Prolapso Mitral – Prolapso Valvar Mitral – Guia Completo!

O prolapso valvar mitral (ou prolapso da valva mitral) é uma condição clínica bastante comum no consultório do cardiologista. A frequência é relativamente alta. Quais as consequências e quais os sintomas do PVM? há relação com infarto ou arritmia?

Leia também: Sopro No Coração – Guia Completo.

Insuficiência MitralInsuficiência AórticaInsuficiência Tricúspide Insuficiência Pulmonar.

As Estenoses: Estenose MitralEstenose AórticaEstenose PulmonarEstenose Tricúspide.

 

prolapso mitralProlapso valvar mitral, o quê é? 

Trata-se de um fechamento anormal da valva mitral (a válvula que está entre o ventrículo e átrio esquerdos)… o fechamento desta válvula é ligeiramente “para dentro” do átrio esquerdo.

 

Prolapso Mitral – Qual a causa?

No geral, o PVM está relacionado com sintomas como Dor no peito e Palpitações (as famosas manifestações das extra-sístoles). Algumas “pontadas dolorosas” no peito podem ser uma manifestação do PVM, mas não são muito comuns. As arritmias e palpitações é que são bastante frequêntes.

 

Prolapso Mitral – Há Relação com Ansiedade?

Veja bem. O surgimento e a presença do PVM não tem relação com ansiedade. Entretanto, os sintomas de palpitação e dor no peito são muito mais frequentes em pacientes ansiosos e com síndrome do pânico. Existem pacientes bastantes calmos e sem ansiedade nos quais os sintomas comuns no PVM nunca ocorrem… Mas, mas em momentos de estresse e ansiedade exagerada (principalmente o pânico) os sintomas começam a aparecer… e incomodam.

 

Prolapso Valvar Mitral – Outras dúvidas: 

Relação com obesidade ou estatura: não há relação com obesidade, mas pessoas longilíneas (compridas) costumam apresentar mais prolapso que pessoas de tamanho normal ou baixinhos.

Prolapso mitral é grave? Do ponto de vista cardiovascular, não é uma doença grave… pode incomodar, mas não costuma ser grave a ponto de causar morte súbita.

Alimentação: Não, não há relação entre alimentação e a presença de prolapso.

 

Prolapso Valvar Mitral – Qual o Tratamento? 

Sim, existe e não é difícil! Procure o seu médico e peça-lhe esclarecimentos.

Não existe um tratamento específico para prolapso, ou seja, para curar ou melhorar um prolapso valar.

“Já vi alguém operar o coração por causa de prolapso mitral!” sim, isso pode ocorrer e eu também já vi muitos, mas nestes casos o prolapso é muito importante e esta causando grandes problemas na valva mitral e então esta válvula deve/merece ser trocada.

Mas no geral, não há medicamento direcionado para o prolapso… e sim para eventuais sintomas que o paciente possa ter. Procure o seu médico e peça-lhe informações adicionais.

 

Você tem Prolapso Valvar Mitral?

Conte-nos.

Author: Dr. Leonardo Alves Cardiologista

Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes. CRMMG: 33.669 - Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni,

Share This Post On

36 Comments

  1. O PVM causa extra-sístoles, mas também é causador do bigeminismo? A origem é a mesma?
    Obrigado doutor!

    Post a Reply
  2. Passei a perceber as extra-sistoles após minha primeira gestação. Aos 25 anos fui diagnosticada com uma síndrome, uma alteração do colágeno. Só então um médico deu atenção ás palpitações e pediu ecodopler. Descobri então que tenho pvm. Não foi receitado nenhum medicamento, apesar de ter crises de palpitação ou extra-sistoles de tempo em tempo. É comum optarem por não medicar os portadores de pvm?
    Obrigada!

    Post a Reply
    • Olá, Grazi.
      Editei este post para contemplar a sua dúvida.
      Veja se ajudei…
      Converse melhor com seu médico, ok?
      Leonardo.

      Post a Reply
      • Ajudou muito!!! Eu achava que as extra-sístoles eram algo a parte, ou outro problema! Sinto essas “pontadas” no peito! Tenho muitos sintomas relacionados ao pvm. O estranho é que eles vem e vão. Já passei meses sem sentir nada, quando voltam, por vzs passo dias sentindo as extra-sístoles , pontadas no peito, falta de ar. Percebo que esses sintomas vem junto do sistema nervoso mais agitado. Talvez por isso , antes de ser diagnosticada com a sindrome de ehlers -danlos e o pvm, fui primeiramente diagnosticada com síndrome do pânico! Os sintomas realmente se assemelham muito!
        Entendi aqui que as medicações tratam os sintomas, não o pvm em si. Já consultei com cardio no hcor, inclusive, acharam melhor não medicar enquanto não tenho desmaios ou maiores complicações. Minha dúvida é se durante uma dessa crises de palpitações meu coração não irá perder o ritmo de vez , ou parar! Parece exagero, mas a sensação é essa! É muito desagradável! Por outro lado, caso essas palpitações não coloquem minha vida em risco, prefiro não fazer uso de medicação.

        Post a Reply
  3. Obrigada por tudo e pela dedicação ao site! Foi graças a um blog semelhante, que descobri um excelente reumatologista. Percebendo que se tratava de um bom profissional e estava em uma cidade próxima, agendei consulta. Foi ele quem deu atenção aos meus sintomas, descobriu a alteração do colágeno e consequentemente o pvm!

    Post a Reply
    • Olá, Grazi.
      Fico feliz que esteja gostando do Blog.
      Diga-nos qual foi o site/blog de reumatologia para que possamos avaliar e indicar para outros.
      Abraços.
      Leonardo.

      Post a Reply
      • Olá, Grazi.
        O reumatologista que conheço é de Governador Valadares, MG – acho interessante encontrar um próximo da sua cidade.
        Leonardo.

        Post a Reply
  4. eu tenho prolapso de valvula mitral, posso fazer abdominais?? e exercicios para o fortalecer o peito, tipo flexoes??? posso fazer corrida?? tenho medo que me aconteça algo enquanto eu faça os exercicios, até parei de fazer quando eu descobri recentemente q tenho prolapso e meu cardiologista disse q eu nao posso ser atleta, isso me decepcionou muito … =/ me ajudem =D

    Post a Reply
    • Olá Ariel.
      O prolapso mitral, por si, não contra-indica a prática de exercícios físicos… mas tudo depende da avaliação do seu cardiologista de confiança.
      O seu cardiologista contra-indicou a prática de atividade física por um motivo específico ou outra situação/doença que você tenha, provavelmente.
      Converse mais com ele.

      Obs: Esse blog é informativo e não se configura consultório médico ou segunda opinião médica. Sempre Consulte o seu médico de confiança.
      Abraços.
      Leonardo.

      Post a Reply
  5. Tenho 30 anos e ha um ano descobri q tenho leve prolapso mitral faco uso de um beta bloqueador faco exames a cada 6 meses so q todos os exames da normal e o prolapso nao tem mais so q o meu cardio nao tirou o remedio.sera q vou ter q tomar esse remedio a vida toda? Dr as veses sinto um enorme medo de morrer aceleracao no coracao e perto no peito q aperecem do nada.dr corro risco de sofrer um infarto? Agradeco se responder

    Post a Reply
    • Olá, Angélica.
      O seu médico deve ter um motivo para manter a medicação.
      O prolapso pode ser visto em um exame e não ser visto em outro exame (quando a alteração é pequena)… mas a manutenção ou não da medicação depende de cada caso.
      Leonardo.

      Post a Reply
  6. Dr.leonardo e esses sintomas q estou sentindo diarimente !medo de morrer aceleraco no coracao respiracao curta e aperto no peito pode ser ainda por causa do prolapso.corro risco de sofrer um infarto?

    Post a Reply
  7. Dr. se possível, gostaria de tirar uma dúvida. Tenho pvm, como já disse, distúrbio de condução do ramo direito e extra-sístoles. Meu pai tem o mesmo distúrbio de condução, o teste de esforço mostrou extra-sístoles, mas, ao invés de pvm, ele tem aneurisma de septo atrial. Existe alguma ligação , ou seja, isso é genético?

    Post a Reply
  8. Olá Dr Leonardo !
    PVM leve sem repercussão hemodinâmica significa que eu tenho o prolapso ?
    Ouvi dizer que em um episódio de taquicardia um dos folhetos podem se deslocar mas que a pessoa não tem a síndrome do prolapso . Eu nunca apresentei sintomas . E quando tive a taquicardia não senti sintoma algum . Apenas sentia o meu coração bastante acelerado ao ponto de de senti-ló batendo no osso da costela , porém sem nenhum sintoma . Meu ecocardiograma deu o seguinte .
    Conclusões :
    PVM leve sem repercussão hemodinâmica
    Função sistólica do VE normal
    Função diastólica do VE normal

    Obrigada !

    Post a Reply
  9. Oi Dr Leonardo
    Há alguns anos fui para o hospital com dores no estômago devido ao excesso de vômitos provocado por cólicas menstruais . Me colocaram no soro e não lembro se colocaram algum remédio dentro . Quando acabou o soro e me deram alta, senti taquicardia e um pouco de fraqueza . Fiquei assim durante algumas horas depois passou . Outra vez que fui medicada com soro senti a mesma coisa , após ser liberada meu coração batia forte que dava para perceber na blusa . O senhor disse que soro não provoca taquicardia , que medicamentos provocariam isso? Meu irmão é alérgico a dipirona , certa vez estava no soro e colocaram dipirona ele quase teve uma parada cardíaca , felizmente foi percebido pelos médicos e enfermeiros a tempo de reverter o efeito. Eu não sei se sou alérgica também , mas evito essa substância . Será que dipirona provoca taquicardia ?

    Obrigada !

    Post a Reply
  10. Oi dr.leonardo mes passado retornei ao cardiologista para novos exames so q mudei de medico pois o outro nao me trazia confianca. O meu outro cardio passou eco e eletro e tudo normal ele disse q eu nao tenho problema cardiaco q esse prolapso as veses aparece e some e q as veses nao precisa de tratamento e q eu tou com a sindrome do panico e passou rivoltril por 1o dias e espran.ele mandou eu retornar com um mes! So q eu to com duvida e quero q voce me esclareca.melhorei com o espran e ele mandou eu suspender o concor so q eu tive medo de dar crises como eu dava so q domingo passei mal senti uma quintura por dentro do corpo coracao acelerou fiquei palida com visao turva e sensacao de desmaio medi a pressao e tava 8.4 e o coracao 42bpm dr tou com medo de morrer pois hoje senti de novo . Sera q e sinal de uma doenca grave ou sera do coracao? Agradeco se o senhor responder

    Post a Reply
  11. Olá Doutror, tenho 35 anos e desde os 13 anos descobri que tenho prolapso da valva mitral. Parei de tomar o propanolol, mais meu coração vive acelerado. Trabalho 6 horas por dia e sentada. meu coração fica entre 100 e 120 batimentos por minuto. Quando acelerado sinto muita falta de ar.Estes dias fazendo almoço ele estava a 146 batimentos por minutos.As vezes sinto forte dor no peito que não consigo respirar.Gostaria de saber se eu não tomar o remédio eu corro algum risco ja que pvm não é uma doença grave? Obrigado

    Post a Reply
    • Olá, Maria Alves
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  12. Olá Doutror, tenho 35 anos e desde os 13 anos descobri que tenho prolapso da valva mitral. Parei de tomar o propanolol, mais meu coração vive acelerado. Trabalho 6 horas por dia e sentada. meu coração fica entre 100 e 120 batimentos por minuto. Quando acelerado sinto muita falta de ar.Estes dias fazendo almoço ele estava a 146 batimentos por minutos.As vezes sinto forte dor no peito que não consigo respirar.Gostaria de saber se eu não tomar o remédio eu corro algum risco ja que pvm não é uma doença grave?

    Doutor esqueci de dizer que meu avó morreu de infarto aos 48 anos, meu pai teve infarto aos 50 e fez ponte de safena.
    Obrigado

    Post a Reply
    • Olá, Maria
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  13. Olá Doutor, tenho 28 anos e recentemente participei de um processo seletivo em uma empresa onde tive que fazer um eletrocardiograma. Nesse exame mostrou que eu tinha extrassístoles ventriculares. Fui ao cardiologista e ele pediu um ecocardiograma bidimensional com doppler e um holter 24hs. No eco mostrou que tenho PVM se disfunção. No holter mostrou que tive 217 extra sístoles ventriculares e 19 episódios de bigeminismos ventriculares. O cardiologista me receitou Ritmonorm 1 comprimido ao dia, metade de manhã e metade a noite. Observei na bula do medicamento que a dose mínima deveria ser de 450 mg por dia ou seja 1 comprimido e meio por dia. Minha dúvida é: será que esse medicamento vai fazer efeito tomando uma dose menor que a recomendada na bula? Outra dúvida: o cardiologista fez uma avaliação para eu levar para a empresa e nela escreveu que eu tinha de evitar esforço físico, e isso fez com que eu perdesse a vaga de emprego. Com esse diagnóstico é realmente necessário que eu não faça esforço físico? Nunca tive nenhum sintoma e por isso esses resultados foram uma surpresa para mim.
    Um abraço!

    Rodrigo Sousa

    Post a Reply
  14. Boa noite.
    Tenho PVM, tenho apenas 17 anos, descobri há 3 anos que tenho PVM e o meu cardio disse que não era grave, e que então teria que repitir os exames uma vez por ano (não o fiz mais) desde que eu tivesse uma vida normal. Logo após isso tive sindrome do panico durante 8 meses, fiz todo o tratamento com psiquiatra e psicologos, e então melhorei e nunca mais tive nenhuma “crise”, porém mesmo depois de ter melhorado eu sinto muito cansaço sinto palpitação no peito, sinto formigamentos SEMPRE, dores fortes, tonturas.. Gostaria de saber se tem como a PVM piorar? por exemplo, se eu voltar e fizer o Eco novamente mostrar que talvez meu quadro tenha se agravado. Eu sou uma pessoa anciosa, porém sempre que eu sinto esses sintomas é quando NÃO estou nervosa, em casa, calma, com a familia..
    Obrigada pela atenção

    Post a Reply
    • Oi Laila,

      Podes falar-me um pouco melhor desses sintomas?
      Por exemplo, se estiveres calma em casa sentada e te levantares de repente sentes a visão escurecer, pressão na cabeça e aperto no peito? Com leve sensação de queda?
      Já desmaiaste?
      O que diz ao certo o teu ecocardiograma?

      Obrigada,

      Soraya

      Post a Reply
  15. Ola, meu nome é marcos e tenho pvm e tomo um comprimido de ritmonorm por dia. E gostaria de saber se em média quanto tempo pode durar estas arritimias, se somente tomando os remedios em casa elas podem reverter sozinhas pois, teve vez que fique mais de cinco dias sentindo palpitações e o coração batendo em ritimo errado e sentindo muito mal. Se eu ir em algum hospital eles tem como reverter o problema mais rapido aplicando alguma medicação na veia sem que eu fique varios dias passando mal.

    Post a Reply
  16. Olá. No meu caso, eu descobrir que tinha um PVM a 2 anos. Sou portadora de deficiência na tireoide. Era hiper e virou hiportireoidismo. Tenho anêmia de vez em quando também. Sou ansiosa, e tudo começou no inicio da fase adulta. Engravidei e tive depressão pós parto. Acho que tudo isso tem contribuído. Tenho extra_sístoles várias vezes num dia, faço uso de cloridrato de propranolol, mas não tem feito muito efeito ultimamente. Alivia um pouco. O que devo fazer, diante dessa situação…Niria

    Post a Reply
  17. DR A CORRIDA PODE PROVOCAR O PROLAPSO OU PESSOAS NERVOSA OU QUE PEGAM MUITO PESO . FALO ISSO POIS TIVE UMA VIDA MUITO DESREGRADA E O PROLAPSO PODE SER CONSEQUENCIA DISSO .ABUSAVA DOS ESTIMULANTES POIS TINHA PRESSÂO BAIXA . TÒ ME SENTINDO CULPADA . POIS ACHO QUE A MAIORIA DOS PROBLEMAS DE SAÙDE È A GENTE QUE CAUSA .ME RESPONDA SIM . .

    Post a Reply
  18. Tenho PVM com refluxo leve , ele pode aumentar? De acordo com as coisas q já li , ele tem níveis, moderado , leve e grave. O que devemos fazer para não aumentar esse refluxo? Obrigada!!

    Post a Reply
  19. Muito esclarecedor tudo o que li sobre extra sistoli ,sofro com ele mas agora saberei lidar melhor com o problema. Deus o ilumine e obrigada por existir. Joana

    Post a Reply
  20. Boa Noite
    Fiz um Eletro e o resultado foi extrassistolia supra ventricular frequência 51 bpm sãqrs 70 graus e ritmo sinusal, Filtros 60 Hz Muscular e vel.25 mm/s. Tenho 58 anos e estou muito preocupada. Tenho colesterol 240, sou ansiosa, principalmente no trabalho.

    Post a Reply
  21. oi doutor, tenho prolapso mitral, depreção, sindrome do panico. tomo atenolol 50mg. fluocetina. alprozalan, os efeitos colaterais são horriveis, sera que minha depreção tem almentado por conta do atenolol, ou fluocetina, tenho duvidas. me sinto cansada, sonolenta, muito indisposta, cheia de ansia de vomito, sem contar a preção sobe, to com medo, muito medo, acho que fiquei com depreçao desde que o meu medico disse que corria risco de morte subita, sei la porque, to sofrendo, minha qualidade de vida ta pessima, tenho medo de sair de casa, acho que vou morrer a todo momento, o que faço,m me ajude!!!!!!!.

    Post a Reply
  22. bom dia dr. sinto dores no peito costas e braço esquerdo. dormência nos braços e rosto. falta de ar e tonturas
    fiz exames cardiológicos e deram normais. exames laboratoriais e deram normais. fiz uma tomografia e deu um nódulo no pulmão de 01,3 cm na região subpleural. não fumo e não bebo. o cirurgião torácico disse que isso.não e a causa da dor. não sei o que fazer. o que o Sr. acha?

    Post a Reply
  23. Bom dia Doutor. Parabéns pelo site! Todos os anos faço check-up e todos os Ecos (desde 2010) sempre deram normais, inclusive o do ano passado (06/2013). Porém, refiz os exames esse mês e no Ecodopller deu Prolapso da Valvula Mitral. É possível que, de um ano pra cá, eu tenha desenvolvido a doença? Fiz o exame em um outro Centro de Diagnóstico, diferente dos que fiz nos anos anteriores, pode ser uma questão de interpretação? Informo que sou muito ansiosa e faço tratamento para ansiedade e Sindrome do Pãnico, mas lí no seus post que isso não causa o PVM né? Fico no aguardo de sua resposta. Muito obrigada!

    Post a Reply
    • Olá, Juliana.
      Sim, pode ser questão de interpretação, sim… ótiima conclusão.
      Eu já falei sobre isso em alguns posts… que um médico pode ver e outro não… e até mesmo o mesmo médico vê e ‘deixa’ de ver em outro exame.
      Abraços.

      Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!