Sopro Baixo versus Adrenalina – Esportes Radicais… Posso?

Tenho um Sopro Baixo no coração e adoro Adrenalina e Esportes Radicais… Posso fazer? Essa é uma dúvida frequente em grande parte dos pacientes.

sopro-no-coracao-adrenalina-esportes-radicais

sopro-no-coracao-adrenalina-esportes-radicais

Se você tem um sopro no coração, você precisa investigar a causa do sopro, pois essa é a principal resposta que o seu cardiologista pode lhe dar.

Qual a causa do sopro no coração?

É importante chamar muita atenção para o fato de que existem MUITAS DOENÇAS das válvulas do coração que provocam sopro cardíaco.

Assim, é extremamente importante que você obtenha a resposta do seu médico:

  • Que tipo de sopro eu tenho?
  • Qual a válvula que está causando o problema?

Depois de saber qual o seu diagnóstico é que você poderá obter as melhores respostas…

Meu sopro é baixo… é MENOS perigoso?

Neste artigo, falamos sobre a intensidade do sopro e os graus do sopro no coração (Leia aqui), entretanto, mais importante do que a intensidade é o diagnóstico do seu médico… por que eu digo isso?

Por uma única e principal razão: NÃO É A INTENSIDADE DO SOPRO que indica a sua gravidade.

Há sopros diastólicos que são BAIXO e causam sérios sintomas aos pacientes e outros sobre Altos (sistólicos) que não exigem nenhum tratamento.

Meu sopro é ALTO… é MAIS perigoso?

Da mesma forma, o sopro alto (de alto volume) que ocorre, por exemplo na CIV – comunicação interventricular é um sopro fácil de ser ouvido, mas que não traz qualquer problema para o paciente e nem exige tratamento.

Quando causado por um problema nas válvulas, as Doenças Reumáticas são um dos principais culpados.

  1. Estenose valvar: Quando a válvula está obstruída e não se abre adequadamente.
  2. Insuficiência: Quando a válvula não se fecha corretamente: aqui, o sangue “volta” ou Regurgita.

Tenho sopro… posso fazer esportes radicais?

Se o seu sopro vier de um problema ou de uma válvula que está com seu funcionamento muito prejudicado, você não poderá fazer esforço – seu médico lhe dirá.

Por outro lado, ele também o liberará para qualquer exercício se o seu sopro for inocente ou com uma gravidade menor…

Dê uma dica, doutor… Esclareça minha dúvida!

As respostas aqui no blog ficam prejudicadas e muitas vezes incompletas por eu não ter examinado nem ouvido o coração dos pacientes… também pelo fato de que o seu médico ser o principal responsável por responder às suas dúvidas.

A minha função e dica principal é que você consulte o seu médico e obtenha quatro respostas que lhe ajudarão a sair desse entrave:

1 – Qual é o meu sopro?

2 – Qual a válvula que está causando o meu problema de sopro?

3 – Ele é grave?

4 – Qual exercício eu posso fazer e qual eu não posso fazer?

Com essas respostas, você ficará tranquilo.

Abraços.

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes. CRMMG: 33.669 - Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni, MG

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!