A ponte miocárdica constitui um dos principais diagnósticos diferenciais de doença arterial coronariana. Entretanto, ainda é subdiagnosticada e tem seus mecanismos fisiopatológicos e sua terapêutica não completamente elucidados. 1)Ponte miocárdica: evolução clínica e terapêutica

O que é Ponte Miocárdica? Tastylia (Tadalafil) Purchase 20 MG

A ponte é uma anomalia congênita onde um segmento de uma artéria coronária é envolvido por feixes de miocárdio (músculo cardíaco), levando a compressão do trecho acometido durante a fase de contração cardíaca.

ponte miocardica

ponte miocardica

Temos as artérias coronárias que passam por fora, circulando o músculo do coração.
Ela ocorre quando uma das artérias cisma de se enfiar por dentro do músculo cardíaco, e ao invés de passar por fora, penetra dentro da camada muscular.

Assim, quando o músculo se contrai, a artéria se estreita. Essa situação pode levar a dor no peito, igual angina.

Quais os sintomas da Ponte Miocárdica (PM)?

Os sintomas são os mesmos da Angina de peito e é por isso que são a PM é o principal diagnóstico diferencial do Infarto do Miocárdio.

Angina, o Mais Grave dos Sintomas de Infarto!

Ponte Miocárdica – como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico da PM é feito pelo cateterismo cardíaco. Quando o paciente vai fazer o cateterismo, seu médico está pensando em doença coronariana e infarto, mas para uma GRATA SURPRESA há uma PM.

http://sopronocoracao.com/infarto-miocardio-sintomas-angina-tratamento-cura/

“Grata surpresa?”

Sim, grata surpresa, pois na maioria das vezes, não haverá necessidade de cirurgia, diferente do Infarto e da Angina por obstruções coronarianas.

Veja este estudo abaixo:

http://jeanninemarie-blog.com/?p=11350 OBJETIVO: Analisar e descrever a evolução clínica e terapêutica de pacientes com diagnóstico angiográfico de ponte, comparando os dados com a literatura atual, a fim de elucidar o perfil clínico e o prognóstico destes pacientes.

buy Deltasone australia MÉTODOS: Foram revisados os resultados de cineangiocoronariografias realizadas no período de 2003 a 2007, em um laboratório de hemodinâmica, efetuando-se análise de prontuários e entrevista de um grupo de pacientes selecionados.

RESULTADOS: A frequência de diagnósticos de pontes miocárdicas foi de 3,6%. A idade média dos pacientes foi de 56,8 anos (DP = 11,83; IC = 0,73).

Em qual artéria ocorre?

A artéria descendente anterior foi acometida isoladamente em 100% dos casos. Após a seleção, realizou-se análise e entrevista de 31 pacientes.

O nível de obstrução não se relaciona com o grau de obstrução da ponte miocárdica!

Não houve correlação entre os sintomas e o grau de estreitamento angiográfico obtido nos pacientes estudados.

Qual o tratamento utilizado para a ponte miocárdica?

O tratamento medicamentoso incluiu o uso de agentes:

Tratamento Medicamentoso da Ponte Miocárdica!

O resultado do tratamento obtém uma melhora clínica em 30%, ausência de alterações no quadro clínico em 60% e piora dos sintomas em 10% dos pacientes.

Pressão Baixa após Ponte de Safena: Tratamento e Riscos!

Baixo risco de Morte súbita!

Um paciente apresentou morte súbita, dois pacientes realizaram angioplastia com melhora clínica significativa e nenhum paciente realizou procedimento cirúrgico.

CONCLUSÃO: A maioria dos pacientes com ponte miocárdicaa tem um bom prognóstico, mas em longo prazo não há dados suficientes, realizados em um grande grupo de pacientes sintomáticos, para conclusões definitivas.

Confira artigos da área de Membros:

Ponte miocárdica e doação de sangue!

Ponte Miocárdica e Doação de Sangue: Posso doar?

Tratamento Medicamentoso para a Ponte Miocárdica:

Tratamento Medicamentoso da Ponte Miocárdica!

Ponte Miocárdica e Palpitações – Como tratar?

Ponte Miocárdica e Palpitações: como tratar?

Tratamento Cirúrgico da Ponte Miocárdica:

Há duas opções cirúrgicas, propriamente ditas:

  • Miotomia
  • Cirurgia de Revascularização – Ponte de Safena.

Confira as situações e indicação neste artigo.

Tratamento Cirúrgico da Ponte Miocárdica!

Tratamento Medicamentoso da Ponte Miocárdica!

Ponte miocárdica e Angina que não melhora!

Algumas vezes, a angina não melhora – como proceder?

Ponte miocárdica e angina refratária!

Conclusão:

Para pacientes com sintomas refratários, várias estratégias de intervenção foram tentadas:

Angioplastia na Ponte Miocárdica!

Entretanto, um estudo prospectivo randomizado é necessário para identificar a melhor estratégia de tratamento para pacientes com ponte miocárdica que não respondem ao tratamento medicamentos otimizado..

 

References   [ + ]

Quer me fazer uma pergunta?

Vamos lá! Coloque seu melhor E-mail no campo cina e veja como me perguntar! Não fique na dúvida!

Veja seu E-mail: Sua inscrição foi um Sucesso!

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!