não era perigosa, mas me causava incômodo sentir as extrassístoles. O que queria saber é se posso fazer exercícios mais puxados, normalmente…E saber se é normal depois de correr uns 15 min, por exemplo, o coração continuar batendo depois de 2h a 120/min.

      Post a Reply
    • Doutor sinto uma sensação horrível no meu coração parece que vai parar….fico desesperada…o que pode ser?

      Post a Reply
  2. Gostaria de perguntar ao senhor se comer muitos doces podem fazer com que as extrassístoles aumentem.

    Post a Reply
    • Olá, Joel.
      O chocolate e doces à base de cafeína podem aumentar as palpitações.
      Leonardo.

      Post a Reply
  3. Olá , dr Leonardo ! Excelente seu blog, as suas respostas claras,de linguagem fácil.Bem, as extrassistoles sao assustadoras mesmo,não sei se mexem o psico, ou se o psico mxe com elas,mas qdo os exames de holter (apenas com 1 extra isolada),exames de sangue(todos,enzimas,eletrólitos,hormonio, tudo normal), e ainda assim, elas aparecem, principalmente com esforço fisico (como ex. subir uma rampa), elas apresentam perigo? Pode-se realizar o T.ergometrico quando o individuo as sente exatamente com o esforço fisico?Estou me referindo a uma pessoa ansiosa, que tem Sind.Panico.E q está se limitando a sair de casa por conta disso.Alem do Eco, Holter,Sangue ,Esteira ,quais outros exames devem ser feito para descartar outra doença, q estejam associadas as extras,ou esses exames detectam por exemplo a SWF?
    abraço ,dr Leonardo!
    Cris

    Post a Reply
    • Olá, Cris,
      Obrigado pela visita e participação.
      Os exames que você listou e que o seu médico lhe solicitou o ajudarão bastante a esclarecer o seu caso.
      Muitas vezes, solicitamos o teste ergométrico para determinar a presença de arritmias provocadas pelo esforço físico.

      Trate a sua síndrome do pânico e não se abata por causa do problema – procure tratamento e acompanhamento com seus médicos de confiança.

      Abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
      • Olá dr Leonardo, obrigada pelo retorno, estou sim tratando minha sindrome do pânico, graças ao seu blog estou bem mais tranquila. Um forte abraço!
        Cris

        Post a Reply
  4. Doutor, tenho três dúvidas:

    Fiz muitos exames com vários cardiologistas e eles disseram que meu problema é de origem emocional (síndrome do pânico). Entretanto:

    1. Como é possível que eu às vezes acorde com aceleração e extrassístoles no meio da noite, estando absolutamente calmo, sem estar sentindo nenhuma angústia e nem medo de nada?

    2. Por que às vezes, estando deitado de barriga para cima e percebendo as extrassístoles, eu me levanto e elas somem imediatamente?

    3. Por que os meus batimentos desaceleram quando eu paro de prestar atenção nele e começo a prestar atenção em outras coisas?

    Obrigado

    Post a Reply
    • Olá, Tiago.
      Muito interessante… seu comentário é muito interessante.
      1 – Por incrível que pareça, sim é possível que isso ocorra e as arritmias acontecem mesmo com a pessoa estando calma. Algumas arritmias ocorrem por si, mesmo sem ansiedade. A ansiedade serve de combustível para que elas retornem.
      2 – As manifestações de palpitações são diversas, e muitos pacientes apresentam esta forma de manifestação…
      3 – Aí, neste caso, é que entra o emocional.. quanto mais damos atenção ás extra-sístoles, mais elas aparecem… Foi como disse no post – a pessoa elimina o combustível para as extra-sístoles quando relaxa e muda o foco de atenção.

      Leonardo.

      Post a Reply
  5. ola dr leonardo tenho 25 anos e sinto palpitaçoes quando estou calma ,tenho muito medo disso poderia me dizer o q fazer para q isso desapareça e me dixa mais tranquila muito obrigada ha eu ja tive depressao e sindrome do panico cada vaz q aparece a palpitaçoes eu fico com mais medo por favor me ajude bjsss

    Post a Reply
  6. Olá doutor Leonardo, adorei o seu blog!! De uns tempos pra cá venho tendo palpitações constantes. Sinto o meu coração bater o dia todo. Sinto mal-estar e náuseas. Tenho pressão alta e controlo com Selozok 50mg 1 comp. ao dia e Pressat 5mg tb 1 comp. ao dia. E tem mais ou menos 1 ano que sinto essas palpitações. Posso ver o meu coração bater por cima da roupa.O ritmo do coração está normal e a frequencia tb. Apenas sinto os batimentos. Se eu ficar bem quietinha posso até contar os batimentos sem precisar colocar a mão no coração….No inicio do ano fiz o holter 24 hs e deu normal. Exame da esteira e o dopler fiz a 1 ano e tb deram normais. Ver o coração bater por cima da roupa é normal????

    Post a Reply
    • Olá, Andreza.
      Pode ser normal, principalmente quando a pessoa é magra ou tem pouca mama… às vezes, dá para ver, sim.
      Quando esta percepção é doença, os exames costumam mostrar e praticamente todos ficam alterados… Quando os exames dão normais, todos os médicos ficam tranquilos, pois os exames MOSTRARAM-SE NORMAIS…
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
      • Olá estou com a síndrome do pânico passo mal para valer… tenho muita palpitação é horrível medo de morrer suar frio tremer e essas palpitação que não me deixa em paz. Fui ao cardiologista e está tudo bem menos com minha cabeça que diz que eu vou ter que trocar de coração que vou morrer derrepente que minhas filhas vão ficar só …. a síndrome do pânico nos faz prisioneiros de si mesmos. Essa é a verdade

        Post a Reply
  7. Doutor estou com extra sistoles a 30 dias frequentes sao cerca de 1500 por dia eu sinto todas, nao aguento mais, elas apareceram depois de uma virose, e pioraram porque fiquei com ansiedade extrema (tag) por causa delas , estou tomando sertralina 50mg que fizeram aumentar minhas extras sistoles. O que faço doutor? Continuo com sertralina para ver se problema ansiedade? ja fui ao cardio e fiz todos exames deu tudo ok, so acusou as extra sistoles no holter. E outra eu vejo meu coraçao pulsar na barriga quando estou deitado algo de anormal? sou magro.

    Post a Reply
    • Olá,
      Pelo que nos conta, está passando muito mal – acho ideal que volte logo no seu médico.
      Ele avaliará suas medicações e decidirá se necessita de uma medicação específica para estas arritmias.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  8. Gostaria de agradecer suas informações. Comecei com as tais extras sístoles depois de uma gripe forte, fui ao meu cardiologista, fiz eletro, eco deu tudo bem, no holter deu 2.700 extras, meu cardiologista pediu esforço que deu tudo bem, ele me deu um medicamento hemifumareto de bisoprolol metade de 2,5. Estou nervosa demais, deprimida e com medo de viajar, medo de morrer, no holter deu também bradicardia, tenho um aparelho de pressão digital e verifico a pressão e os batimentos que chegam a 40 batidas apenas, fico com medo de dormir e as batidas ficarem mais fracas e pararem, o cardiologista disse que estou bem que deve ser stress, tenho 68 anos.

    Post a Reply
    • Olá,
      O bisoprolol é uma medicação que reduz os batimentos cardíacos, mesmo.
      Só o seu médico é capaz de avaliar se a dose está muito (para o seu caso) ou baixa.
      Sobre o seu estresse e esse INÍCIO de pânico: “Estou nervosa demais, deprimida e com medo de viajar, medo de morrer”… realmente deve tratar e ver com o seu médico se vc precisa de um especialista da área psicológica/psiquátrica para lhe ajudar.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  9. Tenho muita ansiedade. Por causa de uma experiencia no carnaval, quando fui tomar um energético, senti um calafrio na cabeca (normal) e fiquei com muito medo desde entao passar mal.
    Pesquisei e vi que a ansiedade/panico pode causar palpitacoes. Isso quer dizer que eu tenha algum problema no coracao?

    Post a Reply
    • Olá, Mateus.
      Esses energéticos informam na latinha que não podem ou não devem ser misturados com bebida alcoólica.
      O fato de serem energéticos, eles estimulam todo o corpo e o coração também, podendo causar palpitações…
      Melhor avaliar o seu caso com seu médico de confiança.
      Leonardo.

      Post a Reply
  10. Boa tarde,
    DR. Leonardo, tenho 22 anos sou casada e tenho muita vontade de engravidar, mas tenho palpitação frequentemente, já fiz exames de coração duas vezes como: eletro, eco, holter e teste com cardiologistas diferentes e os resultados deram normais. Gostaria de saber se tem algum problema se eu engravidar, pois tenho medo de na hora do parto tiver alguma complicação.
    Aguardo sua resposta o mais breve possivel!
    Obrigada desde já!!

    Post a Reply
    • Olá, Nery.
      Somente algumas raras doenças do coração impedem que uma paciente tenha proibição de engravidar.
      Se seus exames foram normais e se seus cardiologista não a proibiram de engravidar, fique tranquila.
      Abraços.

      Post a Reply
  11. Olá Doutor
    Tenho 50 anos e faço bastante exercício aeróbio semanalmente (corrida e natação). Minha pulsação nunca sobe demasiadamente, tendo em repouso cerca de 55 bpm. Contudo, ultimamente, quando tiro o meu pulso, noto a ausência de um batimento a tempos regulares. Tenho andado um pouco ansioso e por vezes sinto uma pequena pressão no peito, junto ao esterno, e no lado esquerdo. É motivo para me preocupar? A extra-sístole é esta ausência de batimento? É comum na bradicardia?
    Agradeço os seus esclarecimentos e felicito-o pelo excelente serviço público que presta.

    Post a Reply
  12. Bom dia Dr.
    Tenho arritmias, e extrasistoles. A ultima arritmia levou-me ao hospital de ambulância, pois não parava, foram 90 min com batidas ente os 60 e os 170 ( intercaladas). Fiz exames, eco, holter e prova de esforço. Todos normais, apenas com presença de extrasistoles. O cardiologista, retirou o inderal ( que só tomava em SOS) e receitou-me bisoprolol. O que é facto é que baixou muito a minha TA ( já de si baixa), e sinto que as extrasistoles aumentaram. Será que este medicamento pode causar extrasistoles? Obrigada, Susana

    Post a Reply
    • Olá, Susana.
      O bisoprolol tem ação semelhante ao Inderal, são da mesma família.
      Espero que não tenha mais estas palpitações, pois 170bpm é muito elevado e deve ter lhe incomodado muito.
      Abraços.
      Leonardo.

      Post a Reply
      • ola tenho dor no peito parece que tem alguma coisa parado que nao desceu e passa para as costa fiz eletro e ercometrico deu tudo otimo o que pode ser ?

        Post a Reply
  13. Sentia tudo isso e muita falta de ar….Lendo esse poster é interessante pq me identifico muito. Já fiz vários exames…eletro…eco…holter…tudo tá ok! no primeiro cardiologista que fui, ele passou o rivotril 0,25 mg NUNCA TOMEI. As palpitações tbm não diminuíram. 5 meses depois, procurei outro cardio…antes de entrar ns sala dele, fiz outro eletro 7 horas da manhã coração 125 bpm. PENSE! Ele me explicou que eu tenho um prolapso na válvula mitral…r passou um betabloqueador ATENOLOL 25 gm . Melhorei bastante…porém as vezes sinto um leve acelerada…..mas minha pressão baixou muito tipo 9/5. É muito ruim tbm….queria saber, se vou ter que tomar esse remédio a vida todam e o que eu posso fazer pra melhorar esse prolapso? Alimentação? Caminhada? Ah…ainda continuo sentido um pouco de falta de ar…

    Post a Reply
    • Marcella,
      Esta situação que você descreve é bastante comum…
      O médico prescreve o atenolol para reduzir palpitações e, como efeito colateral, ele reduz a pressão arterial… Aí, fica-se o dilema: Retira a medicação ou mantém?
      É uma decisão bastante comum e que o seu médico (e você) chegarão a um acordo.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  14. Olá Dr. já percebi por que você é tão gente boa..Atleticano né. rsrsrs
    Bom tenho sindrome do panico e estou desesperada pois o tempo todo sinto uma sensação de que minha garganta está fechando, o mais está me preocupando é que parei de sentir palpitações e sinto a noite depois da 20:00 horas todos os dias tantas paradinhas no meu coração que penso “Pronto agora vou morrer mesmo”, fui no cardiologista a quase duas semanas atrás e ele me passou Rivotril, só que ainda não vi efeitos pois os sintomas de pânico estão os mesmos e me preocupando mais, pois agora estou sentindo essas paradinhas a noite em vez daquela palpitação forte, até agora só fiz exames de sangue, vou fazer um ECG e teste ergométrico na terça, nos meus exames de sangue só deu uma alteração no T4 pelo que eu vi está um pouco acima do normal. O resto normal. Acho que meu coração está fallhando e vai parar a qualquer momento estou muito preocupada. Estou com medo de Teste Ergometrico e dar um troço antes de terminar e dar uma parada cardiaca. Tenho 21 anos e estou abaixo do peso devido ao pânico. Depois mando um comentário com a resposta de meus exames..
    Boa Tarde.

    Post a Reply
    • Olá, Ana Lúcia… sou Atleticano, sim, rs.
      Acho que você deve, sim, fazer o exame que seu médico solicitou. Ele precisará desse exame para avaliar-lhe melhor.
      Não pense no pior, não pense que terá uma arritmia grave… Aliás, é esse um dos motivos da síndrome do pânico se iniciar…
      Tente se acalmar.
      Abraços.

      Post a Reply
      • procure uma igreja, sindrome do panico, é demônio..

        Post a Reply
  15. Tenho prolapso da valva mitral, sinto palpitações desde criança, mas antes era raro sentir, hoje eu sinto o tempo todo, em qualquer posição, estando tranquila ou ansiosa, sinto no tórax e na cabeça. Minha pressão sempre foi muito baixa (90 x 60 mmHg). Recentemente tenho observado vários episódios de sensação de desmaio. Isso é normal?

    Post a Reply
    • Olá, Juliana
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Fico feliz com todas as participações e passarei a responder as perguntas com atualizações dos posts e pela publicação de novas matérias; não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; Assim, evitaremos respostas repetidas e estaremos mais alinhados às orientações do Conselho de Medicina
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  16. doutorrrrrrrrrr vc é xou adorei tudo isso ai em cima rsrsr descupa sou brincalhona apesar de ser ansiosa e medrosa kkk meu coraçao dar umas paradas ai fico com medo .
    meu exame deu arritimia sinusal queria saber mais direitinho o que significa isso sendo so esse nome arritimia sinusal é complicado ou não ? pois ao cochilar me espanto como se ele tivesse dado uma parada. quando tomo cha de cidreira ;capim limao ou ortelã ele melhora mas sinto que fico com pes jelado quando me sinto muito mal tomo olcardil mas dar muito sono no outro dia.e ai doutor que faço ? rsrs ou coisa complicada afff maria…espero resposta bjos..

    Post a Reply
    • Olá, Francisca
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
      • muito obrigado …fiz eletro e deu estras sistoles ventriculares isoladas.
        no holter houve um registro de 8490 estras -sistoles ventriculares polimorficas com frequencia media de 353 por hora ;sendo 8484 isoladas .3 pares .
        nao foram registradas eventos de taquicardia ventricular .(esse foi o resultado) ainda vou fazer o eco vc poderia me falar sobre isso obrigado abraço…

        Post a Reply
  17. Olá Dr Leonardo, gostaria primeiro de parabenizá-lo pelo site. Perfeito…

    Tenho 28 anos e após engravidar (estou de 4 meses) comecei a sentir extrassístoles todos os dias, e o pior, está aumentando cada vez mais, no começo sentia umas 3 por dia e hoje em dia só quando deito para dormir umas 50 ou mais. Para resumir, fiz um ecocardiograma com dopller que diagnosticou várias extrassístoles com coração normal, porém, quando levei ao Cardio ele disse que o exame estava errado e eu deveria repeti-lo por que provavelmente eu tenho sopro no coração, A sensação que tenho é de que meu coração perde o ritmo. A minha dúvida é a seguinte, sopro no coração causa extrassístole? A quantidade de extrassístoles por dia ajuda no diagnóstico para o médico me dizer se é benigna ou maligna.

    Obrigada pela atenção.

    Post a Reply
    • Olá, Viviane
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  18. Ola doutor, tenho 19 anos, e sinto essas palpitaçoes a muito tempo..
    tenho elas quase todos os dias, mais as vezes ela eh fraca e passa rapido, outras ela eh mais forte. Na forma mais forte, ela vem do nada, varias ao mesmo tempo e logo depois meu coraçao acelera muito, leva minutos pra voltar ao normal.. mesmo assim fico tremendo depois..
    ja fiz exames como eletro, holter e eco, mais nao deu nada. Me preocupo muito, pois passo muito mal. Meu medico diz que eh normal, mais como pode ser normal uma coisa que faz a gente se sentir mal?

    Post a Reply
    • Olá, Marianne
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  19. Oi doutor… Depois de um espetáculo em que eu dancei ano passado, eu tive uma taquicardiazinha, fiquei muito cansado, mãos e pés dormentes, fui pro pronto-socorro e ele disse q era ansiedade!
    Depois disso, eu comecei a ter algumas crises de pânico: estava em um lugar e de repente por algum motivo achava q ia ficar daquele jeito de novo, fui ao médico em fevereiro, fiz o eletro e o ecocardiograma, deu tudo normal, e com o tempo fui controlando esse panico!
    Mas depois disso, comecei a sentir algumas arritmias, o coração parece q bate descompassado por um momento, voltei ao médico, fiz o holter e não deu nenhuma extra-sistole, nada… Continuo sentindo, e agora vou fazer um teste ergometrico, pq eu to com muito medo de ter q parar a musculaçao q é minha paixao!
    Vc acha q o exame do eco pode mudar e aparecer alguma coisa de fevereiro pra cá? Tenho medo de eu ter desenvolvido alguma doença…
    Obrigado!

    Post a Reply
  20. meu filho tem 8anos e no exame dele costatou extra sintole atrial levei ele no card ele disse que e dos nervos pode ser

    Post a Reply
  21. Olá Doutor!

    Acho que conversando, nós, que temos esse problema, nos ajudamos!

    Hoje tenho 37 anos! Elas começaram quando eu tinha 29!

    Tenho Extrassístoles Ventriculares e Supraventriculares desde 2004… quero dizer aos amigos que às vezes sinto várias, sozinhas, intercaladas, em salvas… às vezes 10 juntas, outras vezes menos… às vezes passo dias sem sentir, ás vezes fraquinhas, outras um “socão” no peito… mas o que quero relatar é: Ainda estou aqui! Nunca desmaiei, nunca infartei por isso… Quem tem esse problema, sabe como é chato, mas não precisa ter medo! Apenas não deixem de procurar seus médicos!

    Abraços à todos!

    Post a Reply
    • Ler isso alivia a gente, com certeza rsrs! Que Deus nos abençõe e nos livre deste incomodo..

      Post a Reply
    • Boa Tarde Adamastaquio,

      Me chamo Felipe, e venho convindendo com isso há pelo menos 2 anos.
      Nesses ultimos tempos elas aumentaram.
      Ja fiz todos os exames e fui diagonosticaco com Sindrome do Panico.
      O que realmente mais me intriga, é que a extra sistole aparece em momentos diferentes.
      Quando estou deitado, relaxado, vendo tv, enfim, nao tem um padrão.
      E um dos meus medos, é nunca me livrar delas, e “ter” que aprender a conviver com isso…O que me gera mais Panico!

      Um Abraço!
      Felipe!

      Post a Reply
  22. so posso agradecer

    Post a Reply
  23. so posso agradecer pelas informaçoes prestadas

    Post a Reply
  24. Dr. Leonardo Alves quando meu caração bate vejo meu peito subir e descer é nomal??? porfavor me ajude

    Post a Reply
  25. Olá dr Leonardo,meus pais já são separados a um bom tempo,e a minha madrasta tinha viajado e nesse tempo todo eles estavam saindo e eu fiquei muito ansiosa.E quando o meu pai era jovem ele tinha arritmia.Esse foi o meu medo e da minha familia,há 1 mes venho sentindo isso fiz eletrocardiograma e deu normal e eu também estava com peito aberto mas ele fez uma massagem em mim e aliviou um pouco mas sinto o meu coração acelerado é normal?

    Post a Reply
  26. Ja usei esteroides,quando mais usava ,mais apareceram as arritmias,no momento q paro elas somem….ok,dps disso fiz exames e meu coração é normal sem nenhum problema….enfim…. tenho transtorno de ansiedade,sindrome do panico….da pra perceber q em momentos de estresse e panico q faz aparecer arritmias…porem tem mts momentos normais q tenho tambem….apos esta com atividades fisicas ativas….mesmo q sejam baixas ,elas aparecem….teve uma vez q eu passei muitooo mal e fiquei sem dormir,nodia seguinte eu dormi normal e passei o dia todo tonto com problemas de ansiedade,de noite com uma caminhada rapida me deu 3 palpitações fortissimas,acredito q foram as mais fortes q ja tive….enfim,gostaria de saber se um coração completamente normal tem risco de arritmias graves ou nao? o restoéleve ou me da susto,porem essa vez q acabei de contar foi tensa …fora do nromal….nao aconteceu nada,e dps veio um taquicardia(ansiedade e sindrome do panico)mas nao ocorreou nenhuma outra palpitação

    Post a Reply
  27. Boa noite !!! parabens pelo site…. DR eu depois que tive minha filha a 8 meses atras ja fui em varios cardilogista ,mas eles parece não entender o que falo ,eu sito uma palpitação que não para ,raro dia que ela não das as carasm,os dias que eu estou mas estressada e cansada aiii que elas abusa,antes eu entrava em panico ,agora ja estou até amiga delas……………. Mas agora ja estou ficando preucupada elas não vão sumir ,nossa então apos as refeições ai até piora…. eu comprer o medidor de presão para ver seu tava com alteração na presão ,mas sempre que estou com palpitação meus batimentos estão de 68.85 87 92 é presão 12×8 11×7 14×9 fica nessa …. Detalhe sempre ela acontece quando parece que estou sonolentaaaaaa aiii ela aparece eu vou fico eletrica ela passa eu relaxooo ela voltaaa…………… ai n sei mais to pirando ,eu nem posso ir mais no cardio aqui na minha cidade quase todos eles me conhece,,,, por favor alguem me da uma luz
    att: claudiana

    Post a Reply
  28. A realidade é que as palpitações preocupam mesmo! E tenho percebido que de fato elas por vezes são desencadeadas pela ansiedade. Percebi isso depois que voltei a estudar! Por mais que eu saiba que irei bem na prova, suo frio e tenho palpitações a ponto de achar que vou desmaiar! Mas depois que chego do curso, em casa, me sinto melhor!

    Post a Reply
    • Aiii Grazi ta boa?? eu ja n sei mais o que fazer …

      Post a Reply
  29. Bom dia, Dr. Leonardo

    Gostaria primeiramente de agradecer a oportunidade de escrever em seu blog que é bem explicativo e de contar um pouco da minha experiência. Em agosto de 2011 senti fortes dores no estómago (como se tivesse um ácido queimando uma bola de papel) fui ao médico clinico geral que me examinou com as maõs e me diagnosticou com acidez estomacal fiz u uso de bromoprima e peridal durante 6 dias no 7º dia acordei com 134bpm ás 2:00am, passei em um cardiologista que me prescreveu PROCORALAN 7,5mg e SOMALIUM 3mg, eu definitivamente não estava bem em seguida tive febre de quase 40º e administrei com IBUPROFENO, fiz uma endoscopia e fui diagnosticada com gastrite crônica e bactéria H-Pilory foi efetuada e polipectomia de um polipo tipo séssil fiz o tratamento com Erradic e me melhorei, mudei de cardiologista e a nova médica me preescreveu SELOZOK de 50mg, eu parei de fazer uso do PROCORALAN e SOMALIUM e optei pelo MARACUGINA pelo meus exames apareceram Extrassistoles ventriculares raras, isto já tem 1 ano e 7 meses e eu não sei o que eu faço eu tomo um remédio que eu não sei o que é, sinto extrassistoles com muita frequencia segundos os médicos o meu ECO deu normal porém meu sono é muito perturbado eu me assusto muito com tudo na época eu tinha apenas 19 anos, hoje tenho 21. Hoje faço uso de DOMPERIDONA 40MG , RANITIDINA 150MG ,PANTOPRAZOL 40MG ,SELOZOK 50MG,MARACUGINA liquida.

    O Dr. teria alguma dica para me dar.

    Agradeço desde já pela atenção.

    Post a Reply
  30. DOUTOR GOSTARIA DE SABER QUANDO ESTA PERTO DA MESTRUAÇÃO ,SÓ FALTO MORRER DE PALPITAÇÕES ENTRO EM DESESPERO ,POIS PENSO QUE VOU MORRER A QUALQUER MOMENTO, ISSO É NORMAL .TENHO PVM, E TOMO ATENELOL ,QUERIA MUITO ME LIVRAR DISSO POIS LI UM ARTIGO SEU LA DIZ A ANSIEDADE QUE DESENCADEIAS AS PALPITAÇÕES TENHO PAVOR DE MORRER NA ÉPOCA DA MESTRUAÇÃO TENHO UMA ATRAS DA OUTRA ME EXPLIQUE ALGO DOUTOR POR FAVOR .FIQUE COM DEUS .OBRIGADA

    Post a Reply
  31. Olá,venho tambem dar o meu testemunho!!!recentemente vim a descobrir k sofria dessas extra sistoles,é mt ruim mesmo!!!umas vzs sinto as mais fortes outras nao!!!no meu caso fiz holter,electocardiograma,e ecocardiograma,td normal menos o holter as famosas extra sistoles!!!sou mt ansiosa e sofro de ansiedade generalizada,e ataques de panico,ja algum tempo k venho sentido,talvez 2anos,mas so agora soube mesmo o k era!!!o k é certo é k no holter aparecer 83 isaladas e raras e eu apenas me apercebi 4.lololol.muita saude para todos!!

    Post a Reply
  32. eu tenho taquicardia e muito nao consigo faser a esteira e se falo muito tbm tenho dificuldade de respirar fiz o exame do holler aquele que nos ficamos 24 horas com o aparelho no peito e deu muito acelerado tenho muitas atividades nao paro gostaria de saber se posso tomar relachante muscular°?pois tem noites que não consigo dormir quase a noite toda não tomo cafe preto e nem gosto de chocolate não tom coca e nem pepsi nem chimarrao nao sei o que faço..obrigado

    Post a Reply
    • procure um especialista em arritmia,se não vai ficar passando por vários cardiologista

      Post a Reply
      • Olá, Marcos.
        Obrigado pela participação.
        Os cardiologistas são especialistas em arritmia…
        O Arritmologista (uma área de atuação da cardiologia) tem um foco maior de atuação em arritmias graves e trata as arritmias mais graves com cirurgias no coração.
        Ambos são capazes de auxiliar o paciente.
        Abraço.

        Post a Reply
  33. Bom dia Dr,quais exames sao necessarios para saber se tem ou nao problema no coração?eletro,ecocardiograma e o da esteira sao suficientes?se for ansiedade e tomar ansiolitico e antidepressivos,essas palpitações devem parar correto? ja que a origem delas sao pisicologicas?mais se os exames dao tudo OK,e tomando ansiolitico nao parar as palpitações,o que fazer?

    Post a Reply
  34. Ola Dr.Leonardo. As vezes tenho algumas palpitações rapidas de uma hora para outra e junto veem a tosse, me faltando muito rapido o ar. Isso pode ser problemas de coração? Eu tive consulta com cardio e solicitou exame de esteira, mas quando eu iria fazer o exame, descobri que estava gestante. Devido a isto não fui mais, irei esperar ganhar o bebê para apos retornar.
    Grata
    Mônica

    Post a Reply
  35. Tenho refluxo mitral leve, e tarquicardia sinusal , fiz exames a 1 ano , e a 15 dias fiz um holter q deu extra sistole única, tenho palpitacoes tds os dias varias vezes ao dia, mas meu holter deu 58 a 190 e media 96 , sera que pode estar aumentando o refluxo?

    Post a Reply
  36. Dr esqueci de colocar , pode acontecer de uma pessoa ter refluxo mitral leve e nao ter o prolapso da valvula mitral?

    Post a Reply
  37. eu sinto muita falta de ar, palpitações , as vezes a noite não consigo dormir
    me viro de um lado para outro, parece que eu estava correndo , não só o coração de palpita
    mas todas as vias do meu corpo, ja fiz todo tipo de exame e nao acusa nada, o que deve fazer??? Dr??

    Post a Reply
  38. As vezes nao sei se a minha e por motivo de estress por que sou muito estressado com tudo ai ja estou assim a quase 1 semana e tipo tem uma coisa horrivel me incomodando no estomago sempre que as palpitaçoes vem isso incomoda !

    Post a Reply
  39. sou um doente bastante ansioso tomo inderal 10 mg para as palpitações mas não melhoram que deve fazer sr doutor Leonardo peco ajuda…

    Post a Reply
  40. Prezado Dr. Leonardo, com 66 anos nunca tive extra-sístoles, pelo menos que tenha notado. Último ECG há um ano estava sem elas. Há dois meses fiz doppler de carótida e Ecografia, resultados bons. Sou barrigudo, peso 100Kg com 1,85m. Ando 1 km por dia com cachorro, mas dou as paradinhas por causa dele. Reduzi quantidade de comida há um ano. Cheguei a pesar 108Kg. Tive pánico em 2006 tratado com sertralina e sumiu 90%. Agora a ansiedade é grande. Passei nervoso outro dia e não dormi à noite com falhas no batimento, pressão à 11/7 e fui ao hospital. No ECG deu duas extras-sístoles. A sensação é de apertos (angústias) na boca do estômago, de tempos em tempos, e quando dá esse aperto é quando dá a paradinha. Fiz exame de sangue (enzima) e deu baixa. Grato por alguma ajuda.

    Post a Reply
  41. Prezado Dr. Leonardo, com 66 anos nunca tive extra-sístoles, pelo menos que tenha notado. Último ECG há um ano estava sem elas. Há dois meses fiz doppler de carótida e Ecografia, resultados bons. Sou barrigudo, peso 100Kg com 1,85m. Ando 1 km por dia com cachorro, mas dou as paradinhas por causa dele. Reduzi quantidade de comida há um ano. Cheguei a pesar 108Kg. Tive pánico em 2006 tratado com sertralina e sumiu 90%. Agora a ansiedade é grande. Passei nervoso outro dia e não dormi à noite com falhas no batimento, pressão à 11/7 e fui ao hospital. No ECG deu duas extras-sístoles. A sensação é de apertos (angústias) na boca do estômago, de tempos em tempos, e quando dá esse aperto é quando dá a paradinha. Fiz exame de sangue (enzima) e deu baixa. Grato por alguma ajuda.

    Post a Reply
  42. Doutor, já fiz dois eletrocardiogramas e deram normais, já fui parar no hospital 3 vezes achando que tenho algo no coração e sempre a pressão e os batimentos estão normais. Sinto muito cansaço e falta de ar, meu psiquiatra disse que estou com ansiedade generalizada, devo me preocupar com o coração?

    Post a Reply
    • E, sim, tenho 22 anos, sinto palpitações e as vezes ele acelera bastante.

      Post a Reply
  43. doutor poderia me tirar uma duvida ultimamente estou sentido as palpitações almentarem principalmente quando faco algum esfoso físico já tive sidrome do pânico e muita ansiedade não me curei totalmente poderia te alguma coisa haver com o que estou sentido tenho 25 anos me chamo maiara.

    Post a Reply
  44. Olá Dr Leonardo.Gosto muito das suas informações.O senhor tem nos ajudado bastante..Tenho taquicardia atrial não sustentada ESv monomorficas isoladas raras estou tomando atenalol de 25mgr 2x ao dia.Agora fiz um eletrocardiograma e o resultado deu bradicardia sinusal( uso de B-bloqueador) fiquei preocupada pois estou tendo tonturas e cansaço.O que o Senhor me aconselha?

    Post a Reply
  45. Ola, gostei muito dos comentários, pois sinto muito esses batimentos descompassados, nossa é muito ruim e ja fazem uns 3 anos q tenho isso, ja fui em 3 cardiologista fiz todos exames, o medico disse q nao tenho nada, isso me preocupa extremamente, comecei a ter síndrome do pânico depois disso, fui na psiquiatra, to tomando sertralina, mas acho muito estranho nao passa isso nunca, faço muito exercício fisico sinto durante os treinos, mas como q vou estar ansiosa malhando ou durante uma corrida? Por favor se puderes me ajudar obrigada.

    Post a Reply
  46. Olá ! Tenho 23 anos, venho sentindo dores no peito, braço e costas, fiz um eletrocardiograma deu normal, será que e alguma doença no coração ?

    Post a Reply
  47. Olá! Tenho 25 anos,estou com 25 semanas de gestação, dr a 2 anos atrás tive sindrome do panico e com a gravidez tive que parar com a medicação, estou bem graças a Deus, mais de uns tempos para cá sinto uma sensação bem desagradavel no coração e como se derepente ele batesse mais forte, parece que entra um ar sei lá, e muito estranho porque ele continua normal sinto isso com frequencia, não sinto dor, nem ele fica acelerado, não sinto nada mesmo, mais e uma sensação muito ruim. O que será que pode ser?

    Post a Reply
  48. Ola doutor Leonardo, primeiramente gostaria de parabenizar pelo blog… Ajuda muito a exclarecer dúvidas e saber que não estamos sozinhos diante de tantos depoimentos. Bom, tenho 21 anos e a vida toda tive problemas com ansiedade e nervosismo que me trouxeram várias patologias entre elas problemas no estômago, fibromialgia, arritmia. Quando eu tinha 16 anos. começaram se os primeiros indícios de síndrome do pânico, eu tinha medo de morrer subitamente, medo de doenças, fiz dezenas de exames, passei por várias especialidades médicas e nunca tinha nada, além do problema de estômago q sempre convivi e essa tal arritmia que não entendia o que significava e os médicos diziam que não era preciso tomar remédio pra isso. Mesmo assim nunca deixei de me preocupar. Na época eu tive depressão, me isolei não sai de casa durante 3 meses, não dormia a noite e só chorava pq tinha certeza que ia morrer. tratei apenas com a psicóloga e melhorei por um tempo. com 19 anos dei uma recaida e voltei a fazer terapia com a psicóloga. Nunca quis procurar um psiquiatra pq tenho receio de tomar remédios .. recentimente tive uma primeira crise de pânico mesmo, pois até entao eu só encabulava com doenças e chorava, deprimia. Dessa vez foi terrível, assustador eu estava bem, estava na faculdade e derrepente um aperto no peito, fiquei calada mas desde aí perdi a concentração na aula minha atenção estava voltada pra reação do meu corpo e pensamentos ruins. me dominaram, achei que fosse morrer subitamente ali, as reações do meu corpo foram aumentando tais como: taquicardia, visão turva, falta de ar, sensação de desmaio, formigamento nas mãos pés, dormencia nos lábios, sudorese, tremor, enjoo,tudo ao mesmo tempo. muitas pessoas me socorrendo, fui parar no hospital e fui diagnosticada com síndrome do pânico. Me deram diazepam mas vim pra casa e passei aquela noite em claro. ansiosa e com medo de que “aquilo”voltasse. não satisfeita marquei uma consulta com a cardiologista 2 dias depois e levei uns exames do coração que havia feito a um ano atrás: eco e eletro normais e arritmia sinusal fisiológica (que sempre me preocupou pois nunca tinha tido uma explicação sobre o q de fato era, e vivendo com as palpitaçoes e soquinhos no coração ) a médica então me explicou o que era, o que eu sentia eram as extra sistoles, me passou um remedio pra tratar o pânico escitalopram e pediu que eu refizesse o eletro e o holter . Na manhã seguinte tive outra crise dormindo, apavorei novamente com os sintomas e dessa vez a dor no peito foi seguida de queimaçao e iradiando-se pelos braços. Eu achei q estava infartando e pela segunda vez na mesma semana fui parar no hospital , pressão estava normal, fizeram eletro e exame de sangue para detectar enzimas cardíacas e tudo normal , os médicos do plantão me diagnosticaram mais uma vez com crise de síndrome do pânico , fui medicada e vim pra casa. Desde aí não tenho dormido mais a noite. Agora são 4 da manhã e estou aqui, quando pego no sono durmo nomáximo 2 horas e acordo ansiosa, as vezes dou um pulo como se eu tivesse parado de respirar e voltado, fico taquicardio e tremula mas como tenho lido muito sobre o pânico tenho conseguido ficar mais calma e espero passar os sintomas, porém ainda sofro bastante, medo de dormir e acordar com crise, palpitaçoes em repouso que me incomodam muito. O resultado do meu holter sai amanhã, tenho receio de fazer atividade física e fico travada. o escitalopram me deu alergia e agora estou tomando fluoxetina de 20mg de manhã e não sinto resultados, marquei psiquiatra pra daqui 10 dias. Sou magra e perco peso fácil com o fluoxetina meu apetite está praticamente extinto, em um mês já perdi 3 kilos que considero muito pra mim q já sou mto magrinha. Queria saber se essa insônia é efeito colateral do remédio, ou se é normal do pânico, pois assim acho q o medicamento não está sendo eficaz e se esse efeito colateral que me tira o apetite vai permanecer ou desaparece com o tempo ? Não posso ficar sem o remédio mas não posso continuar emagrecendo assim…e se posso fazer atividade física normalmente mesmo com essas palpitaçoes e extra sistoles desde já eu lhe agradeço doutor, sei que recebe mtas perguntas mas ficarei feliz se conseguir me responderhoras

    Post a Reply
      • tem como me ajuda tenho extra sístole quando fico nervo e ansiedade aumenta minha PA aumenta tambem

        Post a Reply
      • tem como me ajuda tenho extra sístole quando fico nervo e ansiedade aumenta minha PA aumenta tambem

        Post a Reply
      • tem como me ajuda tenho extra sístole quando fico nervo e ansiedade aumenta minha PA aumenta tambem

        Post a Reply
  49. bom dia.tou cm tres dias q tou cm palpitaçao no meu coraçao.e nao paro de pensar penso q sou doente do coraçao,bate o ecg ontem e nao deu nada.so q tava cm o batimento 142 bpm.ai fiquei mas nervosa aida.o medico flou q tenho q ir pro cardiologista..acho q e so nevosismo meu..

    Post a Reply
    • Olá, Evanisia.
      É possível que seja nervosismo, mas não deixe de seguir a orientação do médico e procurar o cardiologista.
      Nesse intervalo, tente ficar calma…
      Abraços.

      Post a Reply
  50. ola doutor tenho 22 anos e estou a um ano sentindo palpitaçoes taqueicardia ai procurei um cardiologista ele passou um ecg fiz e deus taquicardia sinusal ele disse que nao é doença nao ,mais eu ainda sinto essas palpitaçoes sinto muito medo de morrer sinto minha barriga enchada nao tenho apetite para comer sinto minhas maos suando sinto meu coraçao batendo muito forte eu tenho medo de sair de casa e sentir isso na rua eu sinto enjou fraqueza

    Post a Reply
    • Olá, Vanessa.
      Palpitações não causam náuseas e vômitos…
      Algumas “não-doenças” para os médicos causam extrema preocupação nos pacientes e um quadro de Ansiedade muito alto… Acho bom você pedir ajuda a um profissional para tentar reduzir esses sintomas.
      Abraços.

      Post a Reply
  51. Olá doutor!
    Sou muito ansiosa.
    Sinto muitas palpitações, param por uns dias e voltam depois. No início fiquei bem assustada e procurei um cardiologista de confiança, ele me passou uma série de exames ( eco cardiograma, holter, eletro, teste físico e tudo normal, , sendo que o holter acusou uma leve arritmia até porque nós momentos em que utilizei o holter não senti com tanta intensidade!
    Visetei outro cardiologista e ele disse que eu não tinha necessidade alguma de tentar remédios e que eu poderia praticar qualquer tipo de atividade física que por sin eu amo!
    Comecei a malhar essa semana com palpitações e me senti mal os dois dias que pratiquei exercícios por mais que tenham sido leves! Me preocupo bastante pois não consegui concluir nenhum exercício. Não sei mais o que eu faço pois amo malhar pesado mas meu coração não permite!
    Será que tenho algum problema camuflado? Existe mais algum exame que eu possa fazer!
    Agradeço sua atenção e aguardo uma resposta!

    Post a Reply
    • Olá, Se o seu cardio te liberou, o que está lhe faltando é confiança…
      Seu médico já avaliou e viu que não há riscos…
      Mesmo que a dor esteja presente, ela pode ser muscular (como disse seu médico).
      Vai passar.

      Post a Reply
  52. Dr bom dia, meu nome e bruno ja fui um “paciente” seu aqui da pagina a uns 2 anos atraz, e o senhor me ajudou e mto… mais resumindo, minhas palppitacoes eram WOLF. em 2013 fiz minha ablacao a 5 meses atraz, nos 2 primeiros meses sentia mto umas engasgadas e uns pulos, e uma pré fibrilacao, como se foce dar naquele momento a FA mais era so um sintoma …ate ai OK meus medicos me tranquilizaram, dps disso nunca mais senti NADA voltei minha vida normal. mais a 2 semanas estou sentindo mta palpitacao, os pulos e as engasgadas… so que nao tenho mais meu plano de saude.. pq sai da empresa onde eu estava… seria ainda da ablacao, ou corro risco de nao ter dado certo e refaze-la? ate quanto tempo é normal depois da ablacao ainda sentir as malditas palpitacoes?

    outro detalhe, antes eu tinha ansiedade mta, inclusive.. mais nunca tive a palpitacao na hr da ansieda

    Post a Reply
  53. Dr bom dia, meu nome e bruno ja fui um “paciente” seu aqui da pagina a uns 2 anos atraz, e o senhor me ajudou e mto… mais resumindo, minhas palppitacoes eram WOLF. em 2013 fiz minha ablacao a 5 meses atraz, nos 2 primeiros meses sentia mto umas engasgadas e uns pulos, e uma pré fibrilacao, como se foce dar naquele momento a FA mais era so um sintoma …ate ai OK meus medicos me tranquilizaram, dps disso nunca mais senti NADA voltei minha vida normal. mais a 2 semanas estou sentindo mta palpitacao, os pulos e as engasgadas… so que nao tenho mais meu plano de saude.. pq sai da empresa onde eu estava… seria ainda da ablacao, ou corro risco de nao ter dado certo e refaze-la? ate quanto tempo é normal depois da ablacao ainda sentir as malditas palpitacoes?

    outro detalhe, antes eu tinha ansiedade mta, inclusive.. mais nunca tive a palpitacao na hr da ansieda.

    Agora qualquer ansiedade que eu tenho nervoso, NA HORA, eu sinto palpitar… como se estivesse mais sensivel.. é na hr msmo no msmo minuto..

    esses dias fui apresentar algo no trabalho, fiquei ansiso nervoso timido, o coracao pulava a cada 5 minutos.. dps parou.

    O que pode ainda ser ao seu ver?

    Post a Reply
  54. Dr boa noite, eu tenho problemas de anseidade, já fiz varios exames ao coração mas tudo deu certo, meu medico disse que estava tudo bem, mas as vezes o meu coração para por 1 ou 2 segundos e depois dá uma batida forte e volta batendo normal, mas isso só acontece as vezes, não é sempre, quando isso acontece fico com muito medo, sem saber o que fazer.

    Post a Reply
    • Olá, Renato.
      Pois bem… as palpitações são assim mesmo… CHATAS CHATAS CHATAS…
      Ainda bem que seus exames foram normais.
      Abraços.

      Post a Reply
  55. Socorro.fui fazer um eco e deu extrasistoles.faz 15 dias q sinto sem parar.to desesperada e penso vou morrer. Nao to nem conseguindo cuidar do meu filhinho.vou morrer com isso doutor?ainda vou mostrar o eco pro cardiologista. Me ajudes!socorro

    Post a Reply
  56. Bom Dia Dr

    Ah 3 anos atras descobri que tenho prolapso da valvula mitral, e tb algumas extrasistoles… meu medico me receitou selozok de 25 mg… comecei a tomar a extamente 1 mes e meio… mais as vezes da sensação de fraqueza… tomo quando vou dormir… será que esta resolvendo o problema… tenho que tomar o resto da vida? ou melhorando pode parar de tomar? tenho medo de tomar esses remedios, e desacelerar demais…

    Post a Reply
    • Olá, Aline.
      A manutenção ou retirada da medicação vai depender dos seus sintomas e da opinão do seu médico.
      Converse com ele – tenho pacients que usam medicação por toda a vida.
      Abraços.

      Post a Reply
  57. Descobri que tenho arritmia, mfiz todos os exames , paasei por 4 cardiologistas, e disseram que a arritmia q tenho nao e nada grave. Tomo atenolol de 25 mg.quando estou nos meus afazeres nao sinto nada, mas e so deitar após o almoçoe a noite que o coração da umas batidastipo tum, tum, tumtum, tum… e quando ele faz esses tumtum seguido vem o medo. Ouvi falar de extra sistole pos prandial e como se alguma coisa, gases, sei la, depois que eu deito fizessem aparecer essa arritmia. Ja li varios relatos, mas ninguem fala sobre arritmia apenas quando a pessoa está deitada. Por favor me ajude. Um abraço.

    Post a Reply
    • Olá, Ana.
      Arritmia só quando está deitada… ? eu já tive vários pacientes que me relataram isso.
      Mas, já tive alguns que dizem que só quando sentam pra ver televisão…

      Ou seja:
      As manifestações e horários das palpitações sáo muito variáveis… não dá para criar uma relação fixa – Cada paciente funciona de um jeito.
      Abraços.

      Post a Reply
  58. Dr. tem mais ou menos uma semana que eu venho sentindo palpitações, a um ano atrás fiz holter,
    eletro e não acuso nada, mais tenho sentido meu coração muito acelerado. M e responda uma pergunta, uma pessoa pode adquirir um problema cardíaco de um ano para o outro? É possível?

    Post a Reply
    • Olá, Kely.
      Sim, é possível adquirir um problema de um ano para o outro.
      Mas isso é comum em casos de INFARTO e não de outros problemas.
      Quanto às arritmias, elas podem ocorrer em qualquer época da vida, em qualquer mês do ano… são imprevisíveis.
      Abraços.

      Post a Reply
  59. Olá doutor boá anoite estava lendo aqui suas respostas e são bem explicativas,gostei muito das respostas bem claras e tem ajudado muita gente.
    tenho uma duvida constante, bom fiquei 2 anos e meio parada sem malhar, e agora voltei a 15 dias so que duas vezes aconteceu de quando estar fazendo algo mais repetitivo ou seja talvez nem seja isso mas quando faço algo que canso mais ja me deu tipo uma engasgada e começo a tossir ao mesmo tempo tipo parece que vai parar de respirar de tanta palpitação e que dura segundos mas e so parar e ficar quieta que passa, conversei com o dono da academia sobre isso e tive uma surpresa!ele me disse que as vezes da isso nele também mas quando toma muita cafeína ou energético essas coisas, e como sou muito ansiosa e ja tive síndrome do pânico ou melhor se eu me desesperar ate hj o panico vem so que n me desespero mais como antes isso me vem me aconteceu a primeira vez em 2011 pra 2012, e chegou ao diagnostico de ansiedade generalizada, e por isso nessa época cheguei a fazer 4 eletros em um ano. e vou confessar sempre tenho assim fincadas no peito principalmente quando estou próxima de menstruar e toda vez que fui ao medico eles me dizia que essas dor seria de angustia e ansiedade, fiz tratamento e tals e hj estou bem melhor mas uma dorzinha que me da do lado esquerdo ja acho que e algo do coração não sei mais oque faço isso esta atrapalhando ate meu relacionamento preciso de sua ajuda obrigada.

    Post a Reply
    • Olá, Gizelybv.
      É importante você procurar ajuda do seu cardiologista e de um apoio psicológico.
      Abraços.

      Post a Reply
  60. Ola doutor faz uns 4 dias q sinto tipo um soluço no coraçao msm estando calmo batimentos normal.. Ai quando penso acabo sentindo de novo vem do nada sempre em repouso

    Post a Reply
    • Olá, Vagner.
      É assim mesmo que ocorre – quanto mais ansiedade, pior.
      Peça orientação ao seu médico, leve uma vida saudável e reduza o estresse.
      Abraços.

      Post a Reply
  61. Doutor sinto tipo um soluço no coração quando me levanto melhora e quando deito ou sento volta.. Sofro de ansiedade

    Post a Reply
  62. Ola estou sentindo estes sintomas a três meses: aceleração, mal estar , minha pressão sobe e as vezes fica baixa de mais ,dor no peito, falta de ar , aperto na garganta, dor nas costas , e as vezes uma pressão no peito e abdomel, e ate queimação no peito, fiz eco, holter, e esteira deu normal o que pode ser isso?

    Post a Reply
  63. Olá Dr Leonardo, primeiramente, parabéns por responder a todos e por esse ótimo site, espero que possa me ajudar.
    Teno 24 anos,87kg, 1,84m e desde os 21 descobri que tenho PVM sem regurgitação,á um mês atrás fiz o eco e permaneceu a mesma situação, o cardiologista me disse que estava ok, tudo normal no eco.
    Mas 2 dias atrás, chegando da faculdade, estava extremamente calmo , deitei abruptamente na cama e a partir disso o coração antes calmo, disparou, esperei um pouco, levantei , tomei agua, mudei o foco e nada, a impressão é que ele iria sair pela boca, muito rápido e forte, fui no pronto atendimento e o médico me disse que era uma arritmia , e 1 hora após o início dos sintomas ainda persistia aquela sensação horrível, me assustei quando mediram os batimentos, ele estava oscilando 60,165,90,56,120,115 , me lembro até agora,ainda ficava apitando uma luz vermelha e alguns momentos uma luz amarela no dispositivo, achei que iria morrer, ele falhava um batimento , voltava 4 seguido, 2 , totalmente irregular, me deram diazepam e acabei dormindo, quando fui acordado, acordei normal, o que não entendo é que pratico atividades físicas intensas, corrida, futebol…. e tenho a taquicardia apenas na velocidade dos batimentos, em alguns momentos de ansiedade também, rápido e com as oscilações também,apenas, não sinto ele batendo forte como acima.
    Você acha que devo fazer algum exame mais profundo que o eco?

    Post a Reply
  64. dr leonardo alves as vezes meu coraçao bate 205bpm em repouso fiz ecg deu bom isso pode ser normal tenho 22 anos

    Post a Reply
    • Olá, Wesley.
      Coração a 205bpm é muito acelerado mesmo.
      – Como você tem, 22 anos, seria a sua FCmáxima: 220 – 22: 198 bpm (Frequência Cardíaca máxima).
      – Se você tivesse 15 anos, seria a sua FCmáxima: 220 – 15: 205 bpm (Frequência Cardíaca máxima).

      A FC máxima ocorre/acontece normalmente NO EXERCÍCIO INTENSO.
      De todo modo, peça uma avaliação do seu médico.

      Post a Reply
  65. Senti o coração batendo forte no peito (sem estar acelerado), mesmo em repouso é palpitação?

    Post a Reply
    • Sim, Ulisses.
      Perceber que os batimentos estão alterados e que estão incomodando, é uma palpitação.
      Conte isso ao seu médico.
      Abraços.

      Post a Reply
  66. Olá Dr. Me chamo Nayara, tenho 22 anos, sofro com essa “temidas extrasístoles”. Tudo começou com uma pequena arritmia, onde o cardiologista me receitou o Atenolol 25. No início melhorei da arrítmia a velocidade dos meus batimentos diminuiram, mas ocorreu o apare cimento dessas extrasístoles. Diminuiu os batimento e aumentou as palsas. Parei de tomar o Atenolol e fiquei sem tomar nada por alguns anos. Comecei a sentir me desfalecer ao ocorrer as palsas e fui para o cardio que me receotou o Selozok 50, não me senti muito bem com a segunda medicação e as extrasístoles só aumentaram, não entendia pq o medicamento era um beta bloqueador que me me causava mais extrassistoles? Mudaram novamente e agora só tomo 20 mg de propanolol/dia, mas as extrasístoles permanece, sinto dores de cabeça em pontada no momento das palsas compensatórias e um cansaço. Exames todos normais. Tbm elas aumenta depois que me alimento e tudo me deixa ansiosa. Até calma elas me aparecem o que me deixa bastante triste. Realmente quem sente tem essa sensação de morte. O que fazer?

    Post a Reply
  67. Dr. Leonardo,
    Deixo a mensagem apenas para agradecer pelo site e pelo cuidado em responder a cada comentário. Sintomas em alguns órgãos (coração, cabeça…) são realmente algo assustadores, mesmo com exames normais, mas seus comentários tranquilizam bastante.
    Parabéns pelo serviço.
    Abraços

    Post a Reply
      • OLÁ DR .LEONARDO .
        PASSEI POR UMA SITUAÇÃO A ALGUNS ANOS ATRAS , LOGO APÓS FAZER USO DE MACONHA .
        FUI PARAR NA UTI DE UM HOSPITAL COM CORAÇÃO SUPER ACELERADO,DIAS DEPOIS DO ACONTECIDO TIVE VARIAS CRISES SEMELHANTES E LOGO FUI DIAGNOSTICADO COM SINDROME DO PANICO.
        FIZ UM LONGO TRATAMENTO E QUIS ME LIVRAR DOS MEDICAMENTOS , FOI MUITO DIFICIL MAAS CONSEGUI .
        EU FAÇO USO DO RIVOTRIL ESPORADICAMENTE MAS SEMPRE KE TOMO ALGO COM GAS OU COMO MUITO, SINTO AS EXTRACISTOLES JA PESQUISEI ALGO SOBRE ISSO E SEGUNDO O SITE A EXTRACISTOLE ESTA RELACIONADA COM O NERVO VAGO .O SR PODE ME ESCLARECER MELHOR ISSO ?

        Post a Reply
        • Markos.
          Numa boa.. seria uma explicação técnica que não iria lhe ajudar…
          Nervo vago é um dos nervos que temos em nosso corpo – Veja:

          Post a Reply
    • Olá doutor tenho 23 anos sinto extrasistole e 4anos mais oque me deixa preocupada e que quando eu faço algum esforço fisico ela ataca bastante e normal

      Post a Reply
  68. Dr,

    Sou uma pessoa muito nervosa e ansiosa. Morro de medo de tudo relacionado a saúde, sempre acho que to doente e não consigo passar um dia sem monitorar minha FC.

    Há dias atrás me acordei já pela manhã p/ ir ao banheiro e ao retornar a cama, senti palpitações e o coração acelerado. Logo fiquei nervosa, o que parece ter acelerado ainda mais. Chegou entre 140/160 bpm. Não tenho total ctz do resultado pois estava muito nervosa e ficava contando os batimentos de forma meio aleatória.
    Depois desse episódio, aconteceram outros, sempre no meio da noite, onde eu acordava e começava a reparar no meus batimentos, que aceleravam, me faziam me levantar e beber agua, o que acho que aceleravam eles mais ainda, sempre chegando a 130/140 bpm, depois voltando ao normal.
    Bem, devido a isso pedi o exame de holter e de acordo com o médico deu normal.
    Abaixo o resultado caso queira ler.

    (Ritmo sinusal com frequencia media de 76 bpm
    Nao houve pausas. Bradicardia sinusal no sono com FC minima de 43 bpm e FC máxima de 146bpm
    Condução atrioventricular normal. Observada arritmia sinusal.
    Condução intraventricular permaneceu estável durante toda a monitorização
    Ausência de alterações do segmento ST
    Intervalo QT normal para a idade (21 anos) e FC da paciente
    Extra-sístoles supraventriculares bem raras e isoladas (total de 5)
    Ausência de arritmia ventricular)

    Apesar do resultado, sinto as palpitações de vez em quando e não consigo fazer exercício sem me preocupar. Faço 5 agachamentos e meu coração já acelera bastante, corro 3 metros e dá a mesma coisa. Após eu caminhar e voltar pra casa, meu coração fica batendo entre 90-110bpm por uns 10 minutos mesmo em repouso. É normal por eu ser sedentária ou pelo nervosismo?
    E tbm estou louca de medo de fazer o teste ergométrico ja que sinto esses incômodos só em correr por menos de 1 minuto.

    Alguma dica?
    E desculpe-me pelo textão.

    Post a Reply
    • Karolina,
      Apesar do resultado, sinto as palpitações de vez em quando e não consigo fazer exercício sem me preocupar. Faço 5 agachamentos e meu coração já acelera bastante, corro 3 metros e dá a mesma coisa. Após eu caminhar e voltar pra casa, meu coração fica batendo entre 90-110bpm por uns 10 minutos mesmo em repouso. É normal por eu ser sedentária ou pelo nervosismo?

      – Coração ficar acelerado depois de corrida é SUPER NORMAL… o meu demora uns 40 minutos, dependendo da intensidade do exercício.

      Abraços.

      Post a Reply
  69. Tenho um historico misterioso e complicado… Desde 2013, metade do ano… Nao eh taquicardia, mas eu SINTO E PERCEBO meus batimentos dentro do meu peito todos os dias, em todas horas minutos e segundos, seja em repouso ou em movimento. Eh enlouquecedor. Eu falando assim parece irreal e logo pensam em episodios e que estou exagerando… Nao eh nada disso… Eh exatamente como falei… Sinto isso em meu peito, cabeça e pescoço. As vezes na perna e na barriga. Sinto tambem muita falta de ar… Recentemente (semana retrasada e passada) tive um desmaio (pressao 10.6 umas 3 horas depois )e um quase desmaio (pressao 9.5, 30 min apos o ocorrido)… Essencialmente sinto o que descrevi acima do lado esquerdo… Ja fiz ha 3 anos holter 24h, teste de esforço, ecocardiograma e angiotomografia de cabeça, pescoço e cranio. Aparentemente, deu tudo normal, conforme interpretaçao dos medicos que ja viram. Um cardiologista e um clinico geral… O cardiologista disse que o ecocardiograma o deixava tranquilo quanto a estrutura do coraçao… Que no holter ou no eletro tinha um negocinho de onda apiculada que poderia sugerir algo no atrio direito, mas que como nao aparecia nada no ecocardio, entao nao… Fiquei meio assim… Mas em suma, sao exames que dao normais… Mas tenho os sintomas que descrevi desde 2013, de modo sustentado, ininterrupto, sem folga… 24h por dia, todos os dias… Morrer nao morri.. Mas nao acho normal e nao vivo bem… Sempre sentindo o coraçao bater no peito de modo incessante e com falta de ar… Existe alguma arritmia ou prolema que ocasione algo assim no coraçao? Acho uma situaçao muito irreal… Mas eu a sinto na pele… Gostaria de saber se ja foi visto algo parecido com isso? Se isso existe? Em mim existe, mas eh algo conhecido? O que poderia estar causando isso? Sinto meu coraçao bater o tempo inteiro (24h por dia, todos os dias, todas as horas, minutos e segundos… Problemas pra dormir e falta de ar tambem acompanham isso) desde 18 de julho de 2013, quando isso começou tem sido assim… Agradeço se puderem me dar uma luz… Algum aconselhamento… Informaçao… Ressaltando, que nunca deixei de sentir esses sintomas nem por um minuto, desde que tudo começou… Por mais estranho que pareça… Parece que medico nenhum sabe o que é….

    Post a Reply
  70. Sinto quase sempre o coração acelerado. Fiz eco e eletro e não deu nada sinto a minha cabeça pulsando meus olho fica lacrimejando tudo isso no lado esquerdo tenho 21 anos o q deve ser isso?

    Post a Reply
  71. Faz mais de mês q estou péssima respiração curta perca de sono fui no pronto socorro e foi constatado uma ritimia cardíaca estou aguardando p ir cardiologista estou morrendo de medo pois não sei oq pode acontecer tenho 49 anos e sou muito nervosa e isso acho q estou assim bom dia obrigado dr

    Post a Reply
  72. Gente eu participo de um grupo no wtsapp sobre extrasistole se alguém quiser participa e só entra em contato cmg 11971413541

    Post a Reply
  73. Doctor Leonardo Alves
    Eu sinto o coração a bater 80 bpm por minuto mesmo em repouso, isso ja há 3 meses.
    fiz o electrocardiograma e o resultado foi óptimo, mas em momento nenhum deixei de me preocupar. preciso saber se isso é perigoso? e que exames posso eu fazer para saber se isso é uma insuficiencia cardíaca ou apenas uma palpitação

    Post a Reply
  74. Dr. Leonardo. Sou bradicardíca ou bradicardíaca comprovado. Por causa de problemas de coluna estou afastada do trabalho e sempre á tarde, quando em repouso, tenho palpitações. Sou hipertensa, depressiva e ansiosa, mas faço os tratamentos há anos. Sei que preciso voltar ao cardiologista mas as consultas e exames são demorados. Me incomoda muito essas palpitações que duram bastante tempo. O Sr. pode me ajudar sobre se é mais grave do que penso? Obrigada. Obs: fiz C I A quando adolescente.

    Post a Reply
  75. Dr , boa tarde e parabéns pelo modo tangível que da explicacoes preciosas para nós, leigos.
    Li todo o texto e tenho uma pergunta sobre palpitação: e se a mesma ocorre durante o sono? OPu seja se o paciente noite apos noite, acorda com o coração acelerado, “saltando” do peito?
    Isso já não poderia, creio, ser relacionado a ansiedade.
    O que o senhor diria?

    Post a Reply
  76. Descobri que tenho Extra-sístoles, ontem passei o dia sem sentir elas….. mas a noite fui colocar agua no filtro, aqueles botijões de 20 litros, assim que coloquei elas voltarm…minha pergunta é….. pegar peso faz com que elas apareçam? e fazer sexo…. é perigoso ?

    Post a Reply
    • Oi, JLIMA.
      Se seu médico disse que seu coração é normal, você pode fazer.
      Não costuma ser perigoso.
      Abraços.

      Post a Reply
  77. Bom dia Doutor, Sinto essas malditas palpitações já faz uns 10 anos , já passei por vários médicos já fiz todos os exames esteiras, vários holter, vários ecos e nada. Nada acusa no meu exame porém o que mais intriga que não paro de sentir isso, as vezes quando deito do lado direito, as vezes quando estou trabalhando , vendo tv, quando estou fazendo algum esforço. Não entendo como não consegue achar nada, pois o que sinto e assustador é sensação de explosão do coração. o meu mÉdico disse “Seu coração não tem nada” Porém sinto quase todos os dias, e isso vem aumentando com o passar do tempo, o meu médico me deu até um atestado falando que possa fazer atividade física de alto impacto, posso correr maratonas. Mais como Doutor? se as vezes num simples esforço sinto isso, só sei que não consigo levar uma vida normal, sempre fico apreensiva com medo de sentir de novo. Gostaria de seu esclarecimento a essas dúvidas. Desde já agradeço e Aguardo

    Post a Reply
  78. Olá Dr Leonardo, como vai?
    Ocasionalmente durante a noite sinto sensação de mergulho no peito e vertigem e involuntáriamente fecho os olhos, isso ocorreu recentemente também durante um período de sono, onde abri os olhos e rápidamente fechei, fiquei com pensamentos difusos e me acordei achando que tive um desmaio. Acontece que já fiz 3 holter nesses últimos anos e respectivamente cada um constatou: 1ESV, 1ESA, 2ESA Pareadas, VFC reduzida, e não foram encotradas alterações significaticas da repolarização ventricular.
    Eu apenas lhe tenho uma pergunta, você acha interessante eu usar um monitor de eventos ?
    Obrigado, tudo de bom !

    Post a Reply
    • Fábio.
      O holter de eventos traz benefícios em sintomas eventuais, naqueles sintomas NÃO-DIÁRIOS…
      Seu médico saberá responder.
      Abraços

      Post a Reply
  79. Boa tarde doutor leonardo eu sei que vai ser muito dificil o senhor me responder mais msmo assim eu vou tentar.Doutor passo por isso a uns 4 anos coração acelerado so isso que eu sinto j fui em varios cardiologistas ja fiz os msmos exames varias vezes e sempre da tudo normal ecg holter eco tudo normal tomo meio comprimido de atenolol de 25 mg porque minha pressaO tava baixando muito mais ainda as vezes nao e sempre sinto meu coração eu nao consigo parar de pensar em outra coisa so penso no meu coração minha medica falou que nao tem mais o que fazer porque eu nao tenho nada ela me disse que eu tenho ansiedade e me passou 10mg de paroxetina mais nao tive coragem de tomar porque tenho muito medo meu ultimo holter foi no dia 16 de março o senhor acha melhor eu fazer outro ? pois ja repeti esses msmos exames 2 vezes e nunca da nada nao sei o que fazer…Aguardo Doutor!!!

    Post a Reply
  80. Dr.
    Tenho 68 anos, tenho feito vários electrocardiogramas durante a vida e todos têm dado normal. Sofro de Sindroma de Sheehan e tomo diariamente levotiroxina sodica e prednisolona para essa condição, além de sinvastatina para o colesterol. Especialmente em alturas após alguma doença, mas não só, sofro de taquicardia pós-prandial, muito incomodativa, durante uma hora ou mais. Às vezes, também tenho palpitações. Que devo fazer?
    Obrigada!
    Eunice

    Post a Reply
  81. Oladr fiz um holter deu 5005 extra sistoles ventriculares, to em panico muito nervosa fiz eco e deu normal, agora farei esteira, isso é perigoso tenho 39 anos sou bailarina, a medica receitou selozok porem baixa muito minha pressao q ja é baixa tive q parar a medicaçao, tenho ansiedade e panico nao sei mais o q faço faz 20 dia q estou assim do nada apareceram estas extra sistoles

    Post a Reply
  82. Boa noite Dr

    Tenho 24 anos, síndrome do panico e palpitações leves.
    Tomo propanolol.
    Porém ele não tem ajudado, e toda hora que me deito os batimentos saem do ritmo, mas
    se fico de pé fico normal. Porque isso?

    Post a Reply
    • Laura.
      Se usa propranolol 2x ao dia, talvez o seu médico possa ajustar a dose.
      Muitos pacientes entendem que a taquicardia é palpitação… mas nem sempre isso é um problema.
      Abraços.

      Post a Reply
  83. Dr Leonardo meu coração acelera as vezes tomo atenolol 25 MG partido ao meio já fiz muitos exames e nunca dao nada mais ainda sinto ele acelerar a medica disse que eu não tenho nada já foi em 3 cardiologistas e todos dizem a mesma coisa eles dizem que ansiedade mais se eu fico sem tomar o atenolol meu coração acelera e eu não consigo tirar isso da cabeça sera que eu tenho alguma coisa grave?

    Post a Reply
  84. Dr bom dia, sou um antigo usuario do seu Site, muito bom inclusive!

    Vou resumir um poco

    em 2013 eu fiz a ablação pois minhas palpitacoes falhas eram WOLF mesmo tendo uma vida normal ativa, academia/futebol. Eu fiz.

    Uns meses dps ainda sentia palpitacoes, uns pulos no peito, falavam que era normal, bom de 2013 até uns 10 meses atras, eu sentia poucas vezes palpitacoes, melhoravam 80%.

    Acontece que voltaram agora, uns meses pra cá. Pula direto, uma batida mais forte do nada, ai volta a ansiedade e o medo de ser WOLF.

    Bom, percebi que tenho hipoglicemia reativa, ou seja, glicose aumenta e cai dastricamente do nada, nao tenho diabetes e os ormonios ok!

    Mais as palpitacoes sao sempre apos comer algo de facil absorççao do açuçar, e ai fico o dia todo com elas, se como pão branco, ou doce as vezes, ou se acordo cedo e como leite com café, e pão. E não sei mais o que fazer.

    As puladas no coração pode ser causada por GLicose/ insulina? Ou posso ter a WOLF de novo? Não tenho mas as Falhas e engasgadas que dão a extrassistoles, eu só tenho 1 pulo SECO, tum tum TUM e ai ele da uma aceleradinha e volta ao normal.. A relacao, Glicose/coração tem haver? a Endocrino não me passou nada para tomar, não sei o que fazer!

    Post a Reply
    • Olá boa noite, venho sentindo isso também amigo, eu sou atleta amador de academia, da tipo um pulinho quase todo dia e depois volta ao normal, inclusive tenho refluxo e esofagite gastrointestinais, há muito tempo não sentia isso, tenho um pouco de medo de ir ha academia, e quando eu vou só acompanhado do personal

      Post a Reply
  85. OLÁ, MEU CASO DE PALPITAÇÕES É INDÊNTICO À VÁRIOS COMENTARIOS AI DE CIMA,COMEÇOU DO NADA, MAS NO FUNDO PERCEBO QUE É EMOCIONAL, SÓ QUE VEM EM MOMENTOS QUE VC REALMENTA TA TRANQUILO, NADA DE ANSIEDADE, NORMALMENTE A NOITE E DEITADO VC PERCEBE MAIS, MAS COMO INCOMODA ,ACHO QUE ISSO GERA A ANSIEDADE. FUI NO CARDIOLOGISTA E FIZ EXAMES LABORATORIAIS TA NORMAL, FALTA EU FAZER O ECO SEMANA AGORA.
    O QUE QUERO SABER É…ISSO PASSA CURANDO A ANSIEDADE COM ANSIOLITICOS OU COM REMÉDIOS PARA O CORAÇÃO. ESTOU TOMANDO O BISOPROLOL E MELHOROU NADA NÃO.

    Post a Reply
  86. Olá boa noite, sinto um pulinho no coração, tenho refluxo, mas ha tempo não sentia isso, em 2014 fiz exames do coração tudo normal, agora depois de um tempo venho praticando academia e tomando suplementos com acompanhamento de profissional para ter ganho de massa muscular, mas agora de uns dias pra cá me sinto um pouco fora do normal, já tive síndrome do mal, tenho esofagite e repluxo gastrite, tenho dormido muito tarde e acordado super tarde, até minha alimentação que era boa agora não consigo me alimentar normalmente, fiz exames atestou colesterol um pouco acima do normal, pode ser por conta dos suplementos, noites mal dormidas, está com uma semana que não vou ha academia, me sinto um pouco comedo sei lá, me ajude com algumas dicas algo assim, Deus abençoe

    Post a Reply
    • Fred,
      Mesmo com exames normais, as palpitações podem ocorrer.
      Veja o que falei no artigo, respondendo à sua dúvida.
      Abraços.

      Post a Reply
  87. Boa Noite Doutor ano passado eu estava na casa da minha noiva em um domingo , tomei 2 cervejas com ela e minha sogra para a gente almoçar , pois bem algumas horas depois do almoço percebi algo estranho meus batimentos estavam acelerados demais não me senti bem fui pra casa tomei um banho e fui dormir um pouco pois trab a noite e eu tinha saido de serviço aquele dia, depois desse dia notei que quase todos os dias eu estava sentindo isso fui ao meu cardiologista e ele passou vários exames e deram normais só o holter que deu arritimia sinusal, passou concardio 2,5 mg, comecei a tomar e melhorou um pouco pois as vezes meus batimentos mesmo assim chegava a 120 por minutos tomando o remedio, em maio desse ano comecei a sentir essa maldita extra sístole, com pausa compensatória.. fiz outros exames e deram normais pois no holter constatou essas extras sístoles ele aumentou a dose do concardio para 5 mg , mais mesmo assim continuo sentindo ela todos os dias , principalmente depois que eu faço alguma refeição.. Fui ao gastro fiz exames e deu que eu estou com uma pequena gastrite.. estou tomando remedio pra isso tambem e nada, fiz exame da tireoíde e tambem deu normal.. A pergunta que eu tenho a fazer ao senhor é : Será que estou com problema no Nervo Vago? Pois eu tenho 4 hérnia de disco na cervical.. Vou viver a vida toda sentindo essas malditas extra sistole ? Não tem cura? Desde já grato!

    Post a Reply
    • Davison,
      – Será que estou com problema no Nervo Vago? Não é provável, não.
      – Vou viver a vida toda sentindo essas malditas extra sistole ? Não, em princípio, não.
      – Não tem cura? Tem controle e em alguns casos, até cura.
      Abraços.

      Post a Reply
  88. Olá!
    Tenho 17 anos e quando tinha 15 anos tive algo que pensei que ia morrer, forte dor no peito esquerdo acompanhada por falta de ar, mãos frias, etc. Nunca tinha sentido
    nada e felizmente não foi necessário procurar um serviço de emergência, pois o problema sumiu depois. Assustado e em choque eu pedi exames de eletrocardiograma
    e ecocardiograma doppler, nada encontrado. E os sintomas desagradáveis continuavam, como dispneia, vertigens, etc. Fui orientado a procurar a psiquiatria pois diziam
    que era síndrome do pânico ou Transtorno de ansiedade generalizada. Tomo Rivotril dose máxima 1mg e os sintomas de tontura e vertigem foram reduzidos, no entanto
    anteriormente eu assim que acordava sentia ritmo cardíaco acelerado e ficava em estados como se fosse cair ao chão, mas ao longo do dia eu ficava melhor. Eu tomo
    Levotiroxina Sódica 75mcg para hipotireoidismo e suspeito que seja esse o problema, apesar dos níveis de hormônio estarem dentro do padrão, eu continuo mal de alguma
    forma e ao mínimo esforço que faço minha FC vai a 120 130bpm. Já passei também no cardiologista e ele descartou patologia, me falou que era muita tensão e que eu
    precisava de exercícios (deu 108bpm no eletro que ele fez)..
    Eu queria saber se realmente eu posso estar assim por causa da falta de exercícios, pois criei mania de doença por ter ficado tanto tempo sem condições de procurar
    tratamento adequado, eu acordo e todos os dias minhas FCs vão aos 100, 120, até mesmo sentado usando o computador.
    Costumo manter uma frequência média de 96 bpm, as vezes chega ao 100
    quando estou parado. Dentro dos padrões de 60 a 100 batimentos eu
    considero normal, mas parece que fico esgotado por fazer quase qualquer
    coisa.
    Obrigado.

    Post a Reply
  89. Bom Dia Doutor,

    Fiz vários exames holter,Ecocardiograma, eletrocardiograma,exame de sangue que não deram nada aliás só um pvm de grau leve ele me receitou propranolol de 10mg 2x ao dia mas não sinto melhorar na realidade me sinto pior pois aumentou em 100% as extrasistoles sinto muitas pausas que me fazem dar um pulo da cama, do sofá seguidas de rubor na face e tremor pode ser da ansiedade?

    Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Extra-sístoles polimórficas – são perigosas? | Dr. Leonardo Alves – Cardiologista - [...] já comentamos em posts anteriores, algumas arritmias permanecem mesmo após o tratamento médico e isso causa enorme incômodo aos pacientes,…
  2. Extra-sístoles polimórficas – são perigosas? | Sopro no Coração - […] já comentamos em posts anteriores, algumas arritmias permanecem mesmo após o tratamento médico e isso causa enorme incômodo aos pacientes,…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!