Triglicérides – O que é, Causas e Como Tratar. Tudo!

Ter o nível de Triglicérides alto no sangue pode aumentar o seu risco de doenças no coração. Triglicérides são um tipo de gordura (lípidos) no seu sangue. No entanto, as mesmas escolhas de estilo de vida que promovam sua saúde geral pode ajudar a diminuir os níveis de triglicerídeos. Confira!

triglicérides

Triglicérides

Leia mais sobre o Colesterol:

Colesterol bom, o colesterol mau, gordura saturada e gordura insaturada – às vezes parece que você precisa de um professor particular para aprender sobre todos os atores que causam obstrução nas artérias do seu coração. Mas com os triglicérides, é diferente e melhor. 1)Triglycerides – WebMD

Os triglicerídeos são os mais fáceis de serem entendidos. Em termos simples, os triglicerídeos são uma gordura no sangue e são utilizados para fornecer energia ao corpo. Se você tem triglicerídeos extras, eles são armazenados em locais diferentes no caso de serem necessários mais tarde. Altos níveis de triglicerídeos têm sido associadas a uma maior chance de doença cardíaca. Apenas disso, ainda não está claro (na ciência) que reduzir o triglicerídeos alto do sangue reduz sua chance ter uma doença cardíaca.

O que são triglicerídeos (ou triglicérides)?

Os triglicerídeos são importantes para a vida humana e são a principal fonte de gordura no corpo. Quando você vê o desenvolvimento da gordura armazenada nos seus quadris ou na barriga, você está “vendo” os triglicerídeos. Considere estas coisas:

  • Os Triglicerídeos são o produto final da digestão de gorduras vindas da digestão. Alguns triglicerídeos são produzidos no corpo a partir de outras fontes de energia, tais como carboidratos.
  • Os triglicerídeos (ou triglicerídeos) são medidos utilizando um teste comum chamado de um perfíl lipídico (junto com HDL, LDL, VLDL e Colesterol Total). A American Heart Association recomenda que todos sobre a idade de 20 deve fazer um perfíl lipídico para medir o colesterol e triglicerídeos pelo menos a cada cinco anos.

Os níveis de triglicerídeos são verificados após um jejum nocturno. Gordura de uma refeição pode aumentar artificialmente os níveis de triglicérides (ou triglicerídeos) no teste.

Leia sobre outras Doenças do Coração:

Quais são os níveis normais de Triglicérides? e os elevados?

Dislipidemia Triglicerides Colesterol

Dislipidemia Triglicerides Colesterol

O Consenso Brasileiro de Dislipidemia define orientações para os níveis de triglicérides: 2)Consenso Brasileiro de Dislpidemia

  • triglicérides normais significa que existem menos de 150 miligramas por decilitro (mg / dL).
  • triglicérides elevados limítrofes = 150-199 mg / dl.
  • Níveis elevados de triglicérides = 200-499 mg / dl.
  • Muito níveis elevados de triglicérides = 500 mg / dl ou superiores.

Altos níveis de triglicérides pode levar a doenças cardíacas, especialmente em pessoas com baixos níveis de colesterol “bom” e altos níveis de colesterol “ruim”, e em pessoas com diabetes tipo 2. Contudo, ainda há controvérsias sobre o quão ruim o triglicérides pode ser para o seu coração.

Parte da confusão decorre do fato de que altos níveis de triglicerídeos têm uma tendência a aparecer junto com outros fatores de risco. Os exames de sangue para os triglicerídeos podem mostrar alguma variabilidade e um valor de 200mg/dL pode oscilar dentro de uma margem de erro bem grande: 25%.

Muitos especialistas acreditam que triglicérides altos pode ser um sinal de outros fatores de risco de doença cardíaca. Ou seja, triglicérides elevado poderiam potencializar os maus efeitos do colesterol alto, pressão alta e diabetes.

Algumas pesquisas também sugerem que níveis elevados de triglicérides são um fator de risco mais importante para as mulheres que para os homens, embora isso também é contestado.

Um ponto é claro, porém: Uma dieta saudável e um plano de exercícios pode diminuir os níveis de triglicerídeos, melhorar o colesterol e reduzir o risco de doença cardíaca.

Leia também sobre Gota e Ácido Úrico Alto:

 

Qual é o tratamento para triglicérides elevados?

A principal maneira de lidar com triglicerídeos altos é alimentando-se adequadamente, com uma dieta saudável e fazer mais exercícios. Aqui estão algumas orientações para ajudá-lo a baixar o seu nível de triglicérides:

  • O exercício moderado em cinco ou mais dias por semana pode ajudar a níveis mais baixos de triglicerídeos.
  • Perder 5% a 10% do seu peso pode reduzir os triglicérides. As pessoas com um peso saudável são mais propensos a ter os níveis de triglicérides normais. A gordura da barriga está associada com níveis mais elevados de triglicerídeos.
  • Comer menos carboidratos em sua dieta também irá ajudar a ter níveis mais baixos de triglicerídeos.
  • Beber álcool pode aumentar os níveis de triglicérides. Alguns estudos mostram que beber mais do que uma dose por dia para mulheres ou duas doses para homens podem elevar os níveis de triglicérides. Algumas pessoas com níveis elevados de triglicérides pode precisar de eliminar o álcool completamente.
  • Comer peixe ricos em ômega-3 pode reduzir os níveis de triglicerídeos. Peixes como a cavala, truta do lago, arenque, sardinha, atum e salmão são ricos em ômega-3. Pode ser difícil de obter ômega-3 suficiente a partir de alimentos para ajudar a diminuir os níveis de triglicerídeos. O seu médico pode recomendar um suplemento ou prescrição ômega-3. Fique atento aos níveis de ácido úrico, pois frutos do mar podem fazer você ter ácido úrico alto e até a Gota.

Medicamentos para Triglicérides Elevado:

Para alguns pacientes, pode ser necessário o uso de medicamentos. A decisão de tratar os níveis de triglicerídeos com drogas pode ser complicado, porque outras condições de saúde estão normalmente envolvidos. Vários medicamentos podem melhorar os níveis de triglicérides:

  • Os fibratos (Ciprofibratos, Fenofibrato)
  • O ácido nicotínico.
  • São necessárias Altas doses de ômega-3 para reduzir os triglicerídeos e deve ser tomado apenas sob os cuidados de um médico.
  • Ao tomar medidas para melhorar seus níveis de triglicerídeos, você provavelmente vai melhorar sua saúde geral, fitness, níveis de colesterol e risco de doença cardíaca.

Leia mais sobre o Colesterol:

References   [ + ]

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista que entende que a internet pode e deve ser uma fonte inesgotável de informações para os pacientes.
CRMMG: 33.669 – Trabalha na Clínica Cardiovasc, em Teófilo Otoni, MG

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This

Compartilhe!

Compartilhe esse artigo com amigos!