Palpitações vem e vão! Por qual motivo?

A palpitação é uma sintoma muitíssimo comum entre os pacientes. São frequentes e incomodam muito. Entretanto, as Palpitações podem ficar ausentes por um período e depois voltar. Elas vem e vão! Por qual motivo?

O que são as Palpitações?

palpitações

palpitações

É a manifestação clínica (o sintoma) relacionado à percepção anormal dos batimentos do coração. Assim, se o coração se acelerar, o paciente pode perceber esta aceleração e relatar a presença delas.

Da mesma forma, se houver alteração do ritmo (mesmo sem taquicardia ou bradicardia), o paciente também pode relatar o sintoma como palpitação.

Palpitação – o quê é?

 

O que causam a Palpitações? Qual o motivo?

As Extra-sístoles, um tipo de arritmia cardíacas são os principais causadores da palpitação e merecem atenção do médico.

Guia completo: Extra-sístole – o principal causador da palpitação.

 

Quais os Sintomas?

Os pacientes referempalpitação como: Pausa, batimento, parada no coração, “coração enchendo”, “coração parando”, “batimento mais forte”, “batimento diferente”, dentre outros.

 

O que causam as Palpitações? Qual o motivo?

As Extra-sístoles, um tipo de arritmia cardíacas são os principais causadores da palpitação e merecem atenção do médico.

Guia completo: Extra-sístole – o principal causador da palpitação.

As palpitações tem Pausas Compensatórias?

Das manifestações das extra-sístoles, a que mais causa medo nos pacientes são as Pausas – quando o coração parece estar parando… Esse tipo de Palpitação é a famosa Pausa Compensatória uma das principais manifestações das Extra-sístoles e que deixam os paciente extremamente preocupados e Ansiosos com sua presença! Muitos pacientes sentem “pancadas”, “fincadas”, “pontadas”,…

Extra-sístoles e suas “temidas” pausas compensatórias…

 

Quando as palpitações vão melhorar?

Muitos pacientes tem a triste percepção de que a palpitação não melhor. Eles vão aos médicos, algumas vezes vão em vários médicos, fazem exames diversos … mas… mas… elas não melhoram!

E então? O quê fazer nestes casos? “Minha palpitação não melhor!” Já tive alguns pacientes que reclamam muito delas! Eu inicio as medicações indicadas para o caso, mas estes pacientes permanecem sintomáticos por muito tempo…

“Palpitações! Quando vão melhorar, meu Deus!”

As palpitações melhoraram… o quê pode ser?

Muitas vezes, a palpitações desaparece e os sintomas ficam raros, muito pouco frequentes, por quê isso ocorre?

Alguns principais motivos:

  • melhorada ansiedade do paciente. Melhor controle sobre as emoções.
  • melhora da própria doença (da arritmia) – fases mais ativas e fases menos ativas.
  • ação de medicações – atenolol e outros.

Essas são as principais causas.

Usei medicação e a palpitação melhorou… Posso parar?

Quando o paciente percebe que a palpitação melhorou eles tem uma tendência de suspender ou reduzir a dose das medicações espontaneamente.

Essa pode até ser uma boa estratégia, se for orientada por um médico. Mas muitas vezes há o efeito rebote e elas voltam mais intensas e mais frequentes, precisando havendo necessidade de retornar com a medicação.

Efeito rebote… de quê se trata?

O que fazer?

A principal conduta do paciente é procurar o seu médico e pedir para ele ajustar as medicações ou dar-lhe orientações necessárias para você voltar a sentir-se bem.

 

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes. CRMMG: 33.669 - Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni, MG

Share This Post On

2 Comments

  1. Olá Drº
    Nasci com sopro no coração fiz tratamento até os 12 anos e recebi alta, agora 17 anos mais tarde, voltou é normal? Venho fazendo controle de Hipotireoidismo à quase dois anos, isso tem alguma influência? Obrigada!

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!