Uma pergunta clássica e fundamental é: Quando a Estenose mitral é grave? Pois se a estenose mitral for importante, seu médico deverá atuar mais energicamente no seu tratamento! Veja quando uma estenose mitral é importante!

Pergunte ao Cardiologista:

A dúvida de hoje surgiu no consultório, com um paciente.

  • Quando a Estenose mitral é Grave?

Estenose Mitral: O quê é?

Estenose da válvula mitral – ou estenose mitral – é um estreitamento da válvula mitral do coração. Esta válvula anormal não abre corretamente ou adequadamente, bloqueando o fluxo de sangue do átrio esquerdo para a principal câmara de bombeamento do seu coração (ventrículo esquerdo).

A Estenose da válvula mitral pode provocar dispneia e te deixar cansado e falta de ar, dentre outros problemas. 1)MayoClinic

Estenose Mitral: Causas e Tratamento

Ecocardiograma: o melhor exame para avaliar a Estenose mitral!

Existem vários exames que são utilizados na avaliação da Estenose mitral e para avaliar o seu grau. São eles:

  1. O ecocardiograma transtorácico: O Ecocardiograma é uma exame utilizado para confirmar o diagnóstico de estenose mitral.
  2. Eletrocardiograma (ECG): O eletrocardiograma fornece informações valiosas sobre o estado do seu coração e sobre o seu ritmo cardíaco.
  3. Raio-x do tórax: Permite ao seu médico determinar se alguma das câmaras do coração é ampliada e o estado de seus pulmões.
  4. O ecocardiograma transesofágico: Semelhante a uma Endoscopia digestiva alta, o Ecocardiograma transesofágico permite um olhar mais atento a válvula mitral do que um ecocardiograma transtorácico
  5. O cateterismo cardíaco: muito importante na avaliação, mas pouco utilizado, por ser mais invasivo.

De todos, o Ecocardiograma é o principal, pois é ele que é utilizado para avaliar e dar o parecer final da gravidade da estenose mitral.

Quando a Estenose mitral é Grave?

Pela avaliação do Ecocardiograma, a estenose mitral é grave nas seguintes situações:

Gradiente transvalvar elevado:

Uma das medidas mais importantes do ecocardiograma é o gradiente transvalvar elevado. Esta é uma medida fundamental na avaliação do grau da estenose mitral. Quando esse gradiente está acima de 10 mmHg – o paciente é portador de estenose mitral grave/importante.

Área valvar menor que 1 cm2:

Outro valor que é fundamental na avaliação do ecocardiograma é a área valvar. Pacientes que tem área valvar menor que 1 cm2 são classificados com sendo portadores de estenose mitral grave/importante.

Confira a tabela abaixo:

Estenose Mitral Importante

Estenose Mitral Importante

Quando a Estenose mitral moderada:

Já quando os valores não atingem os níveis para serem classificados como Estenose mitral grave, eles podem ser considerados moderados ou leves. Confira a tabela acima.

Mesmo pacientes com estenose mitral moderada, podem ser eleitos para fazer uma cirurgia na válvula mitral.

Exemplos de casos:

  1. Paciente 42 anos, com falta de ar e ecocardiograma com estenose mitral com área valvar de 1,2cm2 e gradiente de 6 mmHg: conclusão: Estenose mitral moderada.
  2. Paciente 19a, com falta de ar e ecocardiograma com estenose mitral com área valvar de 0,9cm2 e gradiente de 11 mmHg: conclusão: Estenose mitral importante.

Confira também, no laudo, os fatores que indicam mau prognóstico na estenose mitral.

Estenose mitral – quando operar?

As indicações para cirurgia na estenose mitral seguem ao fluxograma (imagem abaixo):

Estenose Mitral Indicação Cirúrgica

Estenose Mitral Indicação Cirúrgica

Opções cirúrgicas no Tratamento da Estenose Mitral?

Como falamos no artigo anterior, sobre a Valvuloplastia mitral cirúrgica, aqui também vamos falar um pouco sobre as opções cirúrgicas no tratamento da estenose mitral.

Há duas modalidades aceitas para o tratamento intervencionista da Estenose Mitral:

Agora é com você: qual a sua dúvida?

Como está o seu exame de ecocardiograma? Qual o seu gradiente? e sua área valvar? Deixe o seu comentário.

 

References   [ + ]

1. MayoClinic
Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!