Ceia de Natal! qual é a sua?

Duas versões da ceia de Natal.

Por Mario Prata:

“mas o pior mesmo é a ceia, propriamente dita. Com o passar dos antos, a família vai crescendo e de repennte já são quatro gerações que estão ali, de olho no peru. Umas 50pessoas. E alí dá de tudo. cunhados que não se falam, a velhinha que não escuta os planos do asilo, o fulano que está falido, coitado, a prima que está dando para um sobrinho, aquele casal que está separado mas que, no natal, baixa o ‘espírito’ e elees comparecem juntos. Todo mundo sabe que se odeiam. Mas é natal. Aquele tio que deve tanto para o seu irmão também está lá. Mas é Natal. E a irmã que não pagou a trombada que ela deu com o carro do tio-avõ? Tudo é permitido. Afinal, é Natal!”

Por Lilian Graziano (jornalista da revista Psique)

“mas o melhor mesmo é o ceia propriamente dita. Como o passar dos anos a família vai crescendo. Isso sem falar nos amigos, familiares que a gente escolhe, e que, assim como todso, não veem a hora de provar o delicioso peru preparado com tanto carinho por quem adora ver a casa cheia. É maravilhoso ver como o Natal é capaz de tornar as pessoas mais sensíveis. Antigas diferenças parecem diminuir frente á solenidade da data. Será que aquele dinheiro que seu tio, há anos atrás, pegou emprestado e não devolveu ainda vale tanto assim? O fato é que deixamos pra lá antigas diferenças e as pessoas parecem mais propensas a perdoar. Seria este o espírito natalino? Se assim form, que se danem as eventuais motivações comerciais que cercam a data. Esse não é o meu Natal. E, felizmente, também não é o Natal da minha família.”

E para você? qual é a sua ceia de Natal? a primeira? a segunda?

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes. CRMMG: 33.669 - Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni, MG

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!