Sopro no Coração – Grau 1, 2, 3, 4, 5 e 6

O sopros cardíacos são graduados por uma escala que vai de 1 até 6 – são os chamados Sopro no Coração – Grau 1, 2, 3, 4, 5 e 6. Como é feita esta classificação? Como ela funciona? Qual é o mais grave e como os cardiologistas usam essa classificação no dia-a-dia?

Como os sopros cardíacos são classificados?

Há várias maneiras pelas quais os sopros cardíacos são classificados. No geral, os cardiologistas os classificam de acordo com:

  • Intensidade.
  • Ocorrência no ciclo cardíaco
  • Presença ou não de frêmito
  • Dentre outras.

 

Como classificar a intensidade dos sopros cardíacos cardíacos?

De acordo com sua intensidade, os sopros cardíacos são classificados em números, do menor valor para o maior. 1)www.Heart.org

  1. Sopro Grau 1: sopro leve, quase inaudível.
  2. Sopro Grau 2: sopro de intensidade fraca, mas audível com leve atenção.
  3. Sopro Grau 3: sopro que é fácil de ser ouvido.
  4. Sopro Grau 4: sopro com frêmito (que pode ser sentido no tórax) – e que é alto e fácil de auscultar.
  5. Sopro Grau 5: sopro com frêmito (que pode ser sentido no tórax) – e que é bastante alto.
  6. Sopro Grau 6: sopro com frêmito (que pode ser sentido no tórax) – é muito alto, que pode ser auscultado até mesmo com o estetoscópio levemente afastado do tórax do paciente.

Leia também:

Sopro Sistólico e Sopro Diastólico – o que é?

O sopro sistólico é auscultado no momento em que o coração está ejetando o sangue para o corpo; já o sopro diastólico é auscultado quando o coração está relaxado, na fase de diástole e que está se enchendo para ser novamente ejetado na fase de sístole.

 

Quanto maior o sopro, mais grave?

Nem sempre, a graduação do sopro significa gravidade. Há sopros que são grau 1 ou grau 2 e que são muito graves e há outros que são grau 4 ou 5 e que não precisam ser operados.

Portanto, tranquilize-se e pergunte ao seu médico sobre a sua situação.

 

Alguma outra dúvida?

Deixe sua pergunta nos comentários.

References   [ + ]

1. www.Heart.org

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes.
CRMMG: 33.669 – Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni, MG

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!