Sopro no coração e Arritmia

sopro_no_coracao

Sopro no Coração

Olá,

Sopro no coração e arritmia são as dúvidas mais frequentes no consultório do cardiologista. Assim, passaremos a tirar algumas dúvidas práticas a respeito. Não serei teórico! Falarei na linguagem do paciente.

Os posts serão sobre as dúvidas que os pacientes tem sobre doenças do coração e suas manifestações.

Próximo post: O quê é o sopro no coração? e depos, O quê é arritmia cardíaca?

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes. CRMMG: 33.669 - Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni, MG

Share This Post On

23 Comments

  1. MEU FILHO TEM SOPRO O CASO DELE E CIRUGIA ELE JA NACEU ASIM ELE E TODO TEMPO CANSADO O MEDICO FALOU QUE ELE SO VAI OPERA SO COM DOIS ANOS

    Post a Reply
    • Olá,
      Alguns sopros só podem ser tratados quando a criança está maiorzinha, quando ganhou algum peso…
      Alguns sopros “curam-se” sozinhos e não precisam de tratamento… e o seu médico pode estar esperando que isso ocorra (sem o trauma cirúrgico).

      Grande abraço.

      Post a Reply
  2. diz o médico que tenho um pequeno sopro no coração, e também as vezes sinto uma arritmia, que já foi monitorada, mas considerada dentro da normalidade. Eventualmente fazia uso de pequena quantidade de cocaína (o,5g), e sentia mal estar, a pressão aumentava bastante, até que cortei este uso recracional de vez. Tenho 44 anos, sempre fiz exercícios físicos, e a pergunta é se posso fazer exercícios mais puxados, ou precisarei fazer check-up antes?

    Post a Reply
    • Olá, Rogs.
      Um “pequeno sopro” dito por um cardiologista, costuma ser algo bastante comum e sem repercussão sobre sua vida.
      A arritmia/palpitações… principalmente associada ao uso da cocaína e cafeína, com como outros alimentos (café, refrigerantes á base de cola, tabagismo e estresse) podem “excitar” o coração (pois são estimulantes) e causar a arritmia.

      A doença coronarina é a principal causa de mortes em atletas após os 35anos de idade… e pessoas que desejam fazer exercícios, principalmente após esta idade, DEVEM fazer uma avaliação mais detalhada (check-up), principalmente no seu caso que deseja fazer exercícios MAIS PUXADOS, como disse.

      Acho que deve, sim, fazer esta avaliação com seu cardiologista de confiança.
      Grande abraço e parabéns por ter largado este vício da cocaína… apegue-se ao esporte e “bola para frente”.

      Leonardo.

      Post a Reply
  3. Dr. Leonardo ,descobri um caroço no pescoço do meu filho,proximo a orelha e gostaria q me endicasse um medico.agradeço

    Post a Reply
    • Olá,
      Incialmente, você deveria procurar um médico clínico geral. Ele irá avaliar o seu filho e, se necessário, encaminhará para um outro especialista.
      Possivelmente, este clínico solicitará alguns exames para ter uma avaliação inicial.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  4. Boa Noite !
    Eu tenho sopro , 5 mm . Acontece que desde os 18 anos passei a ter alguns batimentos desordenados. Cheguei a usar um roter ( não sei como se escreve! ) por um dia e o médico
    me disse que aquilo era proveniente de extress e era normal. Acontece que desde do final do ano passado esses batimentos aumentaram. Hoje tenho 22 anos e os batimentos acontecem todos os dias. Tem dias que acontece uma ou duas vezes , porém as vezes acontece durante o dia inteiro e até por 2 ou 3 dias seguintes. Para mim isso não parece normal , em 4 anos a situação se agravou de mais. Gostaria de saber a sua opinião.

    Agradeço desde já.

    Post a Reply
  5. minha filha tem 4 anos semana passada ela teve muita dor no peito acompanhado de vomito falta de ar levei no medico e ele falou que ela tem aritimia e asopro e proibiu ela de correr pular e andar de bicicleta ,ela nao pode passar nervoso ai começa a dar fauta de ar e os labios fica roxo iso e muito grave por favor me ajuda estou desesperada

    Post a Reply
    • Olá, Silmara.
      As doenças cardiológicas na infância – a maioria delas tem CURA.
      Se sua criança está apresentando estes sintomas e se eles estiverem relacionados à “arritmia e ao sopro no coração” – é bom levá-la a um cardiologista que ele lhe dará as orientações para o TRATAMENTO.
      Importante é TRATAR/AVALIAR… ficar com os sintomas, é um erro.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  6. meu nome e joao noel ribeiro eu nasi com o coraçao grande e tenho mas de 30 anos que sento meu coraçao com aritimia mas eu tenho um trauma muito grande porq o medico falou que eu ia morre com 7 anos depois ele falou que nao ia passa dos 14 anos depois as 8 anos tenhoum trauma muito grande des di criaça oge eu mitrato com o medico cadilogia tenho 55 anos mas continua as aretimia nao mida susega tenho medo de sai a te dicasa porq tenho muita depreçao to bem melho sera que um dia as minha aritimia vai acaba pra mim vive melhor muito o brigado do noel

    Post a Reply
    • Olá, João.
      Veja bem… independente da gravidade da doença (e nem estou falando que seja o seu caso) um médico não é Deus e não consegue prever ou dizer que você “morrerá em 3meses ou 7anos”…
      Você é uma das provas de que não devemos fazer isso…

      Mesmo que as estatísticas digam e reforcem a opinião… algumas vezes, “matamos” o paciente antes dele morrer, realmente. Corre-se o risco de causar um PÂNICO intenso nos pacientes que eles deixam de viver, pensando na morte.

      Sugiro manter o acompanhamento com seu médico e VIVER A VIDA.

      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  7. MEU FILHO NACEU COM ARRITIMIA CARDIACA ELE JA PONHO HOLTER ,RAIOX ,ELETROCARDIOGRAMA,UTRSSONS E NO UTRASSON VIRAM K ELE TEM 2 FUROS NO CORAÇAO.POE FAVOR ME RSPONDA E MUITO PERIGOSO,ARRETIMIA E FURO NO CORAÇAO JUNTO,,OU E COMUM P QUEM TEM DEFEITOS NO CORAÇAO TER OS DOIS,UM LEVA AO OUTRO

    Post a Reply
    • Olá, Leilane Marques
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Fico feliz com todas as participações e passarei a responder as perguntas com atualizações dos posts e pela publicação de novas matérias; não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; Assim, evitaremos respostas repetidas e estaremos mais alinhados às orientações do Conselho de Medicina
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  8. Eu nasci com sopro no coração, mais depois minha mãe me levou em um cardiologista e o spro no coração sumiu, mais agora eu já sou uma moça e quando corro ou faço muitas atividades fisicas eu me canso rápido! eu gostaria de saber se o sopro no coração volta? e se posso fazer atividades fisicas?

    Post a Reply
    • Olá, Rafaela Borges
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  9. Olá Dr. Leonardo, boa tarde!
    Como o post é antigo não sei se vou obter respostas, mas enfim, gostaria de saber a sua opinião sobre o seu caso. Eu tenho 22 anos, sou magra e tenho uma vida saudável. Meu pai sempre que ouvia meu coração dizia que escutava um barulhinho esquisito. Muitas vezes fui ao médico por outros motivos e o clinico geral nunca falou nada de sopro. Mas um certo dia (com 21 anos) tive uma crise horrorosa de enxaqueca e fui ao posto tomar remédio na veia, pois a dor era muito intensa. E na hora de passar pelo clinico geral ele me olhou assustado e disse “ você tem sopro sabia? Marque urgente uma consulta com um cardiologista”. Depois disso eu fiquei pior ainda em saber que eu tinha um problema no coração e a partir deste dia comecei a sentir dores no peito e palpitação em certos momentos. (OBS: Há uns 4 anos eu senti essa mesma dor, sem saber que era sopro, estava em véspera de prestar o vestibular e muito nervosa, fui ao hospital, fiz exames e o tal sopro não foi detectado, apenas uma “ritmia alterada”). Sendo assim, pelo aviso do médico do posto fui fazer exames de coração e foi detectado que eu tenho sopro mesmo. Parece que saber disso só piorou minha vida pois sempre quando sinto dor ou palpitação fico achando que vou morrer. Ao ver o resultado do exame o médico falou para eu fazer consultas, pelo menos 1 por ano, cogitou a ideia de fazer aquele exame “ de correr na esteira” e disse que se eu fizer qualquer tipo de cirurgia devo tomar antibióticos. Sempre fui uma pessoa saudável, sempre fiz exercícios. Atualmente estou estudando para concursos e trabalhando, minha vida está muito corrida e parei um pouco com os exercícios. As vezes sinto palpitações pensado em coisas, em trabalho, em metas de estudo e me dá dor também. Será que o cardiologista deixou de me falar algo pelo nervosismo que eu aparentava na hora? O sopro é realmente sério? Posso morrer por causa disso? Ele cogitou uma cirurgia quando eu estiver mais velha, isto procede? O sopro pode estar associado a stress ou coisas do tipo? Ou se eu me estressar demais, posso piorar a situação? Eu sempre tive, ou desenvolvi com o tempo, já que nunca foi detectado? Posso fazer exercícios normalmente? Tem algo a ver com infarto? E uma última pergunta: ele me impede de colocar futuramente silicone?
    Obrigada e desculpa por tantas perguntas!

    Post a Reply
  10. Ei dr. Tenho sopro no coração , se eu usar cocaina , quais serão os riscos ? e quais consequencias ?

    Post a Reply
  11. Eu estava fazendo uns exames pra colocar prótese de silicone e quando passei por risco cirúrgico o medico achou meu coração acelerado e pediu outros exames. Dessa maneira seria perigoso eu operar? Ou palpitações não implicam em complicações cirúrgicas?

    Post a Reply
  12. Bom Dia!

    Gostaria de saber se existe algum tipo de restrição para pessoas que possuem sopro (no meu caso 5mm) ao realizar atividade física (caminhada, artes marciais, musculação, etc.)

    Obrigada.

    Post a Reply
  13. Olá, tenho 38 anos e tive um avc isquêmico ano passado, que os médicos atribuíram ao uso de anticoncepcional, fiz vários exames com a hematologista, tudo normal, no hospital, fiz ecocardiograma e eletrocardiograma, tudo normal, o neurologista me receitou, o somalgin cardio e artovastatina, apenas para prevenção, e me recomendaram a prática de atividade física.
    Só que nas ultimas aulas aeróbicas, tenho ficado, com rosto bem vermelho e com a área ao redor da boca e língua azuladas. Devo me preocupar?

    Post a Reply
    • Lu.
      Quê pena que tenha tido AVC.
      Mas como está fazendo exercícios… já deve estar bem melhor.
      Essas queixas não costumam parecer / significar novo AVC (que deve ser o que mais lhe preocupa).
      Mas volte no seu médico, peça uma avaliação pessoal, personalizada.
      Grande abraço.

      Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!